Canal Içara

Canal Içara

28 de setembro de 2020 - 12:59
Antes de começar, quero dizer que esta notícia estava na programação para publicar na semana que vem, porém, com as inscrições voando, decidi antecipar. É também um aviso para que você não deixe a oportunidade passar e depois ter aquele pensamento de culpa “por que eu deixei para a última hora!?”.

Desde o início desta coluna, sempre deixo uma parte no final para divulgar os eventos da área de Empreendedorismo e Inovação. Com a transformação dos eventos para o meio digital, ficou muito mais prático e barato participar, inclusive, a maioria deles é gratuito. Os eventos que estão por vir são tão bons que é impossível deixar só lá no final da coluna. Também sei que você não conhece todos os eventos, ainda mais com tanta oferta... é live todo dia e a toda hora! Pensando em tudo isso que selecionei os principais eventos da área e conto abaixo um pouco mais sobre eles:


1. HSM EXPO NOW!

Considerado o maior evento de gestão empresarial da América Latina, o HSM Expo leva todos os anos o que há de mais avançado no mundo da educação executiva. São autoridades mundiais em inovação, empreendedorismo, estratégia e diferentes campos do conhecimento. Em 2020, o evento completa 20 anos, e, assim como todos os mercados, precisou se reinventar por conta da pandemia de Covid-19, lançando o HSM Expo NOW! O festival que já experimentava um modelo híbrido — em 2019 foram 40 mil inscritos on-line e seis mil presenciais — terá uma edição completamente digital. Além disso, pela primeira vez, o evento será gratuito - o ticket médio da feira chegava a R$ 6 mil -, com mais de 60 horas de conteúdo, divididos em oito dias, e mais de 50 palestrantes, começando agora em setembro e terminando no mês de dezembro.


2. SILICON VALLEY WEB CONFERENCE (SVWC)

É o maior e mais importante evento online da StartSe, que ocorrerá durante o mês de outubro. Conheça as principais novidades e tendências do Vale do Silício, o lugar mais inovador do mundo, e leve todas elas para dentro da sua empresa, com um conteúdo de alto impacto. Serão mais de 100 speakers nacionais internacionais, com tradução simultânea, entre eles, já confirmados, estão a da Astronauta da NASA Nicole Stott que participou em duas missões espaciais na ISS, professores da Stanford, Berkley e Singularity Universities e também o co-fundador da Tesla, Marc Tarpenning. O evento é gratuito e online.


3. CASE & STARTUP SUMMIT 2K20

CASE Startup Summit 2k20 é a união dos dois maiores e mais relevantes eventos de startups e empreendedorismo do Brasil! O evento ocorrerá de 19 a 23 de outubro e trará 24 horas de conteúdo, em mais de 4 palcos, durante os 5 dias de evento. Os mais de 300 palestrantes se distribuem em 12 trilhas de conteúdo que passam por marketing, vendas, sucesso do cliente, investimento, internacionalização, tecnologia, produto, hardware, cultura e talentos, ecossistema e comunidades, governo e crescimento. Aprenda e troque experiências com os maiores especialistas do país e do mundo! Também é gratuito.


4. EXPOGESTÃO 2020 DIGITAL

Ao longo de 17 anos, a ExpoGestão se consolidou como um dos mais renomados encontros empresariais do Brasil. Inicialmente, a ExpoGestão estava marcada para o mês de maio, em Joinville, de forma presencial, mas precisou ser reagendada e reformulada para a plataforma online, por conta da pandemia. A ExpoGestão Digital 2020 confirmou mais de 30 palestras para o evento que acontece entre os dias 27 e 29 de outubro. Com as mudanças das plataformas digitais, os temas do congresso abordam os desafios enfrentados na pandemia, inovação, estratégias e saúde mental.


5. SEMANA DA GESTÃO DE MARKETING

De 05 a 09 de outubro, a Resultados Digitais realizará a Semana da Gestão de Marketing. Nela você vai ver como empresas como a Nike, Microsoft e Sky.One conduzem suas estratégias de Marketing. Dentre os conteúdos da programação estão: Gestão produtiva e eficiente; Alavancas de crescimento; Análise, Métricas e ROI; Automação de Marketing Digital; Otimização de CAC, investimento e mais. Evento online, ao vivo e gratuito.

