Canal Içara

Canal Içara

22 de setembro de 2020 - 12:01
Cotidiano »
Júlia Helena: Conheça o benefício do exercício em cada faixa etária
12/06/2020 às 08:00 | Júlia Helena Lima
Que o exercício é benéfico para todos, você já está careca de saber. Apesar disso, tantas pessoas insistem em NÃO o fazer, mesmo que o verdadeiro “efeito colateral” do exercício seja a saúde. Enfim, não vou entrar neste mérito hoje. Apenas trarei, em forma de tópicos, os benefícios comprovados em estudos em cada faixa etária quando comparados a indivíduos não praticantes.

E, antes de irmos para os tópicos, de fato, por favor: encontrem um exercício para chamar de seu! Independente de sua condição física ou financeira: sempre terá como!

3 a 6 anos
- Melhora da capacidade cognitiva;
- Apresenta afinidade desde cedo a uma atividade prazeirosa
- Melhora saúde óssea e controle de peso.

6 a 17 anos
- Melhora da capacidade cognitiva;
- Melhora do condicionamento cardiovascular e musculoesquelético;
- Melhora da saúde óssea;
- Melhora do status de risco cardiovascular;
- Melhora no controle de peso e adiposidade;
- Apresentam menos sintomas depressivos comparados aos que não praticam.
- Melhora a sociabilidade e personalidade em trabalho de equipe

Adultos
- Menor risco de mortalidade por todas as causas!!!!!!!
- Cardiovascular: menor incidência e mortalidade cardiovascular; menor incidência de hipertensão e menor incidência de diabetes tipo 2.
- Câncer: Menor incidência de câncer de vesícula, mama, cólon, endométrio, esôfago, rim, estomago e pulmão.
- Saúde cerebral: menor risco de demência; melhora da capacidade cognitiva; melhora da função cognitiva após sessões de treino aeróbio; melhora da qualidade de vida; melhora da qualidade do sono; menor percepção de ansiedade e depressão em pessoas saudáveis e em pessoas já com esses diagnósticos e menor incidência de depressão.
- Controle de peso: redução do risco de ganho excessivo de peso; perda de peso e prevenção de reganho de peso após redução inicial, quando atingidas as metas de exercício físico semanais e efeito aditivo de perda de peso, quando combinado com restrição calórica moderada.

Idosos
- Queda: menor incidência e complicações;
- Melhora no diagnóstico de fragilidade.
- Menor taxa de perda muscular, com aumento de independência e funcionalidade corporal

Não se convenceu?
Então vai ter que se contentar com uma vida com doenças e remédios (e seus efeitos colaterais). Beijos e até a próxima!
*Júlia Helena Lima é formada em Educação Física, com pós em Obesidade e Emagrecimento, é acadêmica de Medicina, sócia-idealizadora da Evolua CrossTraining, coordenadora do Projeto Saúde Urbana, empresária e palestrante.
+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

últimas notícias