Canal Içara

Canal Içara

16 de outubro de 2019 - 21:14
Cotidiano » Santuário Sagrado Coração de Jesus
Obras em santuário completam um ano
18/06/2014 às 08:50 - atualizada às 20h18 de 19/06/2014 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Aos poucos o sonho da comunidade de Morro Bonito, em Içara, vai tomando forma. Um ano após o lançamento da pedra fundamental, as obras de construção do Santuário Sagrado Coração de Jesus estão com os trabalhos adiantados. O templo católico, segundo na Diocese de Criciúma, terá capacidade para abrigar 1,5 mil pessoas sentadas e terá uma cúpula de 33 metros de altura, o equivalente a um prédio de 12 andares.

O complexo do santuário está localizado em uma área de 13 hectares, em que, além do templo, está planejada a construção de um amplo estacionamento, bosque, praças, caminhos que remetem à via sacra e uma área campal para mais de 20 mil pessoas. O empreendimento está sendo erguido através de doações dos fiéis da região. O responsável pela paróquia de em Içara, padre Antônio Vander da Silva, destaca que apesar do santuário estar localizado no município, ele pertence a todos os católicos.

“Içara apenas acolheu o santuário. A repercussão após a inauguração será muito grande. Por ser em um local retirado possui a conotação espiritual da paz, possibilita que as pessoas se encontrem com Deus”, enaltece. As obras tiveram início no fim de março, e apesar dos contratempos causados pela chuva, os ritmos estão à frente do calendário programado. Na próxima semana serão concluídos os trabalhos de fundação da obra, representando 15% do empreendimento.

“Por enquanto nós estamos focando apenas na construção do santuário e, quando estivermos nos acabamentos é que serão iniciadas as obras ao entorno”, explica Jean Cipriano Dabaras, um dos proprietários da construtora responsável. A conclusão da obra dependerá do fluxo de doações recebidas, mas o planejamento é que em cinco anos o templo principal já esteja concluído. “Um prédio é padrão, já o santuário tem todos os detalhes. Além do dinheiro, que é doado, nós temos que evitar qualquer tipo de desperdício. As pessoas passam aqui todo o dia, perguntam como está o andamento da obra e elas ficam preocupadas”, explica ele.

Moradora da comunidade desde que nasceu, a agricultora Lindaura Darolt acompanha diariamente a evolução nas obras. “Todos nós contribuímos para isso, acaba unindo mais a comunidade. Não temos muito o que falar, mas sim agradecer”, considera. O casal de agricultores Antônio e Venir Francisco Nunes também se mobilizou para tornar concreto o sonho de ver o santuário da janela de casa. “O Sagrado Coração sempre nos ajudou bastante, toda vez que pedia algo com fé era atendida”, garante Venir. “Para nós toda essa mobilização foi muito boa, a religião sempre foi um incentivo para unir mais o pessoal”, completa Antônio.

+ Cotidiano
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas