Canal Içara

Canal Içara

29 de outubro de 2020 - 14:02
Política » Eleições 2020
Eleição 2020: entrevista com Arnaldo Lodetti Júnior
01/08/2020 às 08:30 | Redação
Arnaldo Lodetti Júnior é natural de Içara, tem 60 anos e reside na cidade desde que nasceu. Sua história é marcada pelo trabalho desde cedo. Começou a trabalhar aos 14 na extinta Cesaca. Depois, já formado como técnico em Contabilidade trabalhou no escritório da rede Giassi Supermercados. Arnaldo já foi empresário, gerente da Cooperaliança, tesoureiro, secretário de Finanças, de Obras e de Planejamento, todos em Içara. Em 2020, por sua experiência e conhecimento, foi escolhido pelo MDB onde está filiado há mais de uma década, para disputar a majoritária na eleição municipal. “O trabalho é minha principal marca”, indica.

Como você se define atualmente quanto pré-candidato e cidadão?
Sou um apaixonado, um entusiasta de nossa cidade e aficionado por estudá-la, entendê-la e planejar seu crescimento. E isso é o que me motiva a ser prefeito. Sou aquele cara que acorda cedo e ama trabalhar. Por esse meu perfil, de estar envolvido e inserido no dia a dia da cidade, acompanho de perto sua evolução. A experiência que adquiri ao longo dos anos e o conhecimento da gestão pública são fundamentais para reorganização da cidade neste momento de pandemia. Seja como gestor, como pré-candidato ou como cidadão, sempre me dediquei muito para dar minha contribuição pra cidade. É assim que quero ser lembrado um dia.

Como avalia o momento político nacional, estadual e municipal?
A política é feita por pessoas e sempre será reflexo do que estas pessoas pensam. Não há como ser diferente. O que hoje podemos perceber é uma maior participação de quem antes não tinha interesse na política e vejo isso como positivo. É sinal de que começaram a entender que não adianta ficar acomodado, apontando defeitos. Política é dedicação do próprio tempo, é se informar, fiscalizar. Só assim as coisas melhoram. Mas também se vê hoje muito do que não é positivo, que é o discurso de ódio, a polarização, o extremismo. São coisas que não agregam e nos atrasam. O diálogo e a democracia precisam estar acima de qualquer coisa, sempre.

Qual o conceito de cidade você idealiza para Içara?
Uma grande cidade, tecnológica e com participação do cidadão. Uma cidade onde as pessoas sintam-se inseridas na comunidade. Onde cada um tenha poder de decisão sobre aquilo que será investido no seu bairro. Içara precisar refletir sua grandeza no cenário regional, estadual e nacional. Precisa usar seu crescimento como vetor para seu desenvolvimento social. Uma cidade que cria oportunidade para o cidadão e onde o governo tem o papel de ser um incentivador de bons negócios e que devolva ao cidadão serviços de qualidade em todas as áreas.

Como você observa Içara atualmente e como enxerga daqui a quatro anos?
A gestão do MDB colocou Içara em um novo patamar em diversas áreas. A cidade cresceu muito nos últimos anos e a tendência é se consolidar como segunda força econômica no Sul do Estado. Temos um ensino básico que é referência. Na infraestrutura, a pavimentação era um grande anseio e hoje a área urbana da cidade já está quase totalmente pavimentada. A região agrícola recebeu pavimentações importantíssimas. O centro da cidade foi melhorado. Resolveu-se o problema das cheias na Avenida Procópio Lima e em outros pontos da cidade. A macrodrenagem do Rio Três Ribeirões saiu do papel. Hoje a Içara é outra, ninguém pode negar. E espero que no futuro ela encontre as soluções para o que ainda não foi resolvido, que possa profissionalizar mais o seu cidadão e dar a ele mais oportunidades de crescimento.

Qual o estilo de gestão você considera adequado para Içara?
A administração precisa trazer o cidadão para participar das decisões, sejam elas envolvendo toda a cidade ou só os bairros. O cidadão precisa ter ciência do que acontece ao seu redor e como está sendo utilizado o seu imposto. A exemplo do que o prefeito Jairo realizou em Balneário Rincão, com o Orçamento Comunitário, queremos fazer algo semelhante em Içara. Também não podemos perder nossa característica, que é o da realização. Criar mecanismos para termos mais qualidade e velocidade na conclusão das obras. Que os resultados cheguem mais rápido e com menor custo.

Quais os cinco principais valores você pretende levar consigo na pré-campanha?
Muito trabalho e fé. Com transparência, honestidade e inovação.

Quais os critérios necessários para que outros partidos e pessoas também estejam junto com você no projeto eleitoral?
Içara precisa de boas ideias, de pessoas que pensem a cidade, que contribuam com o coletivo e que dê voz as pessoas. Queremos a participação de todo cidadão que agregue e se dedique de verdade, todos os dias, não apenas “da boca pra fora”, em época de eleição.

Neste momento, qual a mensagem você gostaria de deixar aos eleitores?
Você que ainda não me conhece, saiba que aqui está um servidor da cidade. Alguém que dedicou sua vida a trabalhar e conhecer Içara. Que se preparou e que quer dar a sua contribuição. Um homem que se dedica e que vai dedicar cada minuto do seu tempo para a construção de uma grande cidade. Quero ver Içara grande e tenho certeza de que com a ajuda de cada cidadão podemos sonhar alto e fazer uma gestão modelo, com participação popular, tecnologia e muito trabalho.

As perguntas que compõem a entrevista realizada pelo Canal Içara foram encaminhadas a todos os pré-candidatos de conhecimento do portal. As respostas ficaram limitadas a aproximadamente 700 caracteres, a publicação ocorreu por ordem alfabética pelo nome, ambas no mesmo horário, além disso, a imagem vinculada também foi uma escolha de cada participante.
+ Política
Participe também com seus comentários

últimas notícias