Canal Içara

Canal Içara

28 de outubro de 2020 - 03:06
Esportes »
Equipes içarenses buscam títulos inéditos nas olimpíadas estaduais
22/06/2007 às 09:37 | Lucas Lemos | jornalagoraonline.com.br
As vagas já estão garantidas, agora é só treinar. Assim seguem os trabalhos técnicos das duas equipes que partem em agosto para as Olimpíadas Estudantis de Santa Catarina (Olesc). Tanto a equipe feminina de handebol, quanto à de basquete, buscam colocações inéditas na competição.

Conforme o técnico da equipe de Handebol, Antônio Lalau, Içara já chegou ao quarto lugar da Olesc, há seis anos atrás, com a equipe de basquete. “Este anos buscamos uma colocação melhor, e para isto estamos iniciando os treinos”, completa Lalau.

As posições em que cada atleta atuará, já estão quase definidas, porém o suspense será mantido até que a equipe esteja preparada para as partidas. Conforme o técnico, estão disponíveis para a posição de pivô, Tâmara Guetner, Maria Helena Raicik (atual capitã), Isabela, Biatriz Brígido e Alessandra. Para a função de armadora, podem fazer parte do quadro de titulares as atletas, Tairini Marcelino, Ana Paula da Silveira, Géssica Martinhago e Daniela Lino. Garantidas na equipe, sendo as únicas a jogarem em suas posições, Pâmela Arns e Cristina Correa serão as atletas que ocuparão as vagas disponíveis para a cobertura das laterais. Das 11 atletas, quatro não são içarenses, porém também disputaram as etapas de classificação da competição, representando outras cidades.

Na equipe de handebol, o time já está formado. No gol, Bruna Burato é quem defende a equipe dos chutes adversários à rede. Nas laterais, Bruna CPR e Nathani são as escolhas do técnico Martinho Mrotskoski. Na armação, Mônica, Bruna Cameler e Renata Borges dividem a posição. Como pivô da equipe, Taís Passeto é quem joga pelo time içarense. No banco, mais sete meninas também compõe a equipe. “Esta é a primeira vez que vamos tão longe neste campeonato. Isto é uma nova experiência para mim e para as meninas, que no próximo ano, também devem continuar a jogar pela cidade. Somente duas não poderão jogar a Olesc, devido a idade”, revela Martinho.

Devido aos jogos da etapa regional da Olesc, que terminaram na quarta-feira, dia 13, as meninas além de conquistarem o terceiro lugar na competição, ganharam duas semanas para a recuperação. De acordo com o técnico, “as atletas mudaram o placar de 7 a 2 para o Forquilhinha, com muita garra e de virada, para os 9 a 8, a favor de Içara”. “Após o período de recuperação, as atletas treinarão por um mês, duas vezes por semana. A partir de julho, os treinos passarão a ser mais puxados e deverão acontecer em até três vezes por semana”, destaca ele.

As olimpíadas estaduais estão marcadas para serem realizadas, de 3 a 11 de agosto, em Rio do Sul.
+ Esportes
Participe também com seus comentários

últimas notícias