Canal Içara

Canal Içara

18 de setembro de 2019 - 19:01
Tigre enfrenta Argel na quarta-feira
15/09/2014 às 15:56 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
O próximo adversário é conhecido. O duelo é entre times catarinenses. O Tricolor do Sul enfrenta no Orlando Scarpelli o Furacão do Estreito, também conhecido por Figueirense. O técnico Argel Fucks treinou o Tigre ano passado, mas saiu ressentido com a diretoria do clube. Hoje a situação é outra.

Fucks está muito bem no Figueira. Conseguiu tirar a equipe da capital catarinense de uma situação desconfortável e levar para uma colocação razoável na tabela de classificação da Série A do Brasileirão. Essa partida será uma das batalhas importantíssimas que os carvoeiros terão pela frente. Agora é um leão por rodada.

Os jogadores terão que lutar com unhas e dentes para sair no final da competição com a cabeça erguida e a sensação de dever cumprido ao poder dizer: nós conseguimos reagir e livramos o Criciúma Esporte Clube da Zona de Rebaixamento. No caso do Figueirense, o duelo será às 21h de quarta-feira, dia 17.


Mais um passo para permanecer na Série A
15/09/2014 às 00:15 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
A vitória do Criciúma contra o Goiás serviu como um divisor de águas neste domingo, dia 14. Foi o início da redenção de uma equipe que vinha há 10 jogos sem saber o que é vencer. Os três pontos conquistados foram mais do que importantes. Foram indispensáveis. A situação do Tigre na tabela de classificação estava se tornando insustentável. Por isso a extrema necessidade de vitória contra a equipe goiana.

Já que o duelo de seis pontos contra o Palmeiras não foi vencido, havia obrigação do Tricolor vencer perante sua torcida, no Estádio Heriberto Hülse. Graças ao tiro certeiro na gaveta disparado pelo lateral direito Luis Felipe, a equipe respira mais aliviada. Após 699 minutos sem balançar as redes adversárias, o 1x0 pode ser comparado a uma goleada.

A própria reação do jogador ao realizar tal feito demonstra o desabafo dos carvoeiros em relação ao incômodo de ser o pior ataque da competição. O atleta tirou a camisa, correu para a torcida e extravasou junto com o pouco mais de 8 mil torcedores presentes no Majestoso. Mas ainda não é momento de relaxar. O motivo é explícito: o clube continua na zona da degola, em 17º com 21 pontos.


Tigre se afunda na tabela da Série A
11/09/2014 às 00:25 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
A derrota do Criciúma na noite de quarta-feira para o Palmeiras reflete o momento do tricolor no Campeonato Brasileiro. O resultado de 1x0 sofrido não foi só mais uma derrota em um campeonato de 38 rodadas, mas sim um revés em um momento crucial da competição. A primeira rodada do returno (20ª) tinha o papel de servir como superação em relação a tudo o que aconteceu anteriormente. A média para que uma equipe escape do rebaixamento é 45 pontos, o Tigre conquistou 18. Ou seja, precisaria de 27 pontos na segunda parte do campeonato. Já jogou uma partida e perdeu.

O fato é que a partir de agora o Brasileirão começa a afunilar. Os times são divididos naqueles que investiram pesado e deram certo. São, portanto, os seis primeiros. Do sétimo ao 13º são os times que não tem aquele elenco dos sonhos, mas que conseguem ter uma certa regularidade. Do 14º pra trás são os que têm chances reais de cair. Infelizmente, o Tricolor do Sul está incluído nesse grupo de equipes que, ao errarem no planejamento desde o começo da temporada, acabam por ter que matar um Leão por rodada no intuito de sobreviver.

Entendo que o orçamento do Criciúma é extremamente inferior à maioria das outras equipes. Mas é nítido que o planejamento inicial não deu certo. Só neste ano já é o quarto técnico que o Tigre contratou. Transferências errôneas e precipitadas; Elenco inchado, com mais de 40 jogadores. O que também contribuiu para a derrota no ‘jogo de seis pontos’ contra o Verdão foi o erro da arbitragem. Claramente o zagueiro Fábio Ferreira foi empurrado pelo adversário. O próximo compromisso contra o Goiás poderá servir de superação e degrau para a recuperação. Mas também poderá decretar a uma situação insustentável.


Tigre encerra turno na zona da degola
07/09/2014 às 23:07 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
O Criciúma teve a chance de sair da zona de rebaixamento contra o Corinthians neste domingo, dia 7. Com o empate do Palmeiras na sequência, bastava a vitória sobre o time paulista no estádio Heriberto Hülse para ficar entre os 16 times. Mas o que o Tricolor do Sul conseguiu conquistar foi um suado empate sem gols. No primeiro tempo o nome do jogo foi o goleiro Luiz ao realizar importantes defesas.

O Timão se impôs dentro de campo em busca da permanência no grupo dos quatro primeiros da tabela de classificação. É lógico que o Alvinegro do Parque São Jorge contava com os três pontos diante de uma equipe do interior de Santa Catarina. Eles acreditavam que a vitória aconteceria ao natural, sem muito esforço.

Porém o que se viu foi um Tigre corajoso, ousado e com fome de gol. O que impediu o ímpeto tricolor foi a vontade de vencer que o adversário também tinha, além de a qualidade contida no elenco. Mesmo assim, foi um belo espetáculo. O técnico Gilmar Dal Pozzo e o centroavante Zé Carlos estrearam em um momento crucial e delicado para o clube. A tensão de um jogo de alto nível foi bem administrada pelo plantel.

O empate não foi suficiente, mas não é o fim do mundo. Quarta-feira haverá um duelo decisivo. Será um confronto direto na briga pela permanência na Série A entre Palmeiras x Criciúma no Pacaembu. O que se espera é que a equipe assimile o resultado insatisfatório obtido contra o Corinthians e vença o confronto de “seis pontos” contra o Verdão.


Novela chega ao fim com Zé Carlos no BID
05/09/2014 às 20:32 | Erik Borges - erik.borges@canalicara.com
A novela de Zé Carlos finalmente chega ao fim. E com final feliz. O ídolo que fez história em 2012 ao ser o artilheiro da Série B e também foi protagonista na ascensão à primeira divisão nacional entrou no BID na tarde desta sexta-feira, dia 5. Isto significa que já está disponível para o técnico Gilmar Dal Pozzo no jogo contra o Corinthians às 16h deste domingo no Estádio Heriberto Hülse.

A torcida carvoeira já estava há mais de dois meses na espera da confirmação. O problema estava na liberação do Sharjah FC no Transfer Matching System (TMS) da FIFA. Isto por causa de pendências financeiras entre o jogador e o clube. Mas o órgão máximo do futebol mundial expediu a liberação para que o Zé do Gol pudesse exercer a profissão em seu país de origem.

Não só a torcida, mas a diretoria aposta no centroavante para alcançar a salvação do time da zona de rebaixamento. Resta saber se ele irá corresponder com todas as expectativas que foram criadas durante este período de angústia. O ataque é o pior da Série A com somente 9 gols marcados. O que se espera é que o Tricolor consiga no mínimo, ter um poder ofernsivo eficiente. Mas para que isso ocorra, o time terá que jogar em função de Zé Carlos.


*Erik Borges Vieira é jornalista e torcedor do Criciúma Esporte Clube