Canal Içara

Canal Içara

29 de outubro de 2020 - 15:37
Política » Eleições 2020
Eleição 2020: entrevista com Alex Ferreira Michels
01/08/2020 às 08:30 | Redação
Alex Ferreira Michels, empresário, de 37 anos, é natural de Içara, casado com a Araceli, pai da Alicia e do José. Tem formação técnica em mecânica pela Satc, é fundador e já presidiu a Associação dos Jovens Empreendedores de Içara. Foi membro do Conselho Municipal de Segurança, é ex-diretor da Acii e foi vice-presidente do Conselho Estadual do Jovem Empreendedor de Santa Catarina (Cejesc). Também foi membro do Conselho Nacional do Jovem Empreendedor. Atualmente Alex Michels é vereador (primeiro mandato) e membro do Lions Clube. Em 2020 é também pré-candidato a prefeito pelo PSD.

“Eu sou pré-candidato porque a cidade de Içara não pode voltar ao passado. Os içarenses viram como é possível fazer de Içara uma cidade destaque. Hoje, a região inteira olha para Içara como a cidade que mais se desenvolve. Nossa cidade pode seguir em frente e melhorar em vários aspectos. Mas, pra isso, não podemos voltar a discutir a picuinha da rivalidade política, resumindo Içara a uma discussão sobre vermelho ou azul. Ninguém quer saber dos problemas pessoais ou dos projetos individuais de poder de um ou outro candidato. O içarense quer mesmo é saber quem pode fazer a cidade avançar ainda mais. Com uma gestão eficiente, com novas ideias e com alguém capaz de unir a cidade”, indica.

Como você se define atualmente quanto pré-candidato e cidadão?
Defendo gestão pública eficiente. Sou recente na política içarense e trago algumas convicções da atuação na minha própria empresa. Como a crença de que é possível e necessário fazer mais com menos, fazer gestão economizando na máquina pública pra investir na cidade e nas pessoas. Como cidadão, coloco essas convicções em prática. Logo neste meu primeiro mandato, enquanto presidente da Câmara de Vereadores, priorizei os cortes de gastos e foi possível economizar mais de R$2,5 milhões dos cofres públicos. Tenho orgulho de mostrar aos meus filhos que não dependemos de política para sobreviver, mas que podemos dar a nossa contribuição para a cidade. Minha pré-candidatura tem esse objetivo.

Como avalia o momento político nacional, estadual e municipal?
Em tempos de pandemia, tudo ficou nebuloso, rápido e confuso. Está muito difícil separar a Covid-19 dos gestores públicos, então vejo que o presidente Bolsonaro, o governador Moisés e o prefeito Murialdo estão na maior prova de fogo das suas vidas. A política está em um dos seus momentos mais desafiadores e eu confesso que estou animado com isso. O cidadão está mais exigente, antenado, troca informações em uma velocidade incrível e não engole mais nenhum tipo de enrolação. Isso beneficia aqueles que tem passado limpo e boas intenções porque, quem tem algo a esconder, certamente terá dificuldades de enfrentar uma eleição nos tempos atuais.

Qual o conceito de cidade você idealiza para Içara?
Içara descobriu a vocação para os negócios e entrou no mapa de grandes grupos empresariais. Intensificar a vinda de novas empresas para cá e dar suporte para aquelas que aqui estão poderem crescer ainda mais, é o modelo que acreditamos. Não só por uma questão econômica, mas porque são os pequenos, médios e grandes negócios que geram emprego e garantem renda para as famílias. Logo após a pandemia, teremos que trabalhar muito para reconquistar os vários postos de trabalho que estão ameaçados por conta da crise. Fora a questão do trabalho e renda, a qualidade de vida é fundamental e nós precisamos intensificar o debate sobre parques públicos e cuidados com o meio ambiente, para que a nossa cidade evolua do ponto de vista da sustentabilidade.

