Canal Içara

Canal Içara

20 de agosto de 2019 - 04:24
Diante de 11 mil torcedores, Criciúma perde para o líder Bragantino
19/08/2019 às 23:27 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
A torcida compareceu em grande número. Foram 11 mil torcedores presentes no Estádio Heriberto Hülse, na noite fria desta segunda-feira, dia 19. O confronto com o Bragantino/SP resultou em vitória do time paulista, por 2x0. Os gols foram anotados por Uillian Correia e Matheus Peixoto. Resultado que não chega a impressionar. Até porque o Bragantino é o líder da competição, formou um orçamento milionário para a Série B do Campeonato Brasileiro com o aporte financeiro de R$ 45 milhões realizado pela Red Bull e conta com um time organizado e que faz por merecer a liderança na tabela de classificação.

Repleto de atletas experientes e de qualidade, o time o Bragantino se mostrou extremamente organizado em campo, assim como se apresentou nas rodadas anteriores. Manteve o mesmo padrão e superou o Criciúma naturalmente. O primeiro gol foi anotado ainda no primeiro tempo. Isso fez com que o Criciúma buscasse mais o ataque. Então ambas as equipes continuaram se atacando e o jogo se mostrou com mais ênfase em transições diretas.

Na segunda etapa, o Criciúma optou por atacar pelas laterais, mas pouco finalizou. Muitos cruzamentos na área foram facilmente interceptados pelos defensores do Bragantino. Já aos 41 minutos da segunda etapa, o time paulista ampliou a vantagem e sacramentou o resultado.

Vitória merecida do Bragantino, que soube controlar muito bem o jogo e não sentiu dificuldade em administrar o resultado. O Criciúma não conseguiu acompanhar a mesma intensidade do adversário e pouco pôde fazer para pressionar ou tentar a reação. O próximo jogo do Tigre será contra o Paraná, às 11h deste sábado, dia 24, no Estádio Durival Britto. O Criciúma continua na zona de rebaixamento, com 17 pontos. De acordo com o diretor executivo de futebol do clube, João Carlos Maringá, a intenção é deixar o técnico Wilsão por aproximadamente mais duas rodadas no cargo.


Criciúma empata e mantém atuação aceitável diante do Londrina
17/08/2019 às 01:39 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
A atuação do Criciúma, tão questionada no período em que o técnico Gilson Kleina esteve no comando do time, esteve em nível aceitável nesta sexta-feira, dia 16, no Estádio do Café, diante do Londrina. O placar resultou em 1x1, com gols de Higor Leite (Londrina) e Julimar (Criciúma). O gol que Julimar marcou foi belíssimo. Chute colocado de fora da área, no ângulo. Sem dúvidas está entre um dos gols mais bonitos da 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

A forma como o Criciúma se comportou em campo realmente é algo a ser destacado. As partidas do time sob o comando de Wilsão contam com atuações muito mais consistentes e sólidas do que nos jogos em que o técnico anterior estava no comando. É um Criciúma mais aguerrido, mais forte. Os jogadores contam com mais ênfase ofensiva e consistência defensiva.

A transição da bola entre os setores do campo é realizada com mais facilidade e com isso os resultados estão aparecendo. No último jogo em casa, o Criciúma venceu o Sport. E nessa rodada, o Tigre obteve empate fora de casa, que o mantém fora da zona de rebaixamento. Ou seja, há sim uma melhora na projeção do time para o restante do campeonato. Porque aproximadamente seis rodadas atrás, o Criciúma estava sem perspectiva de evolução. Sem perspectiva de melhora na competição e estava se afundando na zona de rebaixamento.

Acredito que seja o momento de deixar o técnico interino Wilsão desenvolver o trabalho dele com um pouco mais de calma. Ou então escolher alguma técnico disponível no mercado com um pouco menos de pressa. Analisar as opções com calma para que a melhor atitude seja tomada com relação ao comando técnico do time. O próximo adversário é o líder da competição, Bragantino/SP, nesta segunda-feira, dia 19, no estádio Heriberto Hülse, às 20h.


Vitória sobre o Sport conta com boa atuação e postura ofensiva
11/08/2019 às 23:24 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
O Criciúma venceu o Sport/PE por 1x0, na tarde deste domingo, dia 11. Mas não foi apenas uma vitória simples. Foi uma vitória maiúscula. Porque o time venceu e convenceu. A postura do time em campo mudou para melhor. O Criciúma adotou uma postura ofensiva, com marcação mais forte e as jogadas fluíram com mais facilidade. O gol foi marcado pelo volante Foguinho.

É um time totalmente diferente do que se apresentou nas últimas cinco rodadas na Série B do Campeonato Brasileiro. São três pontos muito valiosos para que o Tigre inicie sua reação na tabela de classificação. O clube chega ao fim da 15ª rodada fora da zona de rebaixamento, na 15ª colocação, com 16 pontos.

Tanto na primeira etapa quanto no segundo tempo, o Criciúma foi superior e fez por merecer a vitória. Mas o Sport não é um time fraco. Também chegou com perigo em algumas oportunidades e por pouco não empatou. Mas o Criciúma também teve oportunidades claras de ampliar o placar. Teve o domínio da posse de bola e foi mais incisivo no setor de ataque.

