Canal Içara

Canal Içara

02 de dezembro de 2020 - 05:11
Enquete: internautas avaliam impactos da covid-19
21/09/2020 às 09:00 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Içara teve 1,4 mil pessoas com coronavírus confirmado por exame até agora. Mas os impactos vão além da saúde. E para os internautas do Canal Içara, a economia foi o setor que teve a segunda maior interferência na pandemia. Ao todo, 69% dos participantes da enquete indicaram a influência sobre as finanças.

Dentre os 394 leitores que participaram espontaneamente da enquete entre os dias 2 de junho e 21 de setembro de 2020, 25% indicaram a educação. As aulas presenciais seguem suspensas desde março. Para 3% o maior impacto - além da saúde - foi na política. A eleição já está adiada inclusive para 15 de novembro. E 3% apontaram outras opções.


Cemitério Municipal terá limpeza para remoção de caixões e entulhos expostos
06/08/2020 às 14:54 | Leitor-repórter Caroline Daros
Há 19 anos Caroline Daros perdeu o pai. Ele foi sepultado no Cemitério Municipal Bom Pastor, no bairro Primeiro de Maio, em Içara, onde a família retorna sempre que bate aquela saudade. O Dia dos Pais é uma destas datas especiais. Mas os entulhos com restos de obras, caixões e tecidos tornaram-se motivo de desconforto para a família.Alguns dos materiais foram queimados entre as sepulturas nesta quinta-feira, dia 6.

"Vemos a frente do cemitério limpo. Nos fundos, porém, a realidade é outra mesmo pagando o mesmo tributo. Já pedimos providências no ano passado, mas a situação volta a ocorrer”, indica. As imagens feitas pela família foram encaminhadas para a Prefeitura. E, conforme a secretária municipal de Administração, Ana Paula Lima, uma equipe será organizada para a realização da limpeza. “Faremos o quanto antes”, pontua.


A transformação do acesso ao bairro Nossa Senhora de Fátima, impulsionada pela proximidade de inauguração do Combo Atacadista, acontecerá também no entorno do empreendimento. A sinalização faz parte desse processo. A instalação das placas já chamou atenção de quem usa a Rua Januário Borges, mas também por causa da colocação no meio da passagem destinada a pedestres.

“Como um cadeirante ou uma pessoa com algum tipo de deficiência vai se locomover?”, questiona Andresa Gomes, que trabalha no bairro, observou o problema e reportou ao portal Canal Içara. Conforme o diretor de Trânsito do Município, Washington Valmor Pereira, além do local de instalação, as dimensões também foram analisadas e estão fora de padrão. “Vamos pedir para substituir”, indica.


Aplicativos de interação e mensagens são redes sociais mais utilizadas
06/07/2020 às 09:37 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Diante das orientações de restrições sociais, o uso da tecnologia para a comunicação cresceu. Já era um comportamento esperado. A dúvida, contudo, pairava sobre quais os aplicativos mais utilizados para a comunicação e interação social.

Sobre isso, 228 leitores do Canal Içara participaram de uma enquete entre 2 de junho e 6 de julho. Dentre eles, 61% optaram por mensageiros instantâneos como o WhatsApp e o Telegram.

O WhatsApp até criou uma página especial com orientações aos usuários. Entre as dicas, a rede social apontou a importância de manter o contato com as pessoas mais importantes de cada usuário, além da escolha de fontes confiáveis e a interrupção da disseminação de informações falsas.

Mas nem todos os internautas consideram o WhatsApp a principal ferramenta. Para 27% a principal rede social é atualmente o Instagram, 5% indicam o Facebook e 3% o Twitter. Além disso, 4% afirmaram usar outras opções que não foram listadas pelo portal.


Enquete: O que mais fez falta na quarentena?
02/06/2020 às 08:50 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
O contato social é o que mais fez falta no período de quarentena coletiva no enfrentamento da covid-19. Ao todo, 41% dos leitores do Canal Içara indicaram a dificuldade de lidar com o isolamento. Outros 28% apontaram a falta do lazer e dos esportes. Para 21%, a saudade é principalmente da família e para 11% são outras opções. Ao todo, 149 internautas responderam a enquete de forma espontânea entre os dias 11 de maio e 2 de junho.

Para quem curte o lazer, hospedagens estão liberadas com 50% da capacidade em Santa Catarina. Mas alguns pontos turísticos encontram-se fechados para que não haja aglomeração. Já os eventos esportivos e culturais estão suspensos pelo menos até 5 de julho. No caso da saudade da família, por vez, o jeito é utilizar a tecnologia ou, nas visitas presenciais, evitar o contato físico com pessoas de risco, como idosos. Além disso, o uso de máscara continua obrigatório ao sair de casa em Içara.


Envie também o seu artigo para opiniao@canalicara.com. Para ter o texto publicado é necessário se identificar. A postagem não significa que o portal concorde com a opinião.