Canal Içara

Canal Içara

17 de outubro de 2019 - 15:11
Economia » Copa do Mundo 2014
Comércio já estampa o verde e amarelo
07/05/2014 às 09:13 | Especial do Jornal Gazeta
Camiseta, bandeira, corneta, pipoca e até uma televisão grande. Esses são produtos indispensáveis para os torcedores assíduos do Brasil. A abertura oficial da Copa do Mundo ocorre no dia 12 de junho, mas os lojistas de Içara já prepararam as cores verde e amarelo nas vitrines. De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Paulo Roberto Brígido, os segmentos mais aquecidos serão os de esporte, produtos especializados, supermercados e eletrônicos.

“A Copa do Mundo está em evidência em todos os meios de comunicação. E quando se fala em Copa, não se pensa em lucrar como em uma data comemorativa, por exemplo. Mas em aproveitar essa exposição na mídia para também vender, porque já é uma propaganda certa. Contudo, nem todos os segmentos estarão aquecidos, apensas aqueles especializados. O torcedor quer decorar a casa de verde e amarelo, então procura a loja que está vendendo os artigos do Brasil. Quer estar também, em dias de jogos, com a camisa da seleção então procura as casas esportivas. E para assistir aos jogos, o que não pode faltar é uma pipoca. São setores específicos que irão lucrar um pouco mais no mês que vem”, ressalta.

Contudo, Paulo alerta que o comércio em geral, pode ter uma redução nas vendas. Segundo ele, pelos jogos serem no Brasil e passarem, em sua maioria, durante o dia, as pessoas vão ficar em casa e as lojas estarão vazias. “Em dia de jogo ninguém que sair de casa. Todo mundo quer assistir. Então se for um jogo às 15h, por exemplo, esses torcedores poderiam ser os consumidores que estariam nas lojas. Por isso, acredito que no comércio teremos dias mais pacatos durante a copa”, indica.

Já para o lojista Getúlio Goularte, a expectativa é de boas vendas. “Ainda não veio ninguém procurar. Mas já estamos expondo camisetas, toalhas, jaquetas, bandeiras, tudo do Brasil. E acho que as vendas podem melhorar ainda conforme os resultados dos jogos. Se a nossa seleção se mantiver ganhando, a procura pelos produtos será ainda maior”, acredita.

Na loja Festthar, até uma taça em tamanho gigante decora a vitrine. Ela está, inclusive, disponível para venda no valor de R$ 400. A proprietária Simone Crescêncio Rodrigues ressalta que muitos consumidores já estão se antecipando e garantindo seus produtos. “Já querem decorar os carros e já preparar a casa. Temos todos os tipos de produtos tanto para decoração como bandeiras, balão, bola e até para torcida com corneta, boné, pulseis, bandanas, etc”, pontua.

“Temos coisas a partir de R$1 até essas maiores como a taça e uma bandeira gigante pelo valor de R$600. Então não tem quem diga que não vai entrar no clima porque está muito caro, já que as opções são muitas”, completa. Surpreendentemente, os torcedores resolvem até comprar sofá novo para assistir a Copa do Mundo. O televisor também deve ser trocados por muitos, que querem ver os jogos em uma tela maior. Para o presidente da CDL, o incremento nesse setor deve ser de até 15%.

“Sofá, televisão e até hack já estão tendo mais procura. E os consumidores mesmo afirmam que querem estar com uma sala nova para assistir os jogos. Muitas lojas, inclusive, já lançaram promoções para chamar a atenção e ofertar aos consumidores que troquem de televisor”, sublinha. A loja De Lucca, em Içara, resolveu lançar uma oferta para o cliente. A televisão da marca AOC, de 32 polegadas, está por R$1090. “Nós fizemos promoção da televisão que mais tem saída, mas há também a procura por outros televisores. E as pessoas chegam aqui procurando e perguntando quais são as opções, porque querem ver a copa e televisão maior”, completa a vendedora Tatiana de Oliveira Cardoso.

+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas