Canal Içara

Canal Içara

28 de setembro de 2020 - 17:56
Política » Eleições 2020
Cenário para a eleição é definido por três coligações em Içara
16/09/2020 às 18:07 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
As convenções partidárias reduziram oito pré-candidaturas ao Poder Executivo a três chapas oficialmente formadas para o pleito de 2020. Será o mesmo número de coligações da última eleição municipal. Mas desta vez, as alianças não valerão para a disputa proporcional. E neste caso, o número de candidatos a vereador deve disparar no comparativo com 2016. A eleição anterior teve 49 candidatos ao Legislativo. Agora serão mais de 180, um número que ainda poderá variar devido a necessidade de deferimento dos registros.

Agora, os partidos terão até 26 de setembro para requisitar o registro das candidaturas. Já no dia 27 de setembro poderão iniciar a propaganda. Excepcionalmente neste ano, devido a pandemia, a campanha poderá ocorrer até 14 de novembro e a eleição acontecerá em 15 de novembro. Em Içara, os 40,5 mil eleitores irão às urnas de 7h às 17h (considerando o horário local). Das 7h às 10h o atendimento será preferencial para pessoas acima de 60 anos, que fazem parte do grupo de risco para o coronavírus.

Alex Michels (PSD)
"Nossa chapa não fez uma coligação politiqueira. Ao invés disso, demos um recado claro pra Içara. Chega dessa história de juntar partidos políticos pra contar os votos de cada um e chegar ao poder. Nossa aliança é com as pessoas. Içara já sentiu o gosto do progresso, de ver a cidade se desenvolver e ninguém quer voltar ao passado. Alex e Bia são a renovação, mas também representam segurança e responsabilidade. Temos experiência por criarmos nossos negócios e não depender da política pra sobreviver. Experiência de atuação social, seja nas ações comunitárias ou no mandato de vereador que proporcionou economia do dinheiro público. Alex e Bia representam muita coisa, só não representa o atraso, a velha política que por muitos anos prejudicou a nossa cidade”.

Arnaldo Lodetti (MDB)
“Formamos uma coligação forte. São partidos que fazem parte do atual governo, que defendem os resultados obtidos até agora e estão preparados com bons candidatos a vereadores para buscar a vitória no dia 15 de novembro. A nossa experiência e determinação para trabalho nos asseguram que iremos fazer uma grande eleição e consequentemente o prosseguimento aos trabalhos executados pela administração que se encerra em 31 de dezembro de 2020”.

Dalvania Cardoso (PP)
“Mantivemos aquilo que sempre defendi, que é uma política sem loteamentos e sem barganha política. Estamos com renovação, mas sem amadorismo. Criamos uma chapa pura, mas não isolada. Como regra, todos os partidos não podem estar no governo, nem estiveram. Unimos a oposição com o propósito de mudança. O Jandir Soratto traz para a chapa a imagem da maturidade, uma visão empresarial, que veio para contribuir com a cidade. Nossos candidatos a vereador também são novidade. Dos 23 nomes do Progressistas, 19 não disputaram ainda a eleição. Durante quatro anos, andei muito pela cidade e ouvi muito as pessoas. Entendo que era isso que as pessoas almejavam e estamos apresentando essa alternativa. Agora é como uma plantação: o sol nasce para todos e a chuva desce para todos. Cada um deve fazer a sua plantação e colheita”.
+ Política
Participe também com seus comentários

últimas notícias