logo logo

Curta essa cidade!

HUB #IÇARA

Venha fazer também a diferença!

Comunicação + Conteúdo + Conexões

Acessar
Cotidiano

SOS Rio Grande do Sul: Campanha da Unesc entra em nova fase

Interessados em contribuir com os gaúchos podem fazer doações via Pix para o email doe.rs@unesc.net

Compartilhar:

Desde o início das cheias no Rio Grande do Sul, a Unesc não interrompeu o movimento solidário nem por um minuto. A campanha SOS Rio Grande do Sul começou assim que os primeiros alertas da Defesa Civil foram emitidos, mobilizando imediatamente a Universidade e toda a comunidade.

Passada a primeira fase, na qual foram enviadas mais de mil toneladas de donativos ao estado gaúcho, neste momento a Universidade adota uma nova estratégia para arrecadação e uso de doações via Pix. “Esse método nos permite utilizar os recursos de forma mais eficiente, atendendo de maneira precisa às necessidades específicas de cada comunidade”, acrescentou Pedro Hilário, um dos organizadores da Campanha.

Para contribuir e fazer doações via pix, basta enviar qualquer valor para a chave doe.rs@unesc.net.

Diferentes necessidades

No primeiro momento de alerta, muitas pessoas estavam desalojadas e desabrigadas, e foi então que iniciaram as mobilizações nos supermercados de Criciúma. A população local contribuiu trazendo mantimentos à Unesc, que rapidamente se tornou um ponto de referência para encaminhar doações ao Rio Grande do Sul.

“Inicialmente, os pedidos eram principalmente por roupas, cestas básicas, alimentos de consumo rápido e materiais de higiene. Embora essas necessidades ainda existam, agora percebemos uma mudança nos pedidos: as pessoas precisam limpar e reconstruir suas casas e cidades”, enfatizou uma das coordenadoras da Campanha, Tatiane Macarini.

Conforme a reitora Luciane Bisognin Ceretta, o compromisso da Universidade é contínuo. “Desde o início das cheias, a Unesc não mediu esforços para ajudar as famílias afetadas, transformando este desafio em uma verdadeira lição de cidadania e solidariedade. Nossa Universidade comunitária sempre se comprometeu com esses valores, e é emocionante ver como, juntos, podemos fazer a diferença. A arrecadação e distribuição desses donativos é um testemunho da força e união de nossa comunidade”, disse Luciane.

“Agora, com a implementação das doações via Pix, estamos ainda mais preparados para atender de forma eficiente as necessidades específicas de cada família. Continuaremos a trabalhar incansavelmente para ajudar na reconstrução das vidas e cidades atingidas, reafirmando nosso compromisso com o bem-estar e a esperança dos nossos irmãos gaúchos”, afirma Luciane.

A intenção, conforme os coordenadores do SOS Rio Grande do Sul, é avaliar junto às famílias afetadas quais são as maiores necessidades e, a partir disso, direcionar os recursos arrecadados via Pix para atender esses objetivos específicos.

“A Fundação Educacional de Criciúma (Fucri), mantenedora da Unesc, irá destinar, com responsabilidade e transparência, toda contribuição financeira para as famílias afetadas pelas cheias no Rio Grande do Sul”, finalizou Hilário.

Serviços

Além do envio de mantimentos, a Unesc está oferecendo uma série de serviços gratuitos para os afetados pelas cheias. Entre eles estão a inscrição ou emissão de segunda via do CPF, preenchimento e envio da Declaração do Imposto de Renda, e auxílio nas obrigações fiscais de MEI.

A solicitação para agendamento pode ser realizada via WhatsApp pelo número (48) 3431-2678, das 14h às 18h. Os serviços serão prestados de forma online pelo curso de Ciências Contábeis e Núcleo de Apoio Contábil e Fiscal (NAF), em parceria com a Receita Federal. A força-tarefa vai até 30 de junho.

A Universidade também está planejando outras ações para apoiar as comunidades atingidas, incluindo atendimento psicológico remoto e presencial, serviços odontológicos em uma unidade móvel, preparação de alimentos saudáveis e planejamento de recuperação das cidades afetadas.

Além disso, a Unesc está promovendo uma mobilização especial na Farmácia Solidária para arrecadar medicamentos. As comunidades interna e externa pode contribuir com doações de medicamentos com validade mínima de três meses. A Biblioteca Professor Eurico Back, da Universidade, também está recebendo doações de livros.