Canal Içara

Canal Içara

16 de novembro de 2018 - 23:09
Sabores de Içara
Conheça melhor a variedade de opções gastronômicas que Içara tem a oferecer


Hospedagem

Vob Hotel
Rodovia Paulino Búrigo (SC-445), KM 5
Telefone: (48) 3432-4003
www.vobhotel.com.br

Hotel Comercial
Rodovia Paulino Búrigo (SC-445), 231
Telefone: (48) 3432-0070

Hotel Gauchão
Rodovia BR-101, km 382, bairro Vila Nova
Telefone: (48) 3432-0091
Telefones e Links

Prefeitura de Içara - www.icara.sc.gov.br
(48) 3431-3500

Câmara Municipal - www.camaraicara.sc.gov.br
(48) 3468-7150

Cooperaliança - www.cooperalianca.com.br
0800-484040

Polícia Civil: (48) 3432-3114
Polícia Militar: (48) 3403-1200
Corpo de Bombeiros: (48) 3403-1435
Hospital São Donato: (48) 3467-1200


A localidade de Urussanga Velha foi a base do município com a exploração das culturas da mandioca e cana de açúcar no final do século XVIII. A colonização da cidade começou com a vinda de açorianos. Após, chegaram os italianos, africanos, depois os poloneses e alemães provenientes de Criciúma e Urussanga.

Devido a repercussão na imprensa com a queda de um hidroplano em Lagoa dos Esteves por volta de 1920, inclusive com a cobertura de jornais da Inglaterra, a região litorânea - atualmente Balneário Rincão - foi nomeada Aliatar Martins, na época, um dos tripulantes junto com o inglês John Pinter.

Com a construção da Ferrovia Dona Tereza Cristina, em 1924, os ferroviários observaram um tipo de palmeira, a Içaroba – também chamada Juçara ou Jiçara. De Km 47, as referências à cidade passaram então a ser Içara. Em 1944 foi instalado o distrito até então de Criciúma, no dia 30 de dezembro de 1961 ocorreu a emancipação e em 1985 a instalação da comarca.
Símbolos municipais: Hino de Içara
Arlindo Junkes e Jacob Vitório

  • De colinas e vales luzentes,
    É teu solo de verde esperança,
    O reduto tranqüilo da gente,
    Dos heróis imigrantes lembranças.

    Nos teus campos a messe traduz
    A riqueza, a ventura e o labor
    Que aos teus filhos anima e conduz
    A galgar os degraus de valor.
  • Tu Içara, querida Içara!
    Com teu povo feliz Varonil
    Empenhado na luta e trabalho,
    Tens futuro no imenso Brasil.

    No profundo subsolo reservas
    Ouro Negro que em grandes fornalhas
    Das escórias o aço liberta,
    E esta Pátria, na imensa batalha.
  • O oceano, as aragens e os lagos
    Generosos quinhões da natura,
    De teu solo e teu céu encantado
    São fascínio de amor e ternura.

    Tu Içara, querida Içara!
    Com teu povo feliz Varonil
    Empenhado na luta e trabalho,
    Tens futuro no imenso Brasil.
População [2017]:
54.845
PIB per capta [2015]:
R$ 32.354,34
IDHM [2010]:
0,741
Saiba mais: Área [2017]: 228,928 km2 | Bioma: Mata Atlântica | Fonte: IBGE


O brasão ao centro representa o governo municipal e o retângulo branco a paz, trabalho, amizade, pureza e prosperidade. As faixas que partem do retângulo central simbolizam a irradiação do poder municipal a todos os quadrantes do território. Já os quartéis de azul significam justiça, nobreza, perseverança, zelo e lealdade.

O Escudo Sanítico evoca a raça latina. A coroa, símbolo universal dos brasões de domínio, prata, de seis torres, das quais apenas quatro são visíveis em perspectivas, representa a sede do município. O barco e os cavalos marinhos lembram a condição litorânea que teve o município. Já as palmeiras fazem referência a vegetação que deu nome à cidade.

Nos ornamentos exteriores, a mandioca e o fumo destacam os principais produtos oriundos da terra. Além disso, no listel em letras preiteadas há Içara, ladeado pelos milésimos 1924, data de fundação do patrimônio, e 1961, data da emancipação político-administrativa.



Bacias hidrográficas

O Rio Urussanga Velha percorre as comunidades de Urussanga Velha e Rio Acima, fazendo limite com Jaguaruna, numa extensão de 16 km. O Rio dos Porcos tem a maior parte de seu percurso abaixo da curva de nível de 20 metros.

Principais Rodovias

- Paulino Búrigo (SC-445): interliga Içara com Criciúma e Balneário Rincão.
- BR-101: a rodovia federal corta Içara entre os bairros Poço Oito, Poço Três, Vila Nova, Esperança e Esplanada.
- Via Rápida: interliga Içara e Criciúma em pista duplicada com limite de velocidade de 100km/h
- Rota Açoriana: a Rodovia Lorisval Nunes de Mello foi utilizada pelos colonizadores para chegar até o Rio Grande do Sul pelo porto de Araranguá. O trecho em Içara compreende de Sanga Funda até Campo Mãe Luzia.
- Rota Gastronômica: A Rodovia Afonso Moisés Bittencourt (ICR-253) faz parte da colonização principalmente dos italianos em Içara no século XVIII. Também se tornou um polo religioso em consequência da construção do Santuário do Sagrado Coração de Jesus.

Capital do Mel

Içara é - por lei - Capital Catarinense do Mel. Além do trabalho dos apicultores na cidade, o município é sede da Minamel. São 4,3 mil metros quadrados entre laboratório de análises físico-químicas, beneficiamento de cera bruta, envasamento, além de posto de venda próprio. Trata-se de uma das maiores exportadoras da cidade.
últimas notícias
notícias mais lidas