Canal Içara

Canal Içara

15 de outubro de 2019 - 21:47
Equipe de Içara lança campanha para disputar Olimpíada Internacional de Matemática
14/10/2019 às 09:23 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
A Escola de Educação Básica Professora Salete Scotti dos Santos pretende eliminar fronteiras para chegar a Olimpíada Internacional de Matemática. Foram ao todo três anos de trabalho para poder ter a vaga para o evento de 21 a 25 de novembro. A única limitação para a participação agora é financeira. Afinal, o custo estimado para levar três alunos do terceirão e duas professoras até a China está orçado em R$ 60 mil.

“É bem importante essa participação, pois contribui na formação destes alunos e professores, além de elevar a autoestima de toda a rede pública e valorizar o ensino da Matemática. Estamos em busca de ajuda com o Governo do Estado e empresas enquanto os estudantes criaram uma vaquinha para poderem ter condições de participar”, coloca a diretora Lilian Inácio da Silva Mendes. As doações podem ser feitas em www.vakinha.com.br.

Conforme a coordenadora do projeto na escola, Karine Mrotiskoski Calegari, esta foi a primeira participação dos alunos na Olimpíada Internacional Sem Fronteiras. E logo na estreia já teve resultados positivos. As provas aplicadas em abril culminaram na medalha estadual de bronze para as turmas de segundo ano do Ensino Médio e prata aos terceirões. Além de Karine, o desempenho contou com o empenho também da professora Karina Plácido em sala de aula.


A Escola Estadual Maria da Glória e Silva vai representar a Região Carbonífera no Prêmio IMA de Educação Ambiental. Com o projeto “Água: um banho de consciência”, os estudantes realizaram a conferência infanto-juvenil pelo meio ambiente na escola; atividades na semana da água sobre consumo e preservação; visita ao córrego local; participaram de palestras educativas, coleta seletiva do lixo e da recuperação de nascente com plantio de mata ciliar no horto florestal. As atividades ocorreram entre fevereiro de 2018 e maio de 2019.

“Tivemos como parceiros no projeto a Fundai, Casan, Ministério Público e o grupo de Escoteiros Djalma Scaravaco. Participaram também professores dos anos iniciais, professores de Química, Ciências e Educação Física”, completa a coordenadora, Maria Helena Machado Sorato. Ao todo, 510 alunos foram envolvidos nas atividades. Além do troféu, cada projeto vencedor vai receber R$ 1 mil para aprimoramento das ações em prol do meio ambiente. A cerimônia de premiação acontecerá no dia 20 de novembro no auditório da Celesc, uma das apoiadoras do concurso, em Florianópolis.


Içara tem 18 alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Astronomia
09/10/2019 às 17:15 | Redação | com a colaboração da Prefeitura de Içara
Dezoito alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Tranquilo Pissetti, do bairro Nossa Senhora de Fátima, foram premiados com dez medalhas de ouro, três pratas e dois bronzes na Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA). Além disso, outros três alunos receberam certificado de participação por se aproximarem das primeiras colocações. A entrega foi realizada na manhã desta quarta-feira, dia 9. Com o resultado, Içara ficou a frente de municípios catarinenses como Criciúma, Itajaí, Joinville e Chapecó.

“Trabalho na Rede Municipal desde 2015, quando conheci a OBA e desde então levo a proposta de participação às escolas em que eu trabalho. Esse evento apresenta um diferencial em relação ao tradicional da Geografia. Fomos agraciados e surpresos de participar pela primeira vez e garantir todas estas conquistas”, comemora o professor de Geografia, Renato de Bem Marcelino.

“Quando o professor nos trouxe a proposta, prontamente nos colocamos à disposição dando suporte, inclusive com aulas fora do horário escolar, pois acreditamos que o incentivo contribui para formação escolar e o currículo do aluno”, ressalta a diretora, Simone Réus da Silva. “Foi um grande aprendizado, uma grande lição que levaremos para nossa vida e participar dessas ações gera conhecimento” completa o aluno medalhista, do nono ano, Rafael Eugênio Frasson.