Falando em Resultados Digitais, tem novidade vindo por aí... será que teremos um RD Summit 2020 Digital? O RD Summit é o maior evento Marketing e Vendas da América Latina, que acontece, anualmente, em Florianópolis/SC, mas que foi cancelado neste ano por conta da pandemia. Em 2019, sétima - e última, até então - edição do evento, mais de 12 mil pessoas, em três dias de evento, passaram por lá.


Hoje almocei com o Altair Borges, mais conhecido como Taico. No bate-papo do almoço falamos de futebol, do feriadão, da terça-feira que mais parece segunda e, então, entramos no assunto retomada do comércio local. Foi aí que ele me contou do sucesso da live no Instagram que sua loja realizou na última semana, a Taico Caution Way.

Eles conseguiram trazer 218 clientes para “dentro” da sua loja, porém, de forma digital. Além disso, conseguiram aumentar o número de seguidores no Instagram, melhorando o engajamento nas redes sociais e, ainda, conseguiram gerar vendas! Fiquei tão impressionado com o resultado que decidi escrever sobre isso hoje. Para isso, entrevistei a gerente proprietária, que é responsável pelo marketing e financeiro da loja, Maria Júlia Demos Borges. Confira abaixo este super case, aqui mesmo, de Içara, com as perguntas e respostas:

1. Como você teve a ideia de fazer esta live? Quando e como que foi a programação?
Existe uma vida pré e pós pandemia, né? Antes nós tentávamos inovar, mas acabávamos sempre na nossa zona de conforto. Então aproveitamos essa nova fase para arriscar e tirar as ideias do papel. Durante a quarentena, muitos famosos fizeram lives em forma de entretenimento para os fãs, e tentávamos trazer isso para loja, mas sempre que pedíamos opiniões dos clientes, os mesmos falavam que já estavam cansados de live e que não seria interessante. Foi aí que começamos um brainstorming (tempestade de ideias) a fim de fazer algo para aumentar nossas vendas. Vi que muita gente está migrando para as vendas online, mas colocar um e-commerce envolve muitas coisas que precisam ser estudadas com mais detalhe, não é do dia para a noite, e o Instagram é uma ferramenta que temos na mão! Quando postamos stories, as clientes adoram, pois conseguem ver as roupas no corpo, além de ter confiança em nossa loja e naquilo que falamos. Considerando isso a nosso favor, tivemos a ideia de realizar uma live, a fim de aumentar as vendas, gerar engajamento e trazer entretenimento.

2. Qual o total de visualizações? O que fizeram de atrativo para manter o pessoal conectado?
Imaginávamos que se chegasse a 50 pessoas já seria um super sucesso, mas para a nossa surpresa conseguimos alcançar 218 pessoas ao vivo e, em média, de 180 pessoas conectadas simultaneamente e que ficaram conosco durante as 2 horas (o objetivo era apenas 1 hora, mas foi tão natural que não vimos o tempo passar). Para manter o pessoal engajado, realizamos sorteios de brindes entre alguns looks e outros, e somente ganhava quem estivesse online, além da interação com o pessoal, sempre chamando pelo nome e respondendo os comentários, como se fosse uma conversa mesmo (tivemos até alguns feedbacks onde as pessoas falaram que se sentiram dentro da live). Mesmo após as 2 horas de duração, o pessoal ainda não queria que finalizássemos e, ainda, pediram outra.

3. Quais os resultados alcançados? Realmente gerou vendas? Novos Seguidores? Parcerias para futuras Lives?
Estamos trabalhando com engajamento do Instagram tempos antes desta ação, mas com a live o engajamento aumentou. Desde a divulgação e realização da primeira live, e já divulgando a segunda, tivemos mais de 200 novos seguidores no Instagram, ultrapassando a marca de 7.900. As vendas decorrentes do primeiro evento também superaram as expectativas, com 40 clientes comprando as peças divulgadas. Também recebemos contatos de outras marcas, e até de outros segmentos, ganhamos novos parceiros para as lives futuras.

4. Qual o próximo evento? Onde acompanhar? E deixe aqui a sua mensagem final?
A próxima live acontecerá nesta quarta-feira, dia 09, a partir das 19h30, com o lançamento das coleções primavera, no Instagram da @lojataico. A mensagem que eu deixo para as pessoas é sempre arriscar e não ter medo do desconhecido. A sensação de dever cumprido e de fazer algo novo é gratificante. Nada é fácil, as melhores coisas dão trabalho e levam tempo, mas quando é feito com amor, tudo vale a pena!



ATENÇÃO: este não é um conteúdo patrocinado. O Canal Içara tem como missão Contribuir com o desenvolvimento sustentável da cidade por meio da divulgação de notícias de interesse local, promoção de ações e valorização de bons exemplos. Então se você tiver alguma boa prática com relação a empreendedorismo e inovação e que queira compartilhar, entre em contato comigo, me enviando um e-mail: deinyfferm@gmail.com. Vou adorar transformar em conteúdo idéias e cases que merecem ser compartilhados.

EVENTOS:
@ ExpoGestão 2020 Digital - 27 a 29 de outubro - Inscrições Abertas
@ Silicon Valley Web Conference - Outubro de 2020, evento online e gratuito
@ CASE & Startup Summit 2K20 - Inscrições abertas e limitadas. Evento online e gratuito;


Guia Prático: Reinventando o seu negócio em tempos de crise
01/09/2020 às 10:04 | Deinyffer Marangoni
Pensando nas mudanças exigidas diante da pandemia da Covid-19 e do estabelecimento do novo normal, a CACB - Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil formulou um guia prático com dados e informações úteis à manutenção, à adaptação e ao aperfeiçoamento da gestão de micro e pequenas empresas brasileiras integrantes do Programa Empreender.

O Programa Empreender é um programa da CACB, em parceria com o SEBRAE, que visa o fortalecimento da micro e pequena empresa ao reunir empresários de um mesmo município nos chamados núcleos setoriais. Neles, os empresários discutem seus problemas e buscam soluções conjuntas com apoio de um profissional vinculado à entidade empresarial, no caso de Içara, é a Associação Empresarial (ACII) quem executa o programa.

Para a construção do material, a CACB contou com a colaboração do Sebrae e da União Nacional de Entidades do Comércio e Serviços (Unecs). A produção do Guia é apoiada pelo AL-Invest 5.0, um dos programas de cooperação econômica mais bem sucedidos da União Europeia na América Latina, cujo objetivo é apoiar o desenvolvimento empresarial, promovendo o desenvolvimento sustentável de micro e pequenas empresas.

Evento de lançamento do guia

Hoje, dia 01 de setembro, a partir das 14h, o Programa Empreender, da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), promove o evento “Os legados da pandemia para o empreendedorismo”. O objetivo é estender o debate sobre a sobrevivência e a adaptação de MPEs, trazendo temas como o comportamento dos consumidores na pandemia, o engajamento de clientes em tempos de distanciamento social e a saúde física e mental do empresário.

No evento, será feita a apresentação do Guia da Pandemia, um manual elaborado pelo Empreender para a reinvenção dos negócios em tempos de crise. O palestrante Rodrigo Carrijo destacará os pontos mais importantes do guia, que busca contemplar práticas de reorganização geral da empresa, medidas e ferramentas disponíveis no mercado, reflexões sobre a consolidação do “novo normal” e os protocolos de retomada do Sebrae, lançados em junho de 2020, que incluem boas práticas para que 35 setores possam restabelecer seus negócios com segurança.

Além da apresentação do Guia, será abordada a incorporação de novas tecnologias digitais em MPEs, entre outros temas associados ao novo contexto do empreendedorismo. A analista técnica do Empreender, Gabriele Oliveira, falará sobre o empenho da CACB no incentivo à implementação de ferramentas digitais nas empresas nucleadas. Um exemplo é a participação de núcleos do Empreender no programa Up Digital, iniciativa do Sebrae criada para impulsionar a transformação digital nas pequenas empresas por meio de uma jornada de 10 dias de imersão em ferramentas digitais, criação de conteúdo e estratégias de presença digital.

O evento será transmitido via Zoom para os consultores e coordenadores do Empreender. O público em geral poderá assistir ao vivo pelo Youtube, na TV Empreender.


Clique aqui para ter acesso ao Guia da Pandemia


Fonte: CACB


NOTÍCIAS DA SEMANA:
#1 SC cria mais de 10 mil novas vagas de emprego em julho, terceiro melhor desempenho do país;
#2 Havan formaliza pedido de IPO com carta aberta de Luciano Hang a investidores;
#3 TikTok pode anunciar venda nesta terça-feira, mas negócio precisará de aprovação do governo chinês;
#4 BRDE e Banco de Desenvolvimento da América Latina garantem R$ 130 milhões para região Sul;
#5 Coworking da Associação Empresarial de Içara é apresentado em jornada estadual;

EVENTOS:
@ Os legados da pandemia para o empreendedorismo, 01/09, evento online e gratuito
@ Plurall Experience - Branding e Vendas, 03/09, evento online e gratuito
@ SEO Marketing Live Show - Resultados Digitais, 03/09, evento online e gratuito
@ Silicon Valley Web Conference, outubro de 2020, evento online e gratuito
@ CASE & Startup Summit 2K20 - inscrições abertas e limitadas evento online e gratuito;


Muito antes da pandemia alguns negócios já estavam na ‘corda bamba’, principalmente na resolução da equação: receita - custos = lucro. Uma pesquisa do SEBRAE apontou que, para 73,4% das empresas que responderam o questionário, a situação financeira já não estava boa antes mesmo da crise. Por outro lado, uma pesquisa do IBGE apontou que 44,8% das empresas brasileiras foram afetadas negativamente por conta da pandemia, em levantamento de dados na primeira quinzena de julho de 2020.

São vários os obstáculos e desafios na vida de quem decide empreender, seja para uma empresa madura no mercado ou para quem ainda está na fase do projeto e planejamento de abrir o seu próprio negócio. Por isso elencamos abaixo 06 motivos do porque um coworking (escritório compartilhado) pode ser a salvação do seu negócio (ou da sua ideia).

1. Redução de Custos e Baixo Investimento

Este é o primeiro motivo, justamente porque é a primeira coisa que vem na cabeça de todo empresário, principalmente em cenários de crise. Sabe aquelas custos mensais, aluguel, energia, condomínio, internet e outras tantas mais? Em um coworking você não paga tudo isso, apenas será pago a hora ou o período em que você estiver usando pelo espaço. Se for falar em investimento então, nem se fala! Arquiteto, reforma, pintor, móveis e etc. Certamente te dará uma folga no orçamento.

2. Seu tempo é para o seu negócio

Principalmente nos pequenos negócios, onde a equipe é reduzida, há vários contratempos que fazem o empresário não pensar ou não focar no que realmente é importante para o bom desempenho do seu negócio. Você já parou para pensar quanto tempo perde pensando em manutenção, limpeza, pagamento das contas citadas acima, compra de materiais de escritório e etc.? Este tempo poderá ser transformado em planejamento, vendas, gestão ou outras atividades mais relevantes para a sua empresa, se você não tiver que se preocupar com isso.

3. Produtividade, foco e diminuição da procrastinação

Se você está em home office, não vou nem falar da relação descanso x horário x trabalho. Também nem preciso falar da vontade de ficar na cama, deitado no sofá, assistir ao jornal, atenção para o bichinho de estimação... e se você não mora sozinho, então, produtividade lá embaixo!

Agora, se você está no escritório, você parece um imã! Sempre alguém vai te chamar e pedir ajuda ou tirar dúvida com algum trabalho, o telefone parece que adivinha que você está na empresa, o e-mail parece que te suga a cada meia hora e por aí vai.

Agora imagina um lugar sem nenhuma dessas distrações, onde todos que estão ali com você estão focados em seus respectivos projetos e, o “pior”, o relógio está correndo contra o tempo, porque você está pagando por hora. É quase que a Técnica Pomodoro, só que sem o ‘reloginho do tomate’. O ambiente do coworking te estimula a manter a disciplina e gerenciar melhor o seu tempo.

4. Motivação e Criatividade

Coworking é como se fosse uma academia. Quanto mais bonita e organizada a academia for, mais te motivará a praticar exercícios físicos. Se você treinar sozinho, o seu rendimento é um, mas, com certeza, você terá um rendimento maior se estiver treinando com mais pessoas a sua volta, que tenham o mesmo objetivo que você. Coworking é o lugar ideal para as ideias fluírem e praticar a inovação, pois você mudará o seu mindset com a proposta do ambiente e a energia vibrante destes lugares.

5. Networking, parceiros e novos negócios

Em um ambiente como este circulam profissionais de diferentes áreas de negócios. Um deles poderá ser seu parceiro, te dar uma dica valiosa que você não enxergava ou, então, até se tornar seu cliente e recomendar você para outras pessoas. Todo mundo sabe que o networking é fundamental para a saúde de qualquer negócio, mas muitos nem sabem por onde começar a criação desta rede de relacionamentos. Mais contatos, se você fizer tudo certo, mais dinheiro!

6. Maior credibilidade para você e seu negócio

Muitos empreendedores, principalmente os MEIs e os profissionais liberais, já trabalhavam em casa ou, por conta da pandemia e redução dos custos, tiveram que migrar o seu ponto comercial para dentro da própria casa, mantendo o sonho do negócio próprio vivo. Outras empresas, principalmente as da área de produção, em alguns casos nem tem um escritório pronto para receber os potenciais clientes, atendendo na própria fábrica e/ou produção.

O coworking também atende esta necessidade, onde você poderá atender melhor o seu cliente, em um lugar confortável, fácil de encontrar (geralmente os escritórios compartilhados ficam no centro da cidade ou em espaços de fácil localização) e também passará maior credibilidade na hora de fechar o negócio, sem contar que você transmitirá uma imagem como sendo um empreendedor inovador, por estar inserido em uma comunidade de coworking.

Mantendo o negócio vivo

Um coworking pode facilitar e resolver diversos dos problemas dos quais as empresas já enfrentavam e que ficaram ainda mais evidentes com a pandemia, porém estes espaços eram exclusivos das capitais e grandes centros urbanos. Com a necessidade latente, escritórios compartilhados vem mostrando esta nova forma de empreender, inovar e manter o sonho do negócio vivo, abrindo novos horizontes e quebrando os obstáculos comuns para a maioria dos empreendedores.

Em Içara, criado durante a pandemia, tem o Coworking da Associação Empresarial de Içara, que fica localizado no edifício Talismã Trade Center e que funciona em horário comercial. Na região Extremo Sul, em Criciúma tem a Plurall e os espaços na ACIC (também adaptado para este cenário da pandemia), e em Araranguá foi inaugurado na semana passada o FVA LAB, o que mostra a forte tendência deste tipo de negócio para os empreendedores da região.

É importante reforçar que todos estes escritórios compartilhados estão seguindo as medidas de segurança e prevenção no combate ao coronavírus, limitando o número de pessoas simultâneas na utilização do espaço, disponibilizando álcool em gel, o uso obrigatório de máscara e mantendo o distanciamento entre as pessoas.

NOTÍCIAS DA SEMANA:
#1 Startup apoiada pela Satc vai desenvolver plástico sustentável;
#2 Google lança cartão de visitas online que exibe seu perfil nas buscas;
#3 Uma startup de viagens fez o impossível: cresceu 10 vezes na pandemia;
#4 Família usa auxílio emergencial para abrir empresa de entrega de marmitas e consegue faturar até R$ 6 mil por mês;
#5 Prejuízo do Nubank tem primeira queda significativa desde a fundação da fintech;

EVENTOS:
@ Alfa Talk - Aprendizados na Pandemia, com o CEO da Tintas Farben, Edmilson Zanatta, dia 26/08, às 08h30, evento online e gratuito;
@ SEO Marketing Live Show - Resultados Digitais, 03/09, evento online e gratuito
@ CASE & Startup Summit 2K20 - inscrições abertas e limitadas evento online e gratuito;


Como prometido na semana passada, trago hoje alguns “hacks” (vamos hackear os algoritmos das redes sociais, no bom sentido) para que você atinja o seu público-alvo, tenha mais seguidores e melhore o seu engajamento na rede. Sem mais delongas, vamos com os tópicos, até porque são deeeeez!

1. Frequência de Postagens

Uma pergunta muito frequente é a frequência das postagens (que plot twist rsrs). Com as recentes atualizações nas plataformas, uma coisa ficou ainda mais clara: quanto mais você está ativo na rede, maior o seu alcance e visibilidade. Então o negócio é POSTAR!

Mas atenção, não poste qualquer coisa, publique conteúdo relevante e mescle com post apenas para marcar presença, ou para “fazer sala”. Conte história, mostre depoimentos de clientes, traga um frase inspiradora, enfim, tudo vale para aparecer.

Não tem uma regra exata para isso, mas muitas das empresas “influencers” nas redes sociais que vejo estão seguindo uma linha assim:

Stories: poste todo dia, um de manhã, um a tarde e outro a noite. Também entra nesta conta as respostagens de menção da sua empresa.

Feed: poste todo dia, mas um dia você publica apenas uma vez com conteúdo relevante, no dia seguinte você posta duas, uma com um bom conteúdo, outro com conteúdo apenas para marcar presença, como uma frase, uma dica, enfim, algo que seu público tende a se agradar.

Falando em frequência, não posso deixar de falar do horário da postagem. Isso depende do comportamento do seu público-alvo e em qual rede social você está publicando. Seria um outro conteúdo aqui só para falar disso, então vamos para próxima.


2. Carrossel

Agora que você já sabe quando postar, vamos falar do que postar. E, para isso, trago o queridinho do momento, o Carrossel, que é a função que permite que sejam publicadas até 10 imagens ou vídeos em um mesmo post. Mas isso todo mundo já sabe, a dica aqui é que você correlacione as imagens, como se fosse um quebra-cabeças, uma sequência de post. Imagina que este conteúdo fosse publicado em meu Instagram, cada imagem seria uma dica e eu faria uma arte que, ao arrastar a foto para o lado, ela fosse se completando, seguindo as cores, traços, como se fosse a mesma imagem.

Por que isso gera engajamento? As pessoas são MUITO curiosas e querem saber a “conclusão” da história, por isso elas tendem a interagir com sua postagem neste formato, desde que o seu conteúdo seja interessante para elas.


3. Vídeos

As pessoas também gostam de emoção e nem sempre imagens conseguem transmitir isso. Por isso não se esqueça de usar outros formatos para isso, sendo o vídeo uma excelente opção. Não é a toa que existe o Facebook Watch e o IGTV no Instagram, recebendo na última atualização da semana passada até um atalho exclusivo para postagens em vídeos.


4. Enquetes e caixas de perguntas

Já falei aqui que as pessoas são muito curiosas. Se você criar uma boa enquete nos Stories do Instagram, é quase impossível não receber uma chuva de respostas. O dedo das pessoas chegam a tremer para clicar em uma das opções de respostas quando veem isso no Instagram, difícilmente passarão direto, afinal, elas querem ver a resposta “certa” ou com maior porcentagem de qual está ganhando. É uma ótima estratégia de engajamento.


5. Uso das #hashtags

Sim, elas geram muito engajamento. Exemplo: postarei este conteúdo nas redes sociais e, como tag, vou colocar #marketingdigital. Todos que procurarem por esta hashtag encontrarão postagens sobre este tema e, certamente, o meu conteúdo estará lá. Mas preste atenção, use no MÁXIMO CINCO hashtags, mesmo que caiba 30 em um post do Instagram, se não os algoritmos entenderão sua postagem como ‘spam’ e diminuirão o alcance do seu conteúdo. Isso porque eles querem que você invista no “anúncio patrocinado”, ou seja, pague para atingir mais pessoas em vez de usar hashtags. Então pense nas palavras-chaves do seu conteúdo e, se possível, deixa uma # disponível para colocar a sua localização.


