Canal Içara

Canal Içara

10 de agosto de 2020 - 23:02
Política » Eleições 2020
Eleição 2020: entrevista com Dalvania Cardoso
01/08/2020 às 08:30 | Redação
Dalvania Cardoso é natural de Içara, nasceu em Urussanga Velha e criou-se em Lombas, tem 45 anos, é professora universitária, graduada em Administração de Empresas, Tecnóloga em Administração Pública e fez MBA em Gestão de Pessoas. Atuou em seis prefeituras da região com função administrativa e foi candidata a prefeita na eleição de 2016, obtendo 34%, com 10.484 votos dos içarenses. Em 2020, está agora entre os nomes para a eleição municipal pelo Progressistas. “São 12 anos. Tá na hora de mudar. Alternância de poder faz bem à democracia e à cidade", indica.

Como você se define atualmente quanto pré-candidata e cidadã?
Experiente, preparada tecnicamente, com pulso, firmeza e vontade para administrar com dignidade, sem projetos mirabolantes. Contrária ao aumento de taxa, imposto, multa de estacionamento, tudo que mexa no bolso do cidadão. Abomino corrupção. Zelo pelo dinheiro público e pelo “ser uma pessoa de palavra”.... Trabalhei em seis prefeituras, se fosse de rolo, estaria rica ou presa. Aprendi com a eleição de 2016 a estar sempre presente em tudo que era coletivo nas comunidades. Não dá pra fazer politica de pijama dentro de casa e só aparecer na eleição.

Como avalia o momento político nacional, estadual e municipal?
As pessoas estão preocupadas com a pandemia, não com a política. Sofremos insegurança na saúde, na economia, na vida. As pessoas não vão votar em quem não conhecem, mesmo sendo uma eleição na era da internet, o prefeito não será virtual! Precisamos de um Plano de Recuperação no pós pandemia, por exemplo, para os conteúdos da Educação para as crianças, para as empresas e microempresas se reerguerem. No cenário politico nacional é lamentável não podermos medir o quanto iríamos avançar ou não, com o Governo do Bolsonaro. No cenário estadual, votaram no novo, inexperiente da onda e se atrapalharam e as velhas raposas tentam retomar. No cenário municipal, o prefeito cumpriu seu papel, está findando um projeto de 12 anos, dispensaram o Sandro que era o candidato mais forte deles , racharam o time político e o povo quer mudança.

Qual o conceito de cidade você idealiza para Içara?
Idealizo uma cidade em que o crescimento dela possa representar melhoria na vida das pessoas. Não dá pra cidade crescer e o povo continuar passando pelas mesmas dificuldades de 30 anos atrás, como filas na madrugada para ir ao médico, ou esperar seis meses por um exame; ou ter que brigar por uma vaga na creche para deixar o filho para poder trabalhar; ou o empreendedor desistir por causa da burocracia, ou ainda, atolar caminhão na estrada do agricultor. Se a cidade cresce, a cidade tem que ser boa pra quem vive nela! O cidadão e a cidade precisam crescer juntos.

Como você observa Içara atualmente e como enxerga daqui a quatro anos?
Podemos ser o Pólo Industrial do Sul. Precisamos a exemplo do Rincão, que virou-se para o mar, que é sua maior riqueza; precisamos aproveitar o potencial da nossa maior riqueza, a BR-101, para a instalação de indústrias e prestação de serviços, que gerem renda, emprego e tragam "dinheiro novo" para movimentar o comércio e fazer desenvolver a cidade. Estamos de costas para a BR. Emprego melhora a vida das pessoas! A maioria das pessoas só consegue fazer uma faculdade e se profissionalizar depois de ter uma oportunidade de trabalho. Enxergo uma cidade que precisa mexer no seu ponto crítico, o atendimento em Saúde. Motivar, valorizar os servidores, ter fluxograma dos serviços com prazos máximos, e facilitar para que as pessoas não precisem andar tanto em busca do atendimento.

Qual o estilo de gestão você considera adequado para Içara?
Gestão "enxuta", moderna e rápida: pessoa certa no lugar certo, sem acobertar quem não trabalha; processos enxutos, menos burocráticos e resultados avaliados pelos gestores e pela população do que realmente funciona, do que vale a pena! Usando mais a tecnologia! As obras com planejamento, prazo, começo, meio e fim. Tudo com muita transparência e participação comunitária! Precisamos resgatar o valor da participação das entidades, das associações de bairro, das lideranças voluntárias, dos clubes de serviços nas decisões da cidade.

Quais os cinco principais valores você pretende levar consigo na pré-campanha?
Pré - campanha limpa, digna, silenciosa, democrática, sem negociatas ou amarras politicas, com verdade nos propósitos, levando informações verdadeiras sobre a situação da cidade, ouvindo muito as pessoas para apresentarmos o melhor time para nossa Içara.

Quais os critérios necessários para que outros partidos e pessoas também estejam junto com você no projeto eleitoral?
Partidos que não estejam atrelados a atual administração da Prefeitura. Pessoas que queiram mudança, que queiram o bem da cidade, que queiram um novo time no comando. O PP se renovou e é o único partido que não esteve na prefeitura nos últimos 12 anos.

Neste momento, qual a mensagem você gostaria de deixar aos eleitores?
São 12 anos. Tá na hora de mudar! Alternância de poder faz bem à democracia e à cidade. Não deixa criar os ninhos, nem os donos das cadeiras. Novas ideias, outras pessoas para comandar nossa Içara e atender nosso povo com uma máquina enxuta, trabalhando muito e conhecendo bem os problemas do município! Queremos que as pessoas tenham a oportunidade de estudarem, de trabalharem, de progredirem na vida, de serem felizes! Se a cidade cresce, você merece crescer também, viver bem nela!

As perguntas que compõem a entrevista realizada pelo Canal Içara foram encaminhadas a todos os pré-candidatos de conhecimento do portal. As respostas ficaram limitadas a aproximadamente 700 caracteres, a publicação ocorreu por ordem alfabética pelo nome, ambas no mesmo horário, além disso, a imagem vinculada também foi uma escolha de cada participante.
+ Política
Participe também com seus comentários

últimas notícias