Canal Içara

 
05 de julho de 2022 - 17:03
#Cotidiano #Economia #Política #Segurança #Esportes +Leitor-repórter +Guia Içara
Cotidiano »
Covid: segunda dose de reforço é estendida a pessoas a partir de 60 anos
Municípios catarinenses já foram autorizados a baixar a faixa etária de imunização, que até então iniciava em 70 anos
20/05/2022 às 10:23 | Andreia Limas - andreia.limas@canalicara.com
Os municípios catarinenses que tiverem vacinas disponíveis em estoque podem aplicar a segunda dose de reforço contra o coronavírus em idosos com 60 anos ou mais. Até então, esse público estava incluído apenas em caso de viver em instituições permanentes – para o restante da população, a recomendação do Ministério da Saúde era oferecer o segundo reforço para imunocomprometidos e pessoas a partir de 70 anos.

De acordo com a orientação do ministério, a segunda dose de reforço deve ser aplicada com o imunizante da Pfizer ou com as vacinas da Janssen e Astrazeneca, independentemente da dose utilizada anteriormente. O intervalo deve ser de quatro meses após a primeira dose de reforço. Conforme estudos, essa estratégia aumenta em mais de cinco vezes a imunidade uma semana após a aplicação.

Ainda devem ser priorizadas as faixas etárias mais avançadas, com 90 anos de idade ou mais, seguida de 80 a 89 anos e assim sucessivamente, até que todos os idosos sejam contemplados com o segundo reforço.
+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

 COBERTURAS ESPECIAIS
últimas notícias

Conheça as marcas que potencializam o crescimento da cidade