Como você observa Içara atualmente e como enxerga daqui a quatro anos?
É necessário reconhecer o quanto a cidade avançou nos últimos anos. Hoje, toda a região se pergunta como a nossa cidade cresceu tanto a ponto de ser a referência regional em desenvolvimento e geração de empregos. O que eu desejo para os próximos anos é que Içara tenha um prefeito que saiba reconhecer erros e acertos da atual gestão. Saiba corrigir algumas questões, como enxugar o tamanho da máquina pública. Mas também tenha sabedoria de dar continuidade ao que vem dando certo, como as pavimentações, o apoio ao Hospital São Donato e o desenvolvimento econômico. Se a próxima gestão focar na picuinha, na miudeza de encerrar projetos pelo simples fato de não gostar do prefeito Murialdo, Içara estará fadada a voltar aos velhos tempos.

Qual o estilo de gestão você considera adequado para Içara?
Gestão inovadora, transparente e focada em resultados. É necessário tratar a coisa pública com o mesmo comprometimento que tratamos nossos negócios pessoais. Isso garante que não haja desperdício e nem desvios de dinheiro, garante que o gestor acompanhe de perto o resultado que cada área está dando e tome as medidas necessárias para que a cidade seja administrada com mais eficiência. Você conhece os principais pré-candidatos a prefeito de Içara e pode se perguntar: qual desses é empreendedor e consegue entender a necessidade de fazer gestão eficiente? Quem pensa de forma inovadora e moderna e não enxerga a máquina pública como uma oportunidade de empregar cabos eleitorais? Quem tem condições de unir a cidade?

Quais os cinco principais valores você pretende levar consigo na pré-campanha?
O principal deles é uma pré-campanha limpa, honesta e respeitosa. Eu me nego a entrar em jogo sujo de puxar tapete, de sabotar um adversário, de criar Fakenews. Içara precisa ser discutida de forma séria e responsável. Quando começar a velha política e o jogo baixo, espero que o eleitor reaja de forma implacável. O jeito novo de fazer política pauta meus valores nessa pré-campanha: ética, compromisso, responsabilidade, austeridade e respeito.

Quais os critérios necessários para que outros partidos e pessoas também estejam junto com você no projeto eleitoral?
Nossa convicção nessa pré-campanha é de que precisamos unir Içara. Quem não tiver um projeto pessoal de poder, quem não tiver olhando a cadeira de prefeito como uma profissão e a prefeitura como uma oportunidade de ganhar dinheiro, será muito bem-vindo. Todos que desejam discutir a cidade, as alternativas para a crise, as formas de melhorar a nossa qualidade de vida e os interesses coletivos são muito bem vindos. Eu não sou o pré-candidato dos conchavos políticos, da compra de voto, da compra de cabos eleitorais, dos esquemas obscuros. Eu sou o candidato que propõe trazer inovação e tecnologia pra Içara, que está disposto a encontrar as formas mais criativas de superar os problemas da cidade e de cada içarense.

Neste momento, qual a mensagem você gostaria de deixar aos eleitores?
Pare e pense como já foi a nossa cidade. Não faz muito tempo que a gente era fonte só de notícias negativas. Isso aconteceu num tempo em que as brigas políticas eram mais importantes que a cidade. Que pensar no adversário político era mais importante que melhorar a vida das pessoas. Você vai lembrar que muita gente que já deu sua contribuição para a cidade continua pensando em poder, em projetos pessoais. Eu sei que sou novo na política, mas sou empreendedor e tenho experiência em gestão. Também tenho grandes profissionais ao meu lado, dispostos a fazer uma gestão pública eficiente. Já provei na Câmara de Vereadores como é possível fazer diferente. Mas quem vai decidir se Içara volta aos velhos tempos ou segue em frente é você.

As perguntas que compõem a entrevista realizada pelo Canal Içara foram encaminhadas a todos os pré-candidatos de conhecimento do portal. As respostas ficaram limitadas a aproximadamente 700 caracteres, a publicação ocorreu por ordem alfabética pelo nome, ambas no mesmo horário, além disso, a imagem vinculada também foi uma escolha de cada participante.
+ Política
Participe também com seus comentários

últimas notícias