Canal Içara

Canal Içara

28 de setembro de 2021 - 01:36
Economia »
Deinyffer Marangoni: Você compraria um tênis da Nike usado, vendido pela própria marca?
13/04/2021 às 08:27 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
A inusitada pergunta do título não é fake news e nem “clickbait” (aqueles títulos sensacionalistas que te deixam intrigado e você se obriga a clicar no link para ver o que está acontecendo). A Nike começou nesta segunda-feira, dia 12, a vender tênis usados em oito de suas lojas nos Estados Unidos. A iniciativa pretende se expandir, ainda neste mês, para outras lojas da marca no país. Qual o objetivo? Reduzir as pressões sobre a indústria da moda para desenvolverem produtos mais sustentáveis, reduzindo, assim, o desperdício.

O programa vai aceitar tênis com poucas marcas de uso ou com falhas de fabricação. Depois de passar por limpeza e desinfecção, parte dos produtos serão vendidos por preços reduzidos em uma sessão especial na loja, os que não tiverem condições de serem expostos, serão doados ou convertidos em material reciclado. Já os clientes que devolveram os tênis usados terão descontos em novos produtos da marca, sendo que, quanto melhor a conservação, maior o desconto obtido.

Não é de hoje que a indústria da moda é acusada de ser uma das mais poluentes do mundo, ficando atrás apenas da indústria petrolífera. Há controvérsias e estudos que indicam outras atividades como mais poluentes, como a agroindústria, produção de cimento e até o turismo. Não sou especialista na área ambiental e também o objetivo não é julgar o que ou quem é mais poluente. Sou um administrador e o meu objetivo é estudar as tendências e mostrar os novos modelos de negócios que estão surgindo.

E se fosse no Brasil? Será que daria certo esta iniciativa? Você compraria?

Você comprando ou não, há tendência que este modelo daria certo no país tupiniquim. Têm os brechós e os aluguéis de roupas de gala que poderiam fortalecer esta afirmação, mas também têm outros tipos de produtos que já adotaram essa estratégia, como o mercado dos smartphones e de outros produtos tecnológicos, que são vendidos lado a lado com os novos produtos. Há clientes para todos os gostos e bolsos, ainda mais em um país desse tamanho e com tamanha diversidade.

Outra situação também é certa: o empreendedorismo social e ambiental estarão, cada vez mais, em alta, seja nas grandes organizações ou nas empresas do seu bairro. Uma nova economia está surgindo, fique de olho nas tendências de mercado e no comportamento de consumo de seus clientes. Faça e viva a diferença no mundo! :)


NOTÍCIAS:
#1 Magazine Luiza compra empresa de busca inteligente SmartHint;
#2 Dois catarinenses estão na lista de bilionários da Forbes 2021;
#3 Fintech de Joinville está entre 250 empresas SaaS que mais crescem no mundo;
#4 Magazine Luiza e Deezer transformam músicas em e-commerce de instrumentos;
#5 Nvidia e Volvo aceleram corrida por processamento de dados na indústria automotiva;

+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias