Canal Içara

Canal Içara

25 de agosto de 2019 - 15:00
Televisão ainda impacta na vida da maioria dos internautas
12/08/2019 às 14:52 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
O consumo de vídeo sob demanda na Internet aumentou. Mas ainda não atingiu a preferência pela televisão. Para 53% dos internautas, o sinal aberto ou fechado das emissoras ainda é acompanhado diariamente. Outros 15% indicam que assistem até três vezes por semana, 21% raramente e 10% nunca. Os dados refletem o perfil de consumo de 107 leitores do portal que responderam ao Canal Içara entre os dias 5 e 12 de agosto.

A nova enquete é um complemento a pesquisa realizada na semana anterior, também espontaneamente, com 130 leitores. Dentre os serviços de streamming, 48% dos leitores do Canal Içara relataram a preferência pela Netflix. Outros 41% tem como ferramenta principal o YouTube. Além disso, 10% indicam outras opções e 2% preferem o Amazon Prime Vídeo.


Ataques de cachorros viram caso de polícia em Vila Nova
09/08/2019 às 17:09 | Leitor-repórter
Os moradores da Rua Benta Maximiliano estão com dificuldades de receber correspondências. O problema é atribuído aos ataques de cachorros, uma situação que virou caso de polícia nesta sexta-feira, dia 9.

A Central Regional de Emergências foi acionada e um boletim de ocorrência chegou a ser registrado após um dos cães morder a calça de vendedor no bairro Vila Nova no dia anterior e nesta manhã reincidir no ataque.

Conforme verificado pelos policiais militares deslocados até a comunidade, uma das residências não possui a lateral cercada, por isso os animais tem acesso à rua. No momento em que a viatura chegou ao local, contudo, o proprietário não estava em casa.


No streaming, Netflix lidera preferência dos internautas
05/08/2019 às 09:35 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Com a popularização da Internet, os serviços de streaming também ganharam mercado. E no setor audiovisual, a Netflix tem a preferência. Ao todo, 48% dos leitores do Canal Içara utilizam preferencialmente a plataforma. Outros 41% tem como ferramenta principal o YouTube. Além disso, 10% indicam outras opções e 2% preferem o Amazon Prime Vídeo. A enquete, realizada de 29 de julho a 5 de agosto, teve a participação espontânea de 130 leitores.

Conforme pesquisa da Toluna sobre os hábitos de consumo de streaming dos brasileiros, 93% da população no país já utiliza algum tipo de serviço de vídeo sob demanda no dia a dia. Pelo menos 53% afirmam que assistem algum streaming todo dia. Os números apontam o potencial deste mercado. Dentre as 826 pessoas entrevistadas, 40% disseram que gastam entre R$ 40 a R$ 50 ara obter o conteúdo.


Para internautas, momento é de cortar despesas
29/07/2019 às 09:13 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
A retomada do emprego representa o reaquecimento da economia. Mas esta é uma percepção que ainda não chegou a população. Para 55% dos internautas do Canal Içara o momento é de cortar despesas. Outros 24% apontam a necessidade de poupar, 16% de investir e 5% indicam outra opção. Ao todo, 131 leitores do portal responderam espontaneamente a enquete realizada entre os dias 22 e 29 de julho.

No primeiro semestre de 2019 Içara criou 592 novas vagas de trabalho. Somente a indústria da transformação gerou o acréscimo de 428 colaboradores no setor, dos quais, quase metade na indústria do transporte. Conforme os dados reajustados do Ministério do Trabalho e Emprego, a Capital Catarinense do Mel teve o segundo melhor desempenho na Região Carbonífera, atrás somente de Criciúma, com 1.534 contratações a mais do que desligamentos no período.


Internautas avaliam confiabilidade em conteúdo nas redes sociais
22/07/2019 às 09:26 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
As redes sociais proliferam informações com rapidez. Mas nem sempre o conteúdo é verídico. E diante da quantidade de dados que trafegam pela Internet, qual a percepção dos internautas sobre isso? Para 1% dos leitores do Canal Içara, a confiança nos materiais compartilhados é total. Outros 43% não confiam e 56% avaliam a fonte para delimitar a confiabilidade.

Ao todo, 104 leitores responderam a enquete realizada pelo portal entre os dias 15 e 22 de julho. Os percentuais apontam a possibilidade de manipulação de dados e devem ser considerados mesmo se a fonte for uma pessoa confiável, mas sem a preocupação da checagem das informações. As fake news ganharam tanto destaque que motivaram áreas específicas em sites nacionais para desmenti-las.


Envie também o seu artigo para opiniao@canalicara.com. Para ter o texto publicado é necessário se identificar. A postagem não significa que o portal concorde com a opinião.