Canal Içara

Canal Içara

28 de outubro de 2020 - 20:22
Cotidiano »
Estudante propõe substituir agrotóxicos por própolis no plantio da batatinha
10/11/2006 às 08:59 | J.Triches / Unesc
Cerca de 70% dos produtos consumidos na mesa do brasileiro são oriundos da agricultura familiar, que tem sofrido com a seca, o corte na exportação dos suínos e o uso dos agrotóxicos. Uma das formas de começar a reverter este quadro, e garantir mais saúde aos consumidores, é substituir o uso dos defensivos agrícolas por formulações caseiras como própolis, calda bordalesa (cal virgem mais sulfato de cobre) ou preparados homeopáticos.

A proposta é do estudante de agronomia da Udesc, Luiz Paulo Rauber, que apresentou sua pesquisa Uso de Compostos Homeopáticos para o Controle de Doenças e Pragas da Batata hoje à tarde na Unesc, durante o IV Seminário de Grupos de Pesquisa e II Seminário de Iniciação Científica da Acafe. Ele é orientando da professora Maria Inês Boff. Sua pesquisa vem sendo desenvolvida há um ano. Para ele, a substituição de agrotóxicos por remédios caseiros não agressivos e não residuais, como o própolis, caso venha a ser encampada pelos pequenos agricultores, representará a quebra de um paradigma (modelo).

"A proposta é transferir para o plantio da lavoura o mesmo equilíbrio dado pela homeopatia ao corpo humano", diz.
+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

últimas notícias