Canal Içara

Canal Içara

29 de novembro de 2020 - 08:16
Economia » Coronavírus Covid-19
Tecnologia desenvolvida em Içara é oferecida para 700 mil alunos da rede pública
08/04/2020 às 16:02 | Redação | com a colaboração de Tânia Giusti, da assessoria
Uma solução desenvolvida pela Portabilis Tecnologia beneficiará estudantes da rede pública. A empresa içarense reuniu todos os esforços do time para melhorar a comunicação com os alunos durante o enfrentamento do coronavírus. “De casa, e na plataforma i-Diário (ferramenta utilizada para planejamento das aulas e acompanhamento da frequência escolar), os educadores terão acesso a um novo recurso: o Publicações. Por ele, conseguirão enviar vídeos, links, documentos ou imagens para que os seus alunos acessem de casa e realizem atividades”, enfatiza a analista de vendas da Portabilis, Vanessa Canalle.

“Lançamos esta novidade e disponibilizamos para nossos clientes sem nenhum custo. Nosso objetivo é minimizar os impactos da suspensão de aulas e auxiliar para que as crianças e adolescentes continuem aprendendo, mesmo de casa”, completa. A liberação foi feita para 74 municípios que utilizam o Software Público i-Educar. Se acatada na maioria das cidades, beneficiará até 700 mil alunos e 30 mil professoras de 4 mil escolas. “Basta contatar nosso suporte, que fará os procedimentos necessários. Já a divulgação dos links de acesso para a comunidade escolar, fica a cargo de cada município”, explica.

Para os alunos terem acesso, precisam de uma senha e usuário que são fornecidos pelo sistema. As atividades podem ser acessadas de qualquer computador ou tablet. Além disso, pais ou responsáveis tem permissão para verificar, além das atividades postadas pela escola, os boletins escolares. “É uma solução mais rápida e que não terá custos para as Secretarias de Educação. E o início de uso será imediato, uma vez que os educadores já estão acostumados com o i-Diário. Nós também criamos vídeos tutoriais de como eles podem postar os conteúdos para os alunos, facilitando a adesão”, pontua.
+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias