Canal Içara

 
27 de setembro de 2022 - 13:51
#Cotidiano #Economia #Política #Segurança #Esportes +Leitor-repórter +Guia Içara
Economia »
Içara entra em pauta regional apresentada por entidades de Criciúma
Entre as bandeiras defendidas por entidades empresariais junto a candidatos nas eleições 2022 está a duplicação da SC-445
09/08/2022 às 17:14 | Redação
Deize Felisberto [ACIC]
Dois pleitos de Içara entraram na pauta regional apresentada nesta terça-feira, dia 9, pela Associação Empresarial de Criciúma (Acic), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Criciúma, Regional Sul da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) e Fórum das Entidades de Criciúma (Forcri) a candidatos nas eleições de outubro. Entre as bandeiras defendidas pelas entidades empresariais está a duplicação da Rodovia Paulino Búrigo (SC-445).

A expectativa era de que a licitação para a primeira etapa da obra na SC-445 fosse lançada no início deste mês, o que até o momento não ocorreu. Na última sexta-feira, o Governo do Estado publicou o edital para contratação da empresa que irá realizar a fiscalização dos serviços no trecho de 2,5 quilômetros entre a BR-101, no bairro Vila Nova e a rótula em Vila São José.

No final de julho, técnicos da empresa Sotepa, vencedora da licitação, apresentaram à Administração Municipal de Içara o projeto do segundo trecho, que compreende da Central do Giassi Supermercados até a Avenida Jorge Elias de Luca, em Criciúma. O trecho tem aproximadamente sete quilômetros de extensão. A previsão é de que o projeto esteja concluído até setembro para ser encaminhado à Secretaria de Estado da Infraestrutura.

Via Rápida

Outro projeto a ser desenvolvido em parte em território içarense e incluído na pauta regional das entidades de Criciúma é a extensão da Rodovia Aristides Bolan (Via Rápida) da BR-101 até Balneário Rincão. Desenvolvido pela Unesc, o projeto executivo foi apresentado em dezembro do ano passado e posteriormente encaminhado ao Governo do Estado para a licitação da obra. No momento, passa por adequações, para ter o custo reduzido. Inicialmente, o trecho de nove quilômetros, em pistas duplas, com cinco viadutos e uma ponte no trajeto, além de iluminação, estava orçado em R$ 135 milhões, com prazo de execução estimado em três anos.
+ Economia
Participe também com seus comentários

 COBERTURAS ESPECIAIS
últimas notícias

Conheça as marcas que potencializam o crescimento da cidade
Coberturas especiais
Regional da Larm 2022 - Série B