Canal Içara

Canal Içara

28 de setembro de 2021 - 02:25
Economia » Memórias
Joi Luiz Daniel: planejamento e infraestrutura tornam-se bandeiras prioritárias para Associação Empresarial de Içara
19/07/2021 às 12:30 | Redação | com a colaboração de Lucas Lemos, da Inoova Comunicação
Lucas Lemos [Canal Içara]
Além de ser um dos fundadores da Associação Empresarial de Içara, Joi Luiz Daniel também tem o nome marcado na história da Acii como presidente. Esteve no cargo de 20 de julho de 2013 a 20 de julho de 2015. E nesta 9ª gestão da instituição, teve como chamado a união da classe empresarial sobre pautas de relevância para a cidade. “Superamos as dificuldades juntos, prestamos contas com o caixa em dia ao longo da gestão e crescemos em números de associados lutando por nossas bandeiras, planejando as futuras gestões”, enaltece.

Entre as bandeiras que marcaram a gestão, Joi Luiz lembra a continuidade ao movimento pela revitalização e duplