Canal Içara

Canal Içara

16 de dezembro de 2019 - 22:24
Cotidiano »
Alfabetizar: um novo horizonte com o aprendizado da escrita e da leitura
16/11/2019 às 22:02 | Simone Luiz Cândido
Crianças começam a expressar seus sentimentos balbuciando, cantando depois desenhando. E quando vão à escola através da escrita. É algo lindo de ver quando uma criança começa reconhecer as letras, tentando formar palavras, depois frases. As primeiras palavras escrita ainda em caixa alta. Ver seu nome escrito traz sorrisos em seus rostos.

Professores que ajudam a moldar seres ainda muito pequenos ensinam que escrever é algo libertador. Assim podemos expressar sentimentos, podemos ler e refletirmos sobre aquilo que lemos.

O professor moldar quinze, vinte alunos e percebe que todo seu esforço se tornou realidade é muito emocionante. No início do ano eram apenas poucas palavras escritas demoradamente. Ao fim do ano já sabem ler escrevem, ainda que seja com a grafia errada, mas estão alfabetizados. Faltam apenas alguns ajustes e logo no próximo ano conseguirão escrever com a grafia correta.

Olhando para nossos filhos durante esse aprendizado nos traz alegrias imensas. Ver que aos poucos o desafio vai desaparecendo. Estar junto com eles incentivando a leitura faz muito bem a eles e também para nós. Vimos ali à memória de nosso aprendizado.

Observando minha filha de sete anos, a princípio demorava um pouco para ler, juntava vagarosamente as sílabas tentando compreender as palavras. Hoje já quer escrever, contar histórias percebeu que sabendo ler e escrever pode expressar seus sentimentos.

Já não lhe basta só o ler agora tenta interpretar a leitura. Incentivo sempre a leitura sem medo de errar, pois todos erram e ela está só começando.

Aos queridos professores que alfabetizam seus alunos com tanta dedicação, nossa eterna gratidão. Das letras de caixa alta até a leitura e interpretação. Seguimos nosso lindo caminho com um novo horizonte através da alfabetização.
Simone Luiz Cândido é voluntária na causa adoção de crianças e adolescentes; já participou de três antologias com suas crônicas, além disso, ama escrever reflexões sobre a vida cotidiana, eternidade, amor e convivência.
+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas