Canal Içara

Canal Içara

15 de maio de 2021 - 23:46
Economia »
Andréia Limas: Otimismo é a palavra do ano na economia
06/01/2021 às 07:15 | Andreia Limas - andreia.limas@canalicara.com
Embora os números oficiais sobre o desempenho dos diferentes setores da economia em 2020, em termos de produtividade, movimentação, geração de empregos e renda, devam ser divulgados apenas no decorrer deste mês, já é possível afirmar que tivemos um estrago bem menor do que o projetado em decorrência da pandemia de coronavírus.

Na verdade, a reação começou antes do que se previa e alguns índices alcançaram patamares até maiores na comparação com os registrados antes da crise. Mas é preciso esperar o fechamento dos dados de dezembro para confirmar se a tendência de recuperação se manteve e se o saldo terminou positivo. Segundo representantes do setor produtivo da Região Carbonífera, o desempenho foi além do esperado, alimentando o otimismo de que 2021 será ainda melhor.

Destaque

E, nesse cenário, Içara é o grande destaque da região. Nos últimos quatro anos, foram abertas 3.163 empresas na cidade, de microempreendedores individuais a companhias de grande porte. Somente em 2020, foram cerca de 1,3 mil aberturas, média superior a 100 por mês. Crescimento maior, inclusive, na comparação à média dos anos anteriores. Além da concessão de benefícios fiscais para a atração de novas empresas, o município tem a seu favor uma situação privilegiada em termos de logística, com a proximidade da BR-101, do porto de Imbituba e do aeroporto regional de Jaguaruna. A esses fatores ainda se junta o custo da energia elétrica, uma das tarifas mais baixas praticadas no país.

Projeção

O município está preparado para o crescimento também a partir de 2021. Apenas no Condomínio Empresarial Luiz Henrique da Silveira, serão 35 terrenos prontos para receber novas empresas. Em seu plano de governo, a prefeita Dalvania Cardoso destaca o desenvolvimento econômico, “com foco no potencial da cidade dos modais, BR-101, ferrovia e rodovias, as quais facilitam a instalação e ampliação de empresas”.

Outros pontos estão ligados à educação: implantação de programa de qualificação profissional; implantação do ensino da língua inglesa, da educação financeira e do empreendedorismo nas séries iniciais. Ou seja, a intenção é investir na formação dos novos trabalhadores e empreendedores.

Empregos

Junto com o aumento nas receitas do município, por meio dos impostos arrecadados, o estabelecimento de empresas é sinônimo de geração de empregos e renda. De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), Içara liderou a oferta de empregos com carteira assinada na Região Carbonífera em 2020, com 1.569 novas vagas abertas entre janeiro e novembro. A cidade responde por duas de cada cinco vagas criadas na região, que acumulou 5.091 novos postos de trabalho formal no período.

Além disso, entre os 45 municípios que formam o Sul catarinense – considerando ainda o Extremo Sul e a região de Laguna –, a Capital Catarinense do Mel ocupa o segundo lugar, perdendo apenas para Jaguaruna, que criou 1.909 vagas, desempenho puxado por contratações em massa na área da saúde no mês de setembro. Enquanto Içara vem registrando saldo positivo ao longo dos meses e em diferentes setores da economia.

Recuperação

Ainda em relação à recuperação dos diferentes setores econômicos, tenho comentado neste espaço que a primeira – e maior – reação veio da indústria, tendência que deve se manter ainda nos primeiros meses deste ano, segundo os analistas de mercado. Mas o comércio também reagiu e, em Içara, o volume de vendas do Natal já foi maior do que o registrado em 2019. As compras no crediário aumentaram 2% e o índice deve subir com o acréscimo das compras à vista e o cômputo dos pagamentos em cartões de crédito e débito.

Material escolar

Para o comércio, o início de ano também representa um período de vendas em alta, devido à procura por material escolar. Porém, em 2021, os lojistas não estão muito confiantes. Com as aulas presenciais substituídas pelo ensino virtual, muitos itens não foram usados no ano passado e poderão ser reaproveitados pelos estudantes. E com a indefinição sobre o retorno às escolas, os pais devem adiar as compras do que for necessário. Por isso, comerciantes de Içara estão esperando o aumento da demanda para renovar os estoques.

+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias