Canal Içara


21 de agosto de 2017 - 16:44
Economia »
Alunos são beneficiados por comércio justo
14/12/2016 às 17:01 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
Os alunos atendidos pela Escola Especial Sonho Dourado ganharam mais estímulos visuais e um ambiente ainda melhor para o desenvolvimento. A inauguração da sala destinada aos pequeninos de até três anos ocorreu com a visita do Papai Noel nesta quarta-feira, dia 14. “Além da reforma com móveis novos, adquirimos uma mesa digital para uso em atividades educativas”, aponta a presidente Cristina Bitencourt.

O investimento de R$ 29,5 mil faz parte do Projeto Fair Trade da Minamel. Ao comprar produtos certificados da empresa içarense, os clientes garantiram bônus em dinheiro para aplicação em projetos sociais, econômicos e ambientais. Neste ano, 50% do valor foi destinado aos produtores, 25% aos funcionários da própria indústria e 25% para a instituição filantrópica escolhida, no caso, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais.

“Há um movimento global acontecendo, que tem como objetivo principal a valorização justa dos produtos manufaturados, diminuindo a má distribuição de renda e proporcionando avanços em questões sociais, ambientas e econômicas com o apoio, por exemplo, à extinção do trabalho escravo e forçado”, coloca o sócio-diretor da Minamel, Guilherme Castagna. “É muito bom ver o recurso sendo bem investido", atesta o fundador da empresa, Agenor Castagna.



Mais de R$ 300 mil em investimentos

A comemoração nesta tarde foi também pela aquisição do PediaSuit, um equipamento de fisioterapia, através da Central do Dízimo. O aparelho destinado ao desenvolvimento da mobilidade será utilizado combinado com outras ferramentas. Uma demonstração foi realizada na escola durante a festa de encerramento, mas o funcionamento ocorrerá a partir de 2017. "Espero que Pietro ganhe mais tônus muscular", vislumbra a mãe Scheila Damázio Ceron.

“Aproveitamos para agradecer o Poder Público, empresários e todos que abriram as portas sempre que precisamos. Saio com o sentimento de missão cumprida, pois garantimos várias conquistas. Mas vou continuar contribuindo. E temos certeza que a nova diretoria vai dar continuidade”, afirma a presidente Cristina Bitencourt. Ao longo de três anos foram mais de R$ 300 mil aplicados em equipamentos, obras e em um novo veículo adaptado.

Divulgue as atividades também de sua escola. Envie as ações pedagógicas para jornalismo@canalicara.com
+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias