Canal Içara

Canal Içara

22 de abril de 2019 - 23:41
Cotidiano » Movimento pelo distrito de Vila Nova
Perímetro de distrito deverá ser detalhado
23/10/2013 às 12:57 | Lucas Lemos com informações de Diego dos Santos, da Prefeitura de Içara
A dragagem do Rio dos Porcos, o término do Centro de Artes e Esportes Unificados, realização de drenagens, pavimentações, travessias na SC-445, a construção de um novo Centro de Educação Infantil, além da criação do distrito são as prioridades da comunidade de Vila Nova. As reivindicações foram repassadas ao Governo Municipal na noite desta última terça-feira, dia 22. O evento convocado pelos vereadores Pedro Mazzuchetti (PMDB) e André Jucoski (PSDB) ocorreu no Centro Comunitário.

No caso do distrito, a proposta é envolver 38,9 quilômetros quadrados dentre Espigão, Lombas Pedreiras, Sanga Funda, Rio dos Anjos, Barracão, Jussara, Ana Eliza, Linha Zili e Ausentes. Mas ainda há divergência sobre o perímetro. “Alguns locais não estão bem nítidos. É preciso realizarmos uma discussão bem esclarecida, pois este é um detalhe fundamental para realização do projeto”, colocou o morador, Antônio Gomes Magagnin.

“É importante que a equipe técnica elabore um novo material para que a comunidade observe com maior clareza e aí sim chegarmos a um consenso, com muita transparência”, solicitou o prefeito Murialdo Gastaldon. “Todo detalhe faz diferença”, frisou o vice Sandro Giassi Serafim.

Quanto ao desassoreamento do Rio dos Porcos, a espera agora é pelo licenciamento ambiental. “Até 50 metros pode-se fazer sem estudo ambiental. Pela extensão superior, é preciso o estudo esmiuçado da área, já iniciado pela Fundai”, destacou o presidente da Fundação Municipal do Meio Ambiente, Eduardo Rocha. Enquanto isso, a perspectiva é que a criação de novas redes de drenagem inicia ainda neste mês. “Obras mais complexas serão feitas a partir do próximo ano, já que necessitam de projetos topográficos e de engenharia”, revelou o presidente do Sistema Autônomo Municipal de Água e Esgoto, Tomaz Manoel Cardoso.

No caso das travessias na SC-445, a responsabilidade recai então sobre o Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra). “Estudamos algumas possibilidades, mas tivemos os pedidos negados pelo Deinfra. Vamos buscar novas alternativas”, explica o secretário de Planejamento, Israel Jorge Rabelo. O bairro tem previsto para 2014 também a construção de uma creche e das pavimentações. “A grande Vila Nova foi contemplada com a segunda carta de pavimentação do Programa de Aceleração do Crescimento. As obras que seguem a todo vapor na região central da cidade chegam a localidade dentro de alguns meses”, garantiu a secretária de Articulação, Marli de Faveri.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas