Canal Içara

 
06 de dezembro de 2022 - 02:41
#Cotidiano #Economia #Política #Segurança #Esportes +Leitor-repórter +Guia Içara
Economia » Indicadores de Içara Indicadores de Içara
Içara bate mais um recorde nas exportações
Até outubro, foram exportados quase US$ 59 milhões, diante de US$ 52 milhões negociados no mesmo período de 2021, até então a maior marca
22/11/2022 às 14:53 | Andreia Limas - andreia.limas@canalicara.com
Içara comemora mais um recorde batido nas exportações. Entre janeiro e outubro, o volume exportado por empresas içarenses chegou a US$ 58.984.562, diante de US$ 52.041.524 negociados no mesmo período de 2021, até então a maior marca registrada na série histórica iniciada em 1997. Nesse comparativo, o aumento foi de 13,34%.

Os dados do Comex Stat, sistema disponibilizado pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, também mostram que, entre os cinco meses nos quais houve o maior volume exportado por Içara na história, quatro são de 2022. Em setembro, as exportações somaram US$ 7.644.807, superando o recorde anterior, de US$ 7.026.103, registrado em maio deste ano. Em agosto, o total foi de US$ 6.862.150 e, em julho, de US$ 6.536.738.

Já as importações saltaram de US$ 13.993.778 no acumulado dos dez primeiros meses de 2021 para US$ 24.650.718 em 2022, crescimento de 76,15% nessa comparação. Isso explica por que, mesmo com a alta nas exportações, a balança comercial apresenta redução de 9,76% entre um ano e outro.

O superávit até outubro de 2021 fechou em US$ 38.047.746, contra US$ 34.333.844 em 2022. Ainda assim, o saldo deste ano é o terceiro maior da série histórica, atrás também dos US$ 34.447.852 contabilizados entre janeiro e outubro de 2017.

Região Carbonífera

Na Região Carbonífera, Içara tem o segundo maior superávit deste ano entre os 12 municípios. Forquilhinha lidera, com saldo de US$ 103.092.871. Porém, a balança comercial da região segue deficitária, em US$ 102.620.299, com US$ 427.233.552 em exportações e US$ 529.853.851 em importações no período.

Produtos

Os insumos para as indústrias da cerâmica, do esmalte e do vidro continuam liderando a lista de produtos mais exportados por Içara, com US$ 18.640.332 negociados até outubro, o equivalente a 31,60% do total. A seguir, vêm os reboques e semirreboques para veículos, com US$ 15.868.866 (26,90%) e o mel natural, com US$ 13.179.032 (22,34%).

Também são para as indústrias da cerâmica, do esmalte e do vidro os produtos mais importados, com US$ 9.463.659 negociados este ano, representando 38,39% do total. O setor industrial ainda importou US$ 4.231.744 em polímeros para a fabricação de plásticos (17,17%) e US$ 1.972.134 (8,00%) em barras de ferro ou aço para o segmento metalmecânico.
Participe também com seus comentários

 COBERTURAS ESPECIAIS
últimas notícias

Conheça as marcas que potencializam o crescimento da cidade