“O conhecimento, sem dúvida é o maior patrimônio que adquiridos e vamos levar por toda nossa vida”, frisa o vice-prefeito Sandro Giassi Serafin (MDB). “É uma competição diferente, por exemplo, da Olimpíada Brasileira de Matemática (Obmep), que já há o incentivo da participação. No caso da Astronomia nós também incentivamos, no entanto, a participação fica a critério da direção e professores da escola”, explica a secretária municipal de Educação, Gerusa Bolsoni.


Içara conquista seis premiações na fase microrregional do Festival Dança Catarina
09/10/2019 às 09:25 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Içara teve seis coreografias premiadas na etapa microrregional do Festival Dança Catarina. Os alunos da Escola Estadual Maria da Glória e Silva mantiveram a tradição de premiação. E desta vez brilharam ainda mais. Pela primeira vez na disputa de quatro categorias, eles venceram todas e garantiram ainda participação dupla em um dos pódios. Além disso, a Escola Professora Salete Scotti dos Santos ampliou o quatro de medalhas para a cidade. As apresentações e premiações ocorreram em Lauro Müller na noite desta terça-feira, dia 8.

Na categoria mirim, o título da EEB Maria da Glória e Silva foi garantido pela coreografia Minha História. Na disputa de dança livre infantil, os alunos do bairro Aurora venceram com a apresentação de Caretas. No estilo livre juvenil a conquista foi com Ainda Sobre Isso e Aquilo é Outro. Os estudantes somaram o primeiro e terceiro lugar em danças de salão juvenil. Já a Escola Salete Scotti dos Santos venceu com Guardiões da Terra em danças populares juvenil. As coreografias infantil, juvenil e dança de salão vão disputar a fase estadual no final do mês também em Lauro Müller.


Alunos apresentam espetáculos no 1º Festival Relâmpago de Teatro Estudantil
27/09/2019 às 14:31 | Redação | com a colaboração de Giovane Marcelino, da Prefeitura de Içara
Treze escolas da rede municipal e uma da rede estadual fizeram parte do 1º Festival Relâmpago de Teatro Estudantil (Fertil) nesta quinta e sexta-feira, dias 26 e 27. Cada escola teve um mediador para condução das sinopses escolhidas. E, de acordo com a secretária de Educação, Gerusa Bolsoni, o momento é de celebração. “Tivemos lindas apresentações na última semana – no Festival Revirado – e essa semana, após os professores assistirem as peças de teatro, conseguimos trabalhar com os alunos para que eles vivenciassem na prática como funciona um espetáculo. Nosso sentimento é de gratidão”, resume.

“São inspirações que podem fazer com que os alunos sigam essa arte e temos certeza que eles nunca mais vão esquecer o que aprenderam”, acrescenta o prefeito em exercício, Sandro Giassi Serafin (MDB). Ao final de cada apresentação foi realizado também um bate-papo com a plateia e um avaliador, neste ano, sob a responsabilidade do ator e diretor de teatro, Pepe Sedrez, de Blumenau. "Ações como essa são urgentes e necessárias, pois fomentam a formação de uma sociedade mais fraterna, justa e igualitária", coloca ele.

“Içara está na frente de muitas cidades no tangente da cultura. Ficamos felizes por estar participando deste grande momento”, pontua a atriz e uma das organizadoras do festival, Yonara Marques. A primeira edição do Fertil ocorreu em sequência ao terceiro Festival Nacional Revirado, organizado pelo Cirquinho do Revirado e a Prefeitura de Içara entre os dias 16 e 21 de setembro, com apresentações nos bairros e a noite na Praça da Matriz.


Divulgue as atividades também de sua escola. Envie as ações pedagógicas para jornalismo@canalicara.com