Canal Içara

Canal Içara

26 de maio de 2019 - 02:09
Política » Eleições 2018
O combate a corrupção inicia na hora do voto
04/10/2018 às 08:42 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
O combate a corrupção não depende apenas da escolha de candidatos ficha limpa, mas também dos eleitores utilizarem o poder que possuem com responsabilidade. “O voto é a materialização da democracia. Escolher seu representante é um ato de extrema responsabilidade e importância. Se temos uma classe política, em boa parte, de baixa qualidade, é porque votamos, em boa parte, com má qualidade”, coloca o promotor Marcus Vinicius de Faria Ribeiro.

“O eleitor deve definir seus critérios para escolha dos candidatos. Dentre esses critérios entendo ser fundamental pesquisar se o candidato não está sendo processado ou foi condenado por atos de improbidade ou delitos. Ora é evidente que o candidato que não é ficha limpa fez uma má gestão porque descumpriu as regras mais básicas que todo servidor público tem que respeitar: de legalidade, de moralidade administrativa”, acrescenta.

“Quem não respeita as regras básicas tem tudo para se tornar um corrupto. E a corrupção mata: tira dinheiro que seria usado para compra de medicamento; de cirurgias; tira dinheiro que seria usado para melhorar uma estrada perigosa; prejudica a educação e leva jovens para o mundo do crime”, alerta. Ao todo, cada eleitor deverá escolher seis candidatos no próximo domingo: deputado federal, deputado estadual, governador, presidente e dois senadores.

Use o voto com responsabilidade

1. Desconfie de quem lhe oferece vantagens para votar em um candidato. É uma questão lógica: quem oferece ajuda agora é quem vai buscar a devolução do favor ou quem vai tratar o mandato como balcão de negócios; Além de vantagens, nem pense em vender o voto! Além de ser crime (pra quem vende e pra quem compra), o preço que todo o povo paga por esse tipo de corrupção é altíssimo.

2. Busque eleger candidatos que tenham um passado limpo e que sejam comprometidos com a democracia. O passado e processos judiciais dos candidatos pode ser facilmente consultado pela internet, como por exemplo nos sites: unidoscontraacorrupcao.org.br ou www.politicos.org.br, dentre tantos outros.

3. Dedique um tempo para escolha dos parlamentares (deputados e senadores), pois são tão importantes quanto os cargos de presidente e governador. E lembre que para deputados escolher o partido/coligação é fundamental, pois quanto mais votos aquele partido ganha, mais deputados elege.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas