Canal Içara

 
20 de maio de 2022 - 14:34
#Cotidiano #Economia #Política #Segurança #Esportes +Leitor-repórter +Guia Içara
Cotidiano » Coronavírus Covid-19
Içara recebe mais 1,2 mil doses de vacina contra a covid-19
Vacinas do laboratório Sinovac/Butantan devem ser utilizadas para primeira aplicação
06/09/2021 às 11:21 | Andreia Limas - andreia.limas@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
A Secretaria de Estado da Saúde distribuiu aos municípios no sábado, dia 4, mais um lote de vacinas fornecidas pelo laboratório Sinovac/Butantan, para serem utilizadas em primeira aplicação. Para Içara, foram destinadas 1.210 doses, para a continuidade da vacinação dos grupos prioritários que ainda não receberam o imunizante; da população adulta em geral por faixa etária e dos trabalhadores industriais.

Conforme o levantamento realizado pela Gerência de Doenças Infecciosas Agudas e Imunização (Gedim) na semana passada, 129 municípios catarinenses ainda necessitavam de vacinas para concluir a imunização da população com mais de 18 anos de idade. A atualização mais recente feita pelo município mostra que já foram aplicadas 52.099 doses das vacinas contra a covid em Içara. Desse quantitativo, 35.280 pessoas tomaram a primeira dose e 16.819 já receberam também a segunda dose.

Nesta segunda-feira, dia 6, o município dará continuidade à aplicação da segunda dose. As vacinas da Pfizer serão para quem fez a primeira dose no dia 12 de junho. Já a Coronavac é destinada para quem se vacinou nos dias 4 e 5 de agosto. A aplicação ocorrerá no Centro de Vacinação, localizado na Praça da Juventude, das 14 às 20 horas. O atendimento será por ordem de chegada e se estenderá enquanto houver doses disponíveis.

ADOLESCENTES - Içara também iniciou a vacinação dos adolescentes na semana passada, mas as doses em estoque se esgotaram na quinta-feira, dia 2. Assim, o município aguarda nova remessa da Pfizer para dar sequência à imunização desse grupo. De acordo com o Estado, as vacinas para pessoas entre 12 a 17 anos, bem como para a aplicação de uma dose de reforço em idosos acima de 70 anos e pessoas com imunossupressão, serão encaminhadas assim que o Ministério da Saúde enviar novas remessas.
Participe também com seus comentários

 COBERTURAS ESPECIAIS
últimas notícias

Conheça as marcas que potencializam o crescimento da cidade