Canal Içara

Canal Içara

07 de agosto de 2020 - 06:06
Cotidiano »
Bárbara Moro: saiba como lidar com a insegurança
02/08/2020 às 09:47 | Bárbara Moro
A insegurança é um sentimento que está muito presente no nosso dia a dia, pode ser saudável e nos ajuda desenvolver habilidades, ou seja, é normal se sentir inseguro em determinadas situações, porém quando esse sentimento é paralisante e trás limitações é um sinal vermelho de que está precisando de ajuda.

A insegurança pode ser manifestada através do medo, dúvida sobre as próprias capacidades, sentimento de inferioridade, ciúmes, desconfiança, precisa constantemente da aprovação do outro, não reconhece o seu potencial, baixa autoestima, se sente injustiçado, quando não conseguem o que quer pode ter atitudes agressivas e outros comportamentos associados.

A maioria das pessoas que são inseguras negativamente tem uma história traumática e de frustrações que foram marcantes na vida delas e buscar ajuda de um profissional é muito importante para reconhecer e aceitar as qualidades e os defeitos e superar os medos e as inseguranças.

Para aprender lidar com a insegurança é necessário fortalecer o autoconhecimento, autoestima e autoconfiança, reconhecer as qualidades e melhorar os pontos fracos. Afinal, não se cobre tanto, todos nós erramos.

Evite comparações somos seres únicos e não existe outra pessoa exatamente igual a nós. Quando vemos a vida do outro de fora, não sabemos o problema que o outro enfrentou para chegar aonde chegou.

Não levar as críticas para o lado pessoal, quando levamos é gerado um sentimento de culpa. É necessário avaliar se as críticas estão sendo destrutivas ou construtivas.

Não priorizar a vontade do outro, quando fazemos isso estamos deixando a nossa individualidade em segundo plano para satisfazer a necessidade do outro. Priorizando constantemente o outro, a pessoa deixa de se arriscar e nem se percebe que está fechando as portas para as oportunidades, levando a ansiedade, stress e a frustração.

Aprender lidar com as frustrações é entender que nem tudo é do jeito que queremos, então é preciso buscar novos caminhos e persistir. Lembre-se que você não é que os outros pensam e nem pode ser tudo que esperam, afinal todo mundo erra e ninguém é igual a ninguém.
Bárbara Aparecida S. Moro é psicóloga (CRP 12/18768)
+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

últimas notícias