6. #hashtags fazem a diferença, portanto use e abuse

Parece contraditório com o que eu acabei de falar no item 4, mas você já vai entender. O máximo de cinco hashtags valem para o texto do post, mas nos comentários o algoritmo ainda não bloqueia. Então, se tiver que usar mais “tags”, publique no comentário. Quanto mais hashtags, mais chance de o seu conteúdo ser encontrado por quem procura por este conteúdo.


7. Localização

Falando em procurar e ser encontrado, sempre que possível coloque a localização do seu negócio, cidade, estado ou região, dependendo o limite do seu público-alvo. Se você vende apenas para Içara, não adianta colocar localização “Santa Catarina”. Por mais que as hashtags ajudam a promover o seu conteúdo, imagina quantas pessoas e empresas não postam a mesma tag que você? Por isso é importantíssimo que você indique a sua localização, isso fará uma espécie de “filtro” e o seu conteúdo chegará para o seu público-alvo.


8. Perfis com menos interações

Não é novidade que, quanto mais você procura, curte ou comenta sobre determinado assunto, mas ele aparece para você no feed e stories. Com os seguidores funciona da mesma forma. Semanalmente o Instagram coloca em suas atividades as pessoas com quem você teve mais ou menos interações. Se você não achar isso no meio das curtidas e comentários, clique em “seguindo” e veja as categorias que irá aparecer.

Aqui vai uma dica de ouro! Seu conteúdo não aparecerá para essas pessoas e lembre-se, o Instagram entrega o seu conteúdo de forma gratuita para no máximo 10% do seu número de seguidores. Para aumentar este índice, você precisa ser visto. Para ser visto, você precisa interagir mais. Comece com quem você não tem ou tem baixa interação, para que você sempre apareça como relevante para esta pessoa, seja no feed ou stories dela.

Outra dica: Separe um tempo da sua semana e entre, no mínimo, em 50 perfis que estão te seguindo. Curta e comente seus stories, postagens, como se fosse uma “troca de likes”. Torça para ela devolver o like ou, pelo menos, responder o comentário. Pronto, interação feita e a tendência é que você apareça para ela nos próximos posts.


9. A primeira hora é um “foguete”!

Sim, faça de tudo para que se tenha o maior número de curtida e comentários na primeira hora de sua postagem. Você precisa dessa “impulsão” de largada, como um foguete em seu lançamento. O algoritmo das redes sociais entenderão que o seu conteúdo é bom e fará com que chegue a mais pessoas, atingindo seu objetivo.


10. Não tenho tempo para postar e nem dinheiro para investir em uma agência

De nada adianta as nove dicas se você não otimizar o seu tempo e arrumar um espaço em sua agenda de tarefas para cuidar das suas redes sociais. Dinheiro não é mais desculpa, afinal, tem diversas ferramentas gratuitas ou com baixo custo para você criar conteúdos, artes e gerenciar suas redes sociais.


NOTÍCIAS DA SEMANA:
#1 iFood recebe aval da Anac e começará a testar delivery de comida por drones;
#2 Startups brasileiras recebem US$ 87 mi em investimentos em julho;
#3 Coreia do Sul planeja 6G e marca primeiros testes para 2026;
#4 Zoom lança serviço de telefonia no Brasil com foco em empresas;
#5 Crescimento de três anos em três meses: os aprendizados do Carrefour na pandemia;

EVENTOS:
@ Conexões ExpoGestão: Habilidade de reaprender e adaptar-se, 20 de agosto, evento online e gratuito;
@ Curso online e gratuito com Leandro Karnal e Luiza Helena Trajano - Competências profissionais, emocionais e tecnológicas para tempos de mudança, de 24 a 27 de agosto;
@ CASE & Startup Summit 2K20 - inscrições abertas e limitadas evento online e gratuito;


Deinyffer Marangoni é formado em Administração, atua como executivo da Associação Empresarial de Içara e docente na Faculdade do Vale do Araranguá.