Canal Içara

 
24 de maio de 2022 - 01:52
#Cotidiano #Economia #Política #Segurança #Esportes +Leitor-repórter +Guia Içara
Cotidiano » Coronavírus Covid-19
Covid: 33.955 adultos receberam a primeira dose em Içara
Imunização da população acima de 18 anos continuará à medida em que mais vacinas chegarem ao Estado
01/09/2021 às 11:04 | Andreia Limas - andreia.limas@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
Atualizados até a manhã desta quarta-feira, dia 1, os dados do Vacinômetro mostram que 49.120 doses de vacinas contra a covid haviam sido aplicadas em Içara. Desse total, foram 33.955 em primeira aplicação, o equivalente a 59,31% dos habitantes do município, e 15.165 em segunda aplicação (26,49%).

O calendário estabelecido pelo Governo do Estado previa que até 31 de agosto toda a população adulta tivesse recebido pelo menos a primeira dose da vacina contra o coronavírus. Essa meta não foi alcançada, pois segundo a Secretaria de Saúde, Santa Catarina não recebeu o número de doses suficientes para vacinar 100% do público. Por isso, a imunização continuará à medida em que mais vacinas chegarem ao estado.

Para atender à eventual demanda das pessoas com idades acima de 18 anos que não tenham ainda recebido a primeira dose, o Centro de Vacinação de Içara, localizado na avenida Procópio Lima, na Praça do Imigrante, funcionará todos os dias, das 14 às 20 horas.

Segunda dose

Já a segunda dose está disponível na unidade onde o cidadão recebeu a primeira dose. Na remessa desta semana, o município recebe 1.090 doses do laboratório AstraZeneca/Fiocruz e 750 da Pfizer para completar os esquemas vacinais iniciados a partir do dia 10 de junho; 180 do laboratório Sinovac/Butantan para completar os esquemas iniciados a partir de 5 de agosto e mais 220 para completar os esquemas iniciados a partir do dia 10 de agosto.

Reforço

A aplicação da vacina aos adolescentes com idades entre 12 e 17 anos começou nesta quarta-feira, dia 1, e a intenção do Estado era iniciar também a aplicação da dose de reforço nos idosos com mais de 70 anos de idade e nos imunossuprimidos. No entanto, como na última distribuição o Ministério da Saúde enviou 110,7 mil doses apenas para segunda aplicação, o reforço iniciará somente nos municípios que tenham vacinas em estoque.

Para esse público, a orientação é destinar doses do fabricante Pfizer. Caso exista a disponibilidade de outras vacinas, poderão ser utilizadas, de maneira alternativa, aquelas de vetor viral, como as dos laboratórios Janssen ou AstraZeneca/Fiocruz. Neste caso, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC) realizará a recomendação conforme as remessas de vacinas.
Participe também com seus comentários

 COBERTURAS ESPECIAIS
últimas notícias

Conheça as marcas que potencializam o crescimento da cidade