Canal Içara

 
20 de maio de 2022 - 14:48
#Cotidiano #Economia #Política #Segurança #Esportes +Leitor-repórter +Guia Içara
Cotidiano » Coronavírus Covid-19
Redistribuição diminui número de vacinas destinadas a Içara
Inicialmente, estavam previstas 1.210 doses contra a covid nesta remessa, mas município terá apenas 420 para primeira aplicação
06/09/2021 às 22:24 | Andreia Limas - andreia.limas@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
A Secretaria de Estado da Saúde promoveu uma redistribuição das vacinas fornecidas pelo laboratório Sinovac/Butantan que seriam utilizadas em primeira aplicação. Com isso, em vez das 1.210 doses previstas nesta remessa, Içara terá apenas 420 para dar sequência à vacinação dos grupos prioritários; da população adulta por faixa etária e dos trabalhadores industriais.

Em nota, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE/SC) informou que a medida foi tomada depois que a Anvisa determinou a interdição cautelar de lotes da Coronavac, proibindo a distribuição e uso de lotes envasados em local de fabricação não aprovado na Autorização de Uso Emergencial do Imunizante.

Sem esses lotes, houve a necessidade do remanejamento e vacinas que seriam usadas como primeira dose precisarão ficar reservadas para a segunda dose, garantindo que os esquemas vacinais iniciados sejam concluídos.

A DIVE explica que a interdição cautelar é uma medida de precaução realizada pelos órgãos de vigilância sanitária, que visa proteger a saúde da população quando são identificados indícios de irregularidade no processo de fabricação de um produto. Neste caso, a Anvisa não identificou nenhum relatório de inspeção emitido por outras autoridades de referência, o que se caracteriza como uma irregularidade que precisa ser solucionada antes do produto ter sua utilização autorizada.

Interdição de lotes

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica identificou o recebimento de 2.100 doses, em 27 de julho, de um dos lotes interditados cautelarmente (L202106038). Desse total, 293 doses foram distribuídas para as Centrais Regionais de Rede de Frio de Lages (40 doses), Xanxerê (252 doses) e Chapecó (uma dose). As demais 1.807 doses estão armazenadas na Central Estadual de Rede de Frio e não serão distribuídas.

Ainda, outras 190.600 doses referente ao lote 202108114H foram entregues pelo Ministério da Saúde na noite do último sábado, dia 4. As vacinas desse lote também estão armazenadas na Central Estadual e não serão distribuídas até o Estado receber novas orientações.

Os lotes já distribuídos e/ou aplicados estão sendo rastreados pelas equipes técnicas responsáveis e serão monitorados e controlados até definição da Anvisa. Os usuários que receberam vacinas dos lotes interditados devem ser acompanhados durante 30 dias para avaliação de possíveis eventos adversos.
Participe também com seus comentários

 COBERTURAS ESPECIAIS
últimas notícias

Conheça as marcas que potencializam o crescimento da cidade