Canal Içara

Canal Içara

07 de agosto de 2020 - 05:51
Cotidiano » Vestibular
Vestibular: confira dicas de português!
12/11/2008 às 10:05 | www.gramaticaonline.com.br
Mais uma vez as provas do vestibular estão chegando. Por isso, que tal dar uma revisada em algumas regrinhas. Confira algumas do professor Dílson Catarino, que leciona gramática na 3ª série do ensino médio e no cursinho pré-vestibular do Colégio Maxi, em Londrina (PR):


DICA: PRONOMES O, A, OS, AS

Os objetos diretos podem ser representados pelos pronomes o, a, os, as. Por exemplo:
- Quanto àquela dívida, se não a pagar até amanhã, será processado.
- Ela me entregou o convite pessoalmente. Agradeci-o comovido. (agradeci o convite)
- Queridos alunos, informo-os de que a prova será difícil.
- Levei sua bolsa para casa e a esqueci lá.

Os objetos indiretos encabeçados pela preposição a podem ser representados pelos pronomes lhe, lhes. Por exemplo:
- Fala-se muito das leis, mas ninguém lhes obedece.
- Ela me entregou o convite pessoalmente. Agradeci-lhe comovido. (agradeci a ela)
- Queridos alunos, informo-lhes que a prova será difícil.
- Custou-lhe acreditar em mim.

Os verbos assistir (ver), aspirar (Almejar), visar (almejar), aludir (referir-se), referir-se e anuir (conceder), apesar de serem transitivos indiretos, com a preposição a, não admitem o uso de lhe(s). No lugar destes, usam-se a ele, a ela, a eles, a elas. Por exemplo:
- Já me falaram muito desse filme, mas ainda não assisti a ele. (e não ainda não lhe assisti)


DICA: DE ENCONTRA A... OU AO ENCONTRO DE?

Um dia antes do jogo de futebol entre as seleções brasileira e boliviana, em Goiânia, todos os jornais noticiaram a proibição de a torcida assistir aos treinos da nossa seleção. A comissão técnica do selecionado alegou que agiram a pedido dos próprios jogadores, que se sentiam pressionados pelo fato de a turba não parar de gritar pela convocação de Romário. Alguns veículos de comunicação atribuíram ao Sr. Antônio Lopes, coordenador técnico da Seleção Brasileira, a seguinte frase: "o pedido dos atletas foi aceito porque veio de encontro ao que a comissão técnica queria".

Muito bem. Aqui entraremos com a gramática. A frase atribuída aos Sr. Antônio Lopes diz exatamente o contrário do que ele pretendia, pois "de encontro a" significa, segundo o Dicionário Houaiss "no sentido oposto a", e "ir ou vir de encontro a" significa "estar em desacordo com".

A intenção dele era dizer que a comissão técnica concordava com o pedido dos jogadores; o adequado seria, então, usar a expressão "ir ou vir ao encontro de". Veja, então, as seguintes frases com os respectivos significados:

- "O pedido dos atletas veio de encontro ao que a comissão técnica queria" = A comissão técnica é contra o pedido dos atletas.

- "O pedido dos atletas veio ao encontro do que a comissão técnica queria" = A comissão técnica é favorável ao pedido dos atletas.


DICA: HORÁRIO

Na Língua Portuguesa, a representação de horas não é efetivada com a utilização de dois-pontos nem com vírgula (17,30), e sim com a abreviação da palavra hora, que é h, sem ponto final (nunca hs nem hrs).

A representação de minutos é realizada com a abreviação da palavra minuto, que é min, sem ponto final. Portanto abreviam-se as horas desta maneira: 12h, 12h30min, 14h22min. Mas, a abreviação min é dispensável, pois claro está que aquilo que vem após as horas são os minutos. veja exemplos:
- Às 17h30min, iniciar-se-á a palestra da psicóloga Zilah Brandão.
- Às 17h30, iniciar-se-á a palestra da psicóloga Zilah Brandão


DICA: A CRASE

Frei Betto em Londrina: "Eu sou igual as freiras". Essa era uma das manchetes de um grande jornal da região de Londrina, cidade onde moro há mais de quarenta anos. Lida em voz alta, a frase, aparentemente, não apresenta problema algum, pois a inadequação está na ausência do acento indicador de crase.

O internauta deve ter percebido que insisto em escrever acento indicador de crase, e não simplesmente crase. A explicação se encontra no fato de crase ser um fenômeno, e não o nome do acento. Crase é a fusão, ou contração, de duas vogais idênticas, é a junção da preposição a com o artigo feminino a, ou as.

Por exemplo: O verbo assistir, no significado de ver, exige a preposição a (Quem assiste, assiste a algo); se o complemento de assistir for, por exemplo, as peças teatrais desse diretor, deveremos colocar o artigo as. Teremos, então: Assisti às peças teatrais desse diretor. Confira mais dicas sobre a crase:

- Só ocorre o acento indicador de crase diante de palavras femininas, com exceção de quando estiver subentendida a expressão maneira de ou moda de. Por exemplo: Roupas à Clodovil = Roupas à moda de Clodovil.

- Se surgir verbo indicador de destino (ir a algum lugar, vir a algum lugar, voltar a algum lugar, chegar a algum lugar, cair a algum lugar, comparecer a algum lugar, dirigir-se a algum lugar. Esses verbos não admitem a preposição em), substitua-o por outro que indique procedência (vir de algum lugar, voltar de algum lugar, chegar de algum lugar...). Se, na substituição, surgir da, coloca-se o acento indicador de crase diante da indicação de destino. Por exemplo: Vou à Bahia, com o acento, pois Venho da Bahia; Cheguei a São Paulo, sem o acento, pois Venho de São Paulo.

- Se não houver verbo indicador de destino, substitua a palavra feminina por outra masculina. Se, na substituição, surgir ao, coloca-se o acento indicador de crase diante da palavra feminina. Por exemplo: Obedeço às regras, com o acento, pois Obedeço aos regulamentos; Conheço as regras, sem o acento, pois Conheço os regulamentos.


DICA: PROCURE MAIS SOBRE GRAMÁTICA

Acesse o site do professor Dílson Catarino e confira mais dicas para o vestibular: www.gramaticaonline.com.br
+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

últimas notícias