Canal Içara

Canal Içara

28 de setembro de 2021 - 02:01
Economia »
Andreia Limas: O que o comércio pode esperar do Dia dos Pais?
28/07/2021 às 10:51 | Andreia Limas - andreia.limas@canalicara.com
O comércio se prepara para mais uma data comemorativa, o Dia dos Pais, este ano celebrado em 8 de agosto. Em Içara, as lojas atenderão em horário estendido até as 20 horas na sexta-feira que antecede a data e até as 17 horas no sábado, ainda que seja feriado municipal em honra a São Donato, o padroeiro da cidade.

Além disso, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) vai sortear cinco cestas de café da manhã e mais de R$ 4 mil em vales-compra de R$ 200 a R$ 300, na promoção “Meu Pai Merece Tudo”. Compras nas lojas participantes da campanha darão direito a cupons para concorrer ao sorteio.

Mas o que o comércio pode esperar em movimentação para a data? Segundo o presidente da CDL de Içara, Paulo Roberto Brígido, a projeção de incremento é de aproximadamente 6% em comparação a 2020. O quinto dia útil cair na semana que antecede o Dia dos Pais deve influenciar nas vendas, assim como o frio, sobretudo se as lojas aproveitarem para fazer a queima de estoque de inverno.

Intenção de compras

A pesquisa de intenção de compra realizada pela Fecomércio-SC para o Dia dos Pais aponta que os consumidores estão propensos a ampliar os gastos com presentes, com a expectativa de tíquete médio de R$ 164,19 – alta de 4,5% frente ao ano anterior. No entanto, se descontada a inflação do período, observa-se diminuição de 3,6% na comparação com 2020.

Na escolha dos estabelecimentos, os entrevistados indicaram que devem priorizar o preço (30,4%) e as promoções (30,0%) na hora de comprar os presentes. Ainda de acordo com a pesquisa da Fecomércio, os principais produtos que serão comprados neste Dia dos Pais são relacionados ao vestuário (50,7%), calçados (15,8%) e perfumes e cosméticos (15,1%). Como de costume, a concentração das compras deve ocorrer na semana que antecede a data comemorativa.

Serviços

O levantamento envolve também a intenção de realizar alguma atividade especial na data. Ainda sob os efeitos da pandemia de coronavírus, a maioria afirmou que não irá a lugar nenhum (57,8%). Entretanto, esse resultado diminuiu frente a 2020, indicando que os consumidores tendem a realizar alguma programação especial neste ano, como almoço/jantar em algum restaurante, que ampliou 3,3 pontos percentuais na comparação com o ano passado, indo de 5,2% para 8,2%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 29 de junho e 13 de julho, com 1.123 pessoas, nas cidades de Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí.

Otimismo

Levantamento realizado pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC) com empresas que atuam no varejo nas 20 cidades com maior potencial de consumo no Estado também mostra otimismo por parte dos empresários do setor. Mais de 74% dos entrevistados esperam resultado melhor do que o registrado no Dia dos Pais do ano passado. O incremento projetado é de 4,5% no período, com o tíquete médio previsto variando entre R$ 101 e R$ 150. Os presentes mais procurados são, segundo os lojistas, itens de vestuário e calçados (34,3%), seguidos de acessórios e perfumes e cosméticos – 20,7% e 13%, respectivamente.

“Trata-se de mais uma tradicional data para movimentar o varejo e uma oportunidade para o comércio catarinense recuperar as perdas provocadas pela pandemia”, afirma lvan Roberto Tauffer, presidente da FCDL/SC.

Gastronomia

Entre a movimentação gerada pelo Dia dos Namorados, em junho, e a projeção para o Dia dos Pais, em agosto, o setor gastronômico de Içara investiu em uma ação para atrair os consumidores em julho, com a realização do Festival Gastronômico. “Foi o primeiro festival e serviu de experiência para as próximas ações da Via Gastronômica”, avalia o presidente da Via Gastronômica de Içara, Rafael Kruger.

Ao todo, 14 estabelecimentos da cidade participaram da ação, encerrada no último domingo, dia 25. “Todos os restaurantes participantes estão contentes com o resultado, o público interagiu bastante. Por isso, temos intenção de repetir o festival e fazer outras promoções pontuais entre datas festivas”, antecipa.

+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias