Canal Içara

 
20 de maio de 2022 - 15:10
#Cotidiano #Economia #Política #Segurança #Esportes +Leitor-repórter +Guia Içara
Cotidiano » Coronavírus Covid-19
Covid: vacinação de adolescentes inicia em Içara
Atendimento começa às 14 horas, para o público entre 16 e 17 anos, sem comorbidades, e entre 12 a 17 anos, com comorbidades
01/09/2021 às 11:07 | Andreia Limas - andreia.limas@canalicara.com
Içara inicia nesta quarta-feira, 1 de setembro, a imunização contra a covid-19 de adolescentes de 16 e 17 anos sem comorbidades e jovens de 12 a 17 anos com comorbidades. O atendimento ocorrerá das 14 às 20 horas, no Centro de Vacinação, na Praça do Imigrante, por ordem de chegada, enquanto houver doses disponíveis.

Para a vacinação desse grupo, a única vacina autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) é a do fabricante Pfizer. Como não houve uma nova remessa de doses esta semana, a orientação da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado é de que os municípios utilizem as doses em estoque. A continuidade da imunização dependerá do envio de novas doses por parte do Ministério da Saúde.

Autorização

Os adolescentes sem um responsável acompanhando a vacinação devem apresentar autorização impressa, que pode ser retirada no site icara.sc.gov.br. Para os com comorbidades, é necessário apresentar também um atestado médico que comprove a condição. Confira a seguir a lista de comorbidades definidas no Plano Nacional de Vacinação.

Comorbidades:
• Diabetes mellitus e doenças metabólicas hereditárias (doença de Gaucher, mucopolissacaridoses e outras);
• Doenças pulmonares crônicas (asma grave, fibrose cística, fibroses pulmonares, broncodisplasias);
• Cardiopatias congênitas e adquiridas;
• Doença hepática crônica;
• Doença renal crônica;
• Doenças neurológicas crônicas (paralisia cerebral, doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular; deficiência neurológica grave);
• Imunossupressão congênita ou adquirida (incluindo HIV/Aids, câncer, transplantados de órgãos sólidos e medula óssea e pacientes em uso de terapia imunossupressora devido à doença crônica como doenças reumatológicas e doenças inflamatórias intestinais - Crohn e colite ulcerativa);
• Hemoglobinopatias (anemia falciforme e talassemia maior);
• Obesidade grave (IMC: escore z>+3);
• Síndrome de Down
Participe também com seus comentários

 COBERTURAS ESPECIAIS
últimas notícias

Conheça as marcas que potencializam o crescimento da cidade