Canal Içara

Canal Içara

20 de outubro de 2020 - 09:16
Política » Eleições 2020
Entre 15 vereadores de Içara, sete não vão disputar a reeleição em 2020
25/09/2020 às 10:59 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
Dos 15 vereadores titulares na Câmara Municipal de Içara, sete não estarão na disputa pela reeleição. Isso significa que a renovação partirá de 46,6% das vagas disponíveis para a próxima legislatura. Com a previsão de quase 180 candidatos ao Legislativo este ano, cada cadeira terá em média 12 postulantes no pleito de 2020.

Na lista de despedida do Poder Legislativo estão dois nomes que vão avançar à disputa majoritária. Alex Ferreira Michels (PSD) aparece na condição de pré-candidato a prefeito na aliança Nossa Coligação É Com As Pessoas e Valdelir Darolt (PSDB) como pré-candidato a vice na coligação Içara Não Para

Já Antônio de Mello (sem partido), Lauro Nogueira (PT), Márcio Dalmolin (PSDB), Márcio Realdo Toretti (MDB) e Rodrigues Mendes (MDB) não aparecerão nas urnas. Ambos foram procurados pelo Canal Içara entre quinta e esta sexta-feira, dias 24 e 25, para relatarem o novo momento e abaixo estão as declarações dadas por aqueles que atenderam ao portal.


Alex Ferreira Michels (PSD)

A política por vocação traz esse novo jeito de fazer as coisas, dar o exemplo e abrir espaço para as pessoas boas participarem da política. O desafio de romper paradigmas e participar de uma eleição contra duas pessoas que já estão na vida pública a muitos anos, quase sempre juntos, é a vontade de mostrar que temos um jeito diferente de fazer as coisas. Gestão eficiente para investir mais nas pessoas.


Antônio de Mello (sem partido)

Depois de uma trajetória vitoriosa, com cinco mandatos de vereador conquistados com apoio popular, chega o momento de dar oportunidade para renovação. A vida segue e os jovens precisam de oportunidades para mostrar suas qualidades. Tive participação em muitas conquistas comunitárias, seja em obras de pavimentação, abertura de rodovias, construções de escolas, postos de saúde, capela mortuária e tantas outras. Tive a oportunidade de ser oposição e situação, mantendo sempre a postura de votar de acordo com a minha opinião. Fiz muitas indicações, requerimentos, moções e projetos de lei. Meu gabinete esteve sempre aberto e o mais frequentado por populares durante todos os anos.

Estive presente com expediente no gabinete para atender a população entre treze e quinze horas durante a todas as semanas. Tive durante todas as eleições a aprovação popular com a ampliação do número de votos a cada eleição, dessa forma avalio meu trabalho como positivo. Na última eleição municipal, decidi que não seria mais candidato a vereador e apoiar um jovem para dar continuidade. A hora chegou e apresento Elias de Mello Ferreira, 27 anos, advogado, apaixonado por política e com muito futuro. Vou trabalhar para que um jovem assuma o parlamento içarense e coloque suas ideias e propostas para ajudar Içara a crescer e se desenvolver proporcionando qualidade de vida as pessoas que aqui residem.


Lauro Nogueira (PT)

Essa renovação será importante para a Câmara. Eu particularmente não disputarei, pois sou professor universitário e neste momento é uma prioridade. Da mesma forma, quero fazer o doutorado. Estou com 62 anos e não teria como conciliar. Um terceiro motivo que me fez não disputar é a tristeza de ver Içara num momento de renovação, que a gente quer fazer algo diferente, ter se mostrado tão ruim na votação. Eu particularmente agradeço os 1360 votos como candidato a deputado estadual. Mas fico triste pela opção da maioria pela linha de direita, que nunca viram e nunca trouxeram nada para a cidade. Me considero na contramão e não me sinto mais disposto a continuar.


Márcio Realdo Toretti (MDB)

Fui eleito em 2012 e reeleito em 2016 com uma importante votação. Tenho muito orgulho de ter participado da revolução que vimos no município de Içara neste período. Colocamos a cidade no caminho certo. Foram muitas obras e realizações. Hoje temos uma infraestrutura excelente.

Estive sempre atendendo as necessidades do Poder Executivo para que as obras não parassem. Nunca virei as costas para ninguém. Me sinto realizado quando consigo ajudar. Quem me conhece, sabe disso. Agora será a hora de abrir novas oportunidades.

Eu sou de alto risco, tenho problema de pressão alta, asma e sou diabético. Eu não teria condições de disputar a eleição. Estou isolado sob recomendação médica. Estou apostando nessa gurizada. Espero não me decepcionar com a renovação que teremos. Que todos trabalhem para Içara crescer cada vez mais.


Valdelir Darolt (PSDB)

A vida é feita de desafios, agora ainda maior na condição de pré-candidato a vice-prefeito. Isso é fruto de um trabalho de vereador por dois mandatos e de secretário de Agricultura por três anos. Agora poderei trabalhar com ainda mais força, ajudando nas necessidades do nosso município. Tive o prazer de ser a pessoa escolhida pelo meu partido, o PSDB, para disputar a majoritária. E o que mais me fez não disputar a reeleição é a condição de pré-candidato a vice do Arnaldo, uma das pessoas mais preparadas para administrar essa cidade. É difícil a obra que não tem a mão dele. Tenho certeza que faremos uma ótima administração.

Vamos dar continuidade ao belo trabalho realizado pelo Murialdo e Sandro e fazer com que Içara cresça ainda mais. Continuarei fazendo o que sempre fiz: ouvir as pessoas, pois é das comunidades que recebemos as demandas. Quero ser vice-prefeito para somar e ajudar ainda mais. O nosso maior partido é Içara. Agradeço a todos os partidos coligados: PT, PCdoB, PDT e MDB. Todos defenderam meu nome e isso torna o compromisso ainda maior. Serei um representante da Agricultura, mas não deixarei de acompanhar todas as outras pastas.
+ Política
Participe também com seus comentários

últimas notícias