Canal Içara

Canal Içara

21 de abril de 2021 - 13:33
Cotidiano » Coronavírus Covid-19
Estabelecimentos passam por fiscalização contra a covid-19 em Içara
27/02/2021 às 18:14 | Redação | com a colaboração do Governo de SC
Bares, restaurantes, academias, postos de combustíveis, igrejas e lotéricas de Içara passaram por ações de fiscalização da Polícia Militar desde o anúncio de novas restrições contra a covid-19 em Santa Catarina. E até o momento, nenhum estabelecimento precisou ser autuado por eventuais descumprimentos das medidas preventivas.

O decreto 1.172/2021 determina a suspensão de todas as atividades não essenciais das 23h de sexta-feira até às 6h de segunda-feira por dois finais de semana seguidos. Já o decreto 1168/2021 define atualmente as normas que serão aplicadas no restante dos dias por duas semanas. Entre as atividades restritas neste período estão casas noturnas e casas de espetáculos.

Durante a semana vale a limitação de 25% da capacidade em parques temáticos e zoológicos, cinemas e teatros, circos e museus e igrejas e templos religiosos. Em academias e centros de treinamento, piscinas de uso coletivo, clubes e quadras esportivas, shoppings centers e centros comerciais, além de restaurantes, cafeterias, pizzarias, casas de chás, casas de sucos, lanchonetes, confeitarias, padarias e afins o funcionamento tem limitação das 6h às 23h59.

O funcionamento de agências bancárias, correspondentes bancários, lotéricas e cooperativas de crédito somente poderá ocorrer durante a semana com atendimento individual, controle de entrada e monitoramento do distanciamento de 1,5m entre as pessoas. A utilização de parques, praças, jardins botânicos, balneários, faixa de areia de praias e demais espaços públicos estão proibidos no fim de semana, mas liberados nos outros dias sem aglomeração.

“Na quarta-feira, deslocamos para 85 cidades 500 novos soldados que estavam trabalhando na Operação Veraneio. Tivemos algumas interações de fiscalização mais acentuadas nesta noite justamente no momento das 23h, quando as pessoas ainda estavam em estabelecimentos. Mas não tivemos nenhuma ação que se transformasse em uma ação policial”, pontua o comandante geral da Polícia Militar de Santa Catarina, Dionei Tonet.
+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

últimas notícias