Canal Içara

Canal Içara

20 de setembro de 2019 - 02:29
Gol aos 49 do segundo tempo coloca o Tigre no G4 do Catarinense
04/04/2019 às 00:59 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
O Criciúma está mais vivo do que nunca no Campeonato Catarinense. Com gol de Daniel Costa aos 49 minutos do segundo tempo, o Tigre vence o Joinville, por 1x0 e entra no G4 do Campeonato Catarinsne.

Restando uma rodada, o Tigre chega a 24 pontos e depende apenas de si para se classificar para a próxima fase da competição. O próximo adversário do Tigre no estadual é o Hercílio Luz, de Tubarão, que ainda briga contra o rebaixamento.

Caso o Marcílio Dias, que está em quinto colocado com o mesmo número de pontos que o Tigre (perde apenas pelos critérios de desempate) não pontue contra o Figueirense, em Florianópolis, o Tigre garante vaga na semifinal da competição mesmo se não vencer o time tubaronense.

O jogo
O Criciúma pressionou o time de Joinville nos minutos iniciais, imprimiu pressão, teve mais volume de jogo e buscou a vitória desde o primeiro minuto.

Se mostrou um time organizado e com vontade de vencer. Embora tenha criado jogadas de ataque, o Tigre não conseguiu balançar as redes na etapa inicial.

No segundo tempo, o Joinville voltou mais ligado do intervalo e assustou em algumas oportunidades de contra-ataque. Porém, após a expulsão do zagueiro Edu (Joinville), aos 36 do segundo tempo, o Criciúma cresceu ainda mais no jogo, assim como a torcida, que apoiou durante os 90 minutos e empurrou o time para o ataque.

Com golaço de falta, Daniel Costa, aos 49 minutos da segunda etapa decretou vitória tricolor Sul-catarinense após acertar a bola no ângulo da trave.

Jogo decisivo
O Criciúma terá jogo decisivo em Tubarão, neste domingo, dia 7, às 16h, contra o Hercílio Luz. A torcida criciumense vai lotar o setor visitante da arquibancada do estádio Aníbal Costa.

A partida promete fortes emoções, visto que o time de Tubarão também precisa vencer para tentar escapar do rebaixamento. Será um confronto regional que definirá o rumo das equipes no estadual. O Criciúma segue vivo no Catarinense.




Criciúma vence o Metropolitano e segue com chances de classificação
31/03/2019 às 18:43 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
O Criciúma está vivo na disputa pela classificação do Campeonato Catarinense, após vencer o Metropolitano por 1x0, neste domingo, dia 31, no Estádio do Sesi, em Blumenau. O gol da partida foi anotado pelo atacante Andrew, que aproveitou desatenção da zaga adversária, ficou com a bola, disparou em direção ao gol e bateu no canto direito.

Um gol de oportunista. Um jogador veloz que se antecipa na jogada e pega o sistema defensivo de surpresa. Jogada individual que decide a partida. Andrew demonstra a raça e a vontade que o time precisa para a temporada de 2019. É prata da casa e tem amor à camisa.

Durante o jogo, as duas equipes fizeram jogo lento e tecnicamente fraco. O time do Metropolitano teve uma chance claríssima de gol, mas desperdiçou. O Criciúma se segurou com a vantagem obtida na segunda etapa e contou com a expulsão de um atleta do time de Blumenau, Márcio Rozário, aos 14 minutos do segundo tempo.

Porém, mesmo com um jogador a menos, o Metropolitano conseguiu se organizar em campo e se manteve na busca pelo empate. Nos minutos finais, o Criciúma sofreu pressão. Mas o time criciumense conseguiu segurar o ímpeto do time blumenauense e volta para casa com três pontos na bagagem.

Ainda com chances de classificação, o Tigre chega aos 21 pontos e fica na quinta colocação, com dois pontos a menos que o quatro colocado, Marcílio Dias. O próximo adversário do Tigre é o Joinville, às 21h30 desta quarta-feira, dia 3, no Estádio Heriberto Hülse. O jogo é válido pela penúltima rodada da primeira fase do estadual.


Criciúma perde jogo de ida da Copa do Brasil para a Chapecoense
27/03/2019 às 22:10 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
O Criciúma perdeu o jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil para a Chapecoense, por 3x2, nesta quarta-feira, dia 27, na Arena Condá. Os gols da partida foram anotados por Elicarlos, Gustavo Campanharo e Lourency (Chapecoense), além de Sandro e Bruno Cosendey (Criciúma). O jogo de volta acontece dia 10 de abril, às 19h15, no Estádio Heriberto Hülse.

O Criciúma começou o jogo desligado. A Chapecoense trocou passes com facilidade, dominou o primeiro tempo, pressionou o time criciumense e fez dois gols. O Criciúma se sentiu acuado, sem poder de reação, assustado e sem chances de criação de jogadas. Ao que tudo indicava, o jogo se encaminharia para uma goleada.

No segundo tempo, o Criciúma reagiu e marcou dois gols. Além disso, cresceu no jogo e quase virou o placar. A mudança de postura, defensiva no primeiro tempo e corajosa no segundo tempo, fez com que o time do Oeste catarinense se preocupasse com o jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Embora a Chape tenha vencido com gol aos 44 minutos da etapa final, o Tigre continua vivo na competição e precisa apenas de um gol no Estádio Heriberto Hülse para levar a decisão para os pênaltis.

O jogo está em aberto. Ambas as equipes têm condições de passar de fase, mas apenas uma segue em frente na competição. O goleiro Bruno Grassi, do Criciúma, acabou comprometendo o resultado do jogo com duas falhas no jogo, mas o atacante Vincícius merece destaque positivo. Ele entrou e teve participação direta nos dois gols da equipe criciumense.


Criciúma perde para o Avaí e cai para sétimo no Catarinense
24/03/2019 às 19:17 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
O Criciúma perdeu para o Avaí neste domingo, dia 24, no Estádio Heriberto Hülse, pelo placar de 2x0. Os gols foram anotados por João Paulo e Getúlio. Além disso, aos 43 minutos da primeira etapa, Eduardo (volante do Tigre) foi expulso. Com o resultado, o Tigre cai para a sétima colocação e permanece com 18 pontos.

No primeiro tempo, a equipe criciumense começou melhor em campo. Teve mais volume de jogo, porém nenhuma das equipes demonstrou tanto poder ofensivo a ponto de oferecer sérios riscos de balançar as redes. Embora o Criciúma tenha sido um pouco superior na primeira etapa, ambas as equipes protagonizaram um futebol pouco atraente.

Na segunda etapa, com um jogador a menos, o Tigre não se encontrou em campo. A equipe foi dominada pelo Avaí que conseguiu fazer dois gols naturalmente. O Criciúma foi simplesmente dominado na segunda etapa de jogo e não conseguiu sequer esboçar alguma reação.

As chances matemáticas de classificação ainda existem. Porém, restando três rodadas para o fim da competição, o Tigre precisa fazer seu dever de casa, vencer fora e ainda contar com tropeços dos adversários para manter-se vivo na competição. Até o momento, o Criciúma faz campanha medíocre no Catarinense e demonstra um futebol fraco taticamente e tecnicamente.


Criciúma empata com Brusque e se mantém próximo ao G4
21/03/2019 às 22:53 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
O Criciúma empatou em 0x0 na noite desta quinta-feira, dia 21, no estádio Augusto Bauer, com o Brusque, em partida válida pela 14ª rodada do Campeonato Catarinense. O resultado deixa o tigre a dois pontos do G4 da competição estadual. O próximo adversário é o Avaí e a partida ocorre no Estádio Heriberto Hülse, às 16h de domingo, dia 24.

No primeiro tempo, o Brusque teve mais volume de jogo e pressionou a equipe criciumense, que demorou para encaixar a marcação e sofreu para conseguir se organizar taticamente. O Brusque imprimiu pressão ao Tigre e foi superior na primeira etapa. Embora o Criciúma tenha criado chances claras de gol em jogadas de contra-ataque e lances isolados, o time se mostrou incapaz de lidar com a pressão adversária.

Na segunda etapa, o Criciúma voltou melhor e o Brusque continuou com a mesma vontade de atacar. Porém, a questão física dificultou com que o time de Brusque pudesse ter o mesmo ímpeto e a mesma agressividade ofensiva do primeiro tempo. Com isso, o Criciúma soube criar oportunidades e se organizou melhor em campo. Porém, sem objetividade ofensiva e sem jogadores que pudessem concretizar a gol com qualidade, o Tigre apostou em bolas paradas e alçadas para área, assim como o Brusque. Mas nenhuma das equipes logrou êxito nas tentativas de balançar as redes.

O placar é justo e o resultado deixa o Criciúma próximo da zona de classificação. O próximo adversário é o vice-líder da competição e o Criciúma precisa, mais do que nunca, balançar as redes. Nos últimos tempos, a equipe criciumense apresenta dificuldade em fazer gols. Esse é o principal problema da equipe na temporada. O Criciúma tem o segundo pior ataque do estadual, com 12 gols marcados.


*Erik Borges Vieira é jornalista e torcedor do Criciúma Esporte Clube