Obrigatoriedade de máscaras completa primeira semana com 99% de adesão
22/04/2020 às 10:41 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Içara completa a primeira semana da obrigatoriedade do uso de máscaras nesta quarta-feira, dia 22. E o comportamento dos içarenses é considerado positivo até agora. Tanto que não houve a necessidade de nenhuma autuação. "Desde o primeiro dia tivemos 99% de adesão. O Município está fazendo abordagem e, quando necessário, realizamos a distribuição de máscaras para aqueles que estão sem", indica o coordenador da Vigilância Sanitária de Içara, Fabiano José Castanhetti.

Ao todo, 25 mil máscaras já foram distribuídas na cidade pela Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social junto com as cestas básicas e nas abordagens da Vigilância Sanitária. “Essa prevenção é muito importante tanto para quem usa como aos demais, pois é uma das formas de evitar a disseminação da pandemia do novo coronavirus (covid-19). Não estamos medindo esforços para adoção de medidas para preservar e assegurar a manutenção da saúde e da segurança dos cidadãos”, pontua Fabiano.

Internautas aprovam uso de máscara

O uso de máscara é uma medida aprovada pela maioria dos internautas. Para 66% dos leitores do Canal Içara, a obrigatoriedade também é uma medida assertiva na proteção da população. Outros 25% consideram que deveria ser opcional, 8% consideram-se indiferentes e somente 1% reprova o uso. Os dados refletem a opinião de 154 usuários por meio de uma enquete espontânea realizada pelo portal.


Procura-se: cãozinho Dilon desaparecido no bairro Tereza Cristina
08/04/2020 às 20:40 | Leitor-repórter Tays Fedrizzi
Um pequenino Shih-tzu, sem coleira, sumiu no Condomínio Alto da Colina, no bairro Tereza Cristina, em Içara. O desaparecimento de Dilon ocorreu no final da tarde de terça-feira, dia 7. Desde então a tutora, Tays Fedrizzi, segue em busca de informações que levem ao cãozinho de apenas nove meses. Se alguém encontrar, ela pede que entre em contato pelo telefone (48) 99931-7482.

Praia lidera preferência para o verão
25/02/2020 às 10:36 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
A brisa fresca e o balançar das ondas formam o cenário ideal para o verão. A beira-mar é um dos espaços mais democráticos, permite prática esportiva, descanso e não tem distinção de classe social, credo, cor ou outros aspectos. Dependendo da região, contudo, a ocupação em outras estações torna-se mais difícil, como no Sul, por causa do frio.

As praias são a preferência de 45% dos internautas do Canal Içara nesta época do ano. Outros 21% optam por áreas com piscinas. Para 17% a melhor alternativa é uma lagoa. E o mesmo percentual aparece de outras opções. Ao todo, 450 leitores participaram espontaneamente da enquete entre os dias 20 de janeiro e 25 de fevereiro.

Em Santa Catarina, o Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina monitora a qualidade de 231 pontos de banho. O último resultado apontou que 77,1% locais avaliados estão próprios para banho. Na capital, 68 dos 87 locais examinados são recomendados aos banhistas. No restante do litoral, de 144 pontos averiguados, 110 apresentam condições de mergulho.


SOS Pet: procura-se Lince no bairro Vila Nova
05/02/2020 às 12:34 | Leitor-repórter: Quelen Brusch
Lince, uma cachorrinha extremamente dócil, desapareceu nesta quarta-feira, dia 5. A falta da akita mestiça foi observada por volta das 6h pelos tutores na Rua Leontino Colodel, no bairro Vila Nova. Desde então, iniciaram as buscas. Sabe-se que ela foi vista próxima da Rodovia Mário Covas (BR-101). Contudo, ainda não foi possível conhecer o paradeiro. Para contribuir com a localização, qualquer informação pode ser repassada para (48) 99928-7979.

Chegou a hora certa para doar sangue
20/01/2020 às 12:10 | Redação | com a colaboração do Governo de SC
Dentre os leitores do Canal Içara, 43% já doaram sangue. Outros 57% ainda não, todavia, mais da metade dessa parcela ainda pretende contribuir. Os números coletados com 438 internautas demonstram um possível cenário positivo para salvar vidas. O sangue doado auxilia no tratamento de alguns pacientes e em casos de acidentes e cirurgias. Por isso, o Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) precisa manter os estoques. Durante a temporada de verão, esse desafio é ainda maior, já que nesta época as doações tendem a diminuir e a procura por sangue pode aumentar.

A responsável pela Divisão de Produção do Hemosc, Muriel Mazziero, lembra que o sangue é insubstituível, não podendo ser fabricado artificialmente, o que torna a doação a única forma de obtenção. “Doar sangue é um ato simples, tranquilo e seguro. A doação espontânea e periódica é fundamental para a manutenção dos estoques. Uma única doação pode salvar várias vidas”, reforça. Todo o processo de doação leva, em média, 55 minutos para a retirada de aproximadamente 450 ml de sangue

“A pessoa faz o cadastro com documento oficial com foto, depois passa por um processo de triagem para ver se cumpre os requisitos de doador. Em seguida é feita a retirada do sangue e, na sequência, encaminhada para um lanche”, explica. O Hemosc necessita de todos os tipos sanguíneos, mas o estoque de O negativo costuma reduzir mais rapidamente. “Como o O negativo é compatível com os outros tipos sanguíneos, ele é o sangue escolhido para transfusões de emergência, tendo um consumo maior e o mais afetado pelas diminuições das doações”, esclarece Muriel.

Seja doador(a)! Pra ser um doador é preciso estar em boas condições de saúde, ter entre 18 e 69 anos, ou mais de 16 na presença e autorização formal dos pais, e pesar mais de 50 quilos. Não é necessário jejum, mas é recomendável uma alimentação leve nas 12 horas antes da doação.


Envie também o seu artigo para opiniao@canalicara.com. Para ter o texto publicado é necessário se identificar. A postagem não significa que o portal concorde com a opinião.