Vitória merecida sob o comando de Wilsão, que está no comando técnico interinamente. Até o momento, o clube não anunciou o novo técnico. O próximo adversário do Criciúma é o Londrina, no Estádio do Café, às 19h15 desta sexta-feira, dia 16.


Há cinco jogos sem vencer, Tigre perde em casa e permanece no Z4
03/08/2019 às 19:40 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
O Criciúma perdeu para o Operário/PR pelo placar de 2 a 1 neste sábado, dia 3, no estádio Heriberto Hulse. Derrota que consolida o time na zona de rebaixamento. A equipe acumula cinco jogos sem vencer.

É mais uma derrota em casa. Derrota vergonhosa, que ilustra o atual momento do Tigre na Série B do Campeonato Brasileiro. Um time que fez um primeiro tempo bom, criou as melhores chances, foi superior e se impôs na partida. Até conseguiu abrir o placar com Daniel Costa já na parte final do primeiro tempo. Porém, o time entrou no segundo tempo desligado com outra postura e logo no primeiro minuto da segunda etapa, sofreu o gol de empate.

A partir daí, o Criciúma desandou e a equipe se perdeu em campo. O operário encaixou a marcação e vitrou o jogo. Com um jogador a menos desde os 23 minutos do segundo tempo, o Operário/PR anulou as investidas do Criciúma em bolas alçadas na área. O goleiro do Operário fez belíssimas defesas.

O técnico Gilson Kleina colocou em campo atletas que não jogam há meses. Uma série de erros desde a comissão técnica até a postura dos jogadores em campo. O técnico Gilson Kleina precisa ser demitido o quanto antes para que o Criciúma possa iniciar um novo processo de reformulação técnica e tática. O Criciúma precisa urgentemente de uma nova comissão técnica. Um novo comando técnico para que o time seja novamente organizado e competitivo.

Essa sequência desastrosa no primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro acende o sinal vermelho. O alerta máximo está ligado. Ainda há tempo de se recuperar na tabela de classificação. A diretoria do Criciúma precisa tomar uma aitude rápida para tudo isso que está acontecendo. A reação precisa ser ágil. Caso contrário, o Criciúma vai amargar na zona de rebaixamento durante muitas rodadas e sentirá dificuldade para escapar do rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro.

É preciso que os jogadores tenham consciência da camisa que eles estão vestindo. Estão vestindo a camisa de um clube tradicional, um clube de respeito que conta com uma torcida apaixonada e com uma história relevante no cenário nacional.


A fase do Criciúma é péssima e sem perspectivas de melhora
30/07/2019 às 23:36 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
O Criciúma perde mais uma vez. Derrota pro 1x0 diante do São Bento/SP, em Sorocaba, na noite desta terça-feira, dia 30. O gol foi marcado por Paulinho Bóia. Sequência de quatro jogos sem vencer: três derrotas e um empate. O Tigre está na 16ª colocação, com 13 pontos. Está um ponto acima do primeiro integrante da zona de rebaixamento (São Bento). O momento de reagir é agora. Porque essa sequência horrível dos últimos quatro jogos fez com que o time criciumense se aproximasse muito da zona de rebaixamento.

Mas a pior parte não é se aproximar da zona de rebaixamento. A pior parte é ver que o time está na 16ª colocação e com nenhuma perspectiva de melhora. O cenário é péssimo. A desorganização tática é vergonhosa. O time não se ajuda. É um time sem vontade em campo. É um time totalmente desorganizado, sem vida, sem perspectiva de evolução.

Um elenco que teve boas atuações no início da Série B e que agora realiza apresentações vergonhosas. No comparativo do jogo entre as duas equipes, foram sete chutes para cada lado, sendo um chute ao gol para ambas as equipes. A estatística mostra que o Criciúma esteve durante 58% do tempo com a posse de bola. Porém, o que pôde ser percebido foi um jogo fraco tecnicamente. O adversário gastando o tempo para que o resultado permanecesse 1x0. O Criciúma não teve força para pressionar e se mostrou desorganizado demais para tentar qualquer tipo de reação.

O time está bagunçado taticamente e os jogadores não estão depositando toda a vontade necessária para vestir a camisa do Criciúma e defendê-la com o respeito que ela merece. O Criciúma é um time tradicional, nacionalmente respeitado. E os jogadores não estão honrando a camisa do Tricolor Sul-catarinense da maneira como ela merece ser honrada.

Chegou o momento de a diretoria e seus respectivos executivos e gerentes de futebol do clube assumirem a responsabilidade e resolverem essa situação o quanto antes. O técnico Gilson Kleina não está fazendo um trabalho satisfatório e os atletas também não estão desempenhando um bom trabalho. Não se vê evolução ou qualquer perspectiva de melhora no Criciúma nesta Série B do Campeonato Brasileiro. O próximo jogo será neste sábado, dia 3, às 16h30, contra o Operário/PR. A partida será realizada no estádio Heriberto Hülse.


*Erik Borges Vieira é jornalista e torcedor do Criciúma Esporte Clube