Canal Içara

Canal Içara

23 de novembro de 2020 - 19:52
Política » Eleições 2020
Voz Única: candidatos apresentam propostas ao setor econômico de Içara
26/10/2020 às 22:29 | Redação | com a colaboração de Lucas Lemos, da Inoova Comunicação
As entidades que representam o setor econômico de Içara se uniram e, juntas, abriram espaço para os candidatos ao Poder Executivo nesta segunda-feira, dia 26. Pela sequência, Alex Michels (PSD), Arnaldo Lodetti (MDB) e Dalvania Cardoso (PP) tiveram 30min para apresentar propostas de campanha alinhadas ao instrumento de participação coletiva utilizado para fomentar o desenvolvimento da cidade, o Voz Única 2020.

A cartilha organizada pela Associação Empresarial em parceria com o Sindilojas, a Câmara de Dirigentes Lojistas, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais e também a Via Gastronômica de Içara foi o centro do encontro, nesta edição, limitado aos presidentes, mas também transmitido pelo YouTube da Acii. O documento na íntegra pode ser acessado em bit.ly/CartilhaVozÚnica2020.

Ao todo, as entidades formaram 10 eixos gerais e reuniram quase 80 pleitos específicos dos seus associados. Além disso, também interrogaram cada candidato(a) sobre o papel que terão, como representantes do setor econômico, na tomada de decisões e no planejamento municipal pelo crescimento sustentável local.


“As entidades vão trazer o olhar clínico para ações que o governo e a gestão pública em alguns momentos não consegue perceber", indica Alex Michels (PSD). A ideia é ampliar a participações com conselhos que, além da atuação temática, ficarão responsáveis pela indicação do secretário de Desenvolvimento Econômico.

“A construção de um plano de recuperação pós-pandemia tem que ter a participação de todos”, lembra Arnaldo Lodetti (MDB) ao falar da proposta de conceder mais espaço para a sociedade e reduzir o número de representantes do Governo Municipal nos conselhos, além de promover novos temas, por exemplo, para a ocupação no entorno da BR-101.

“Não tem como a cidade crescer se não trabalharmos em parceria com as entidades do setor econômico”, pontua, por vez, Dalvania Cardoso (PP). O projeto é promover a gestão participativa também com associações comunitárias e entidades que movimentam a cidade, em sua maioria, de forma voluntária.
+ Política
Participe também com seus comentários

últimas notícias