Canal Içara

Canal Içara

05 de junho de 2020 - 09:54
Economia »
O mundo tornou-se, ainda mais, VUCA!
31/03/2020 às 08:00 | Deinyffer Marangoni
Se você trabalha com tecnologia, inovação ou esteve presente em algum evento de empreendedorismo nos últimos dois anos, certamente já ouviu a expressão VUCA. Este termo, já utilizado popularmente no mundo corporativo, ganhou ainda mais força neste período de coronavírus.

Não é para menos, este termo surgiu pós Guerra Fria, nos anos 90, devido à incerteza e a complexidade que o mundo viveria nos anos seguintes. Até então, o termo era pouco conhecido e só ganhou popularidade (principalmente no ambiente dos negócios) no ano de 2008, devido à crise econômica global, decorrente da grande “bolha imobiliária” nos Estados Unidos.

Aqui estamos, mais uma vez, em um mundo à deriva, sem rumo, muito volátil (Volatility), que muda a todo tempo, cada vez mais incerto (Uncertainty), altamente difícil e complexo (Complexity) de prever e gerir qualquer cenário, o que torna todas as nossas decisões ambíguas (Ambiguity), ou seja, não há uma resposta certa para nossas questões, sempre há dois ou mais caminhos possivelmente certos. Um exemplo? O que é certo fazer neste momento: isolamento total das pessoas (lockdown horizontal) para preservar a saúde e travar a economia do país, ou isolar apenas os grupos de riscos (lockdown vertical) a fim de preservar a economia, sem saber, ao certo, o que acontecerá com a saúde?

Bem-vindos(as) ao mundo VUCA, que o seu nome se origina do acrônimo dos termos em inglês citados acima. Você até pode ter uma resposta e se posicionar favorável para uma das questões acima (saúde x economia), mas há inúmeras outras questões que, no fundo, irá fazer você repensar: será que, realmente, é a melhor opção?

Neste contexto ou em qualquer outra situação de dúvidas na tomada de decisão dentro das empresas, nunca haverá uma resposta 100% certa. O que realmente importa é que a decisão tomada faça sentido e traga eficiência para os envolvidos em questão, ou pelo menos para a grande maioria, seja os colaboradores de uma empresa ou a sociedade como um todo.

Empresas que desejam sobreviver e colaboradores que não querer perder seus empregos com esta pandemia precisam, urgentemente, mudar seu modelo de pensar (mindset) – uma pausa aqui para falar que eu não sou Coaching - , repensar seu modelo de negócios e ter pessoas a frente que atualizem suas competências de acordo com as necessidades do momento, garantindo o aprendizado de forma rápida e contínua, para lidar com a crise e sair na frente (ou pelo menos juntos, pois o momento é de solidariedade, mas nunca atrás).

Para fechar, este como qualquer outro conteúdo que trago semanalmente, é para te trazer ideias, ferramentas e te ajudar a ter insights de como poderá ser, ou como tornar a sua empresa, melhor. Entretanto, não me aprofundo nos temas, apenas trago conceitos, até porque o objetivo da coluna é que você adquira conhecimento de forma rápida e fácil, durante sua visita ao Canal Içara. Por isso te convido a buscar mais conhecimento e informações (positivas) sobre tudo o que vimos de conteúdo aqui, para sairmos mais fortalecidos após toda esta pandemia do coronavírus. Que busquemos por mais soluções e não problemas.

EVENTOS:
Todos adiados devido ao coronavírus e aguardando novas datas. =/
Deinyffer Marangoni é formado em Administração, atua como executivo da Associação Empresarial de Içara e docente na Faculdade do Vale do Araranguá.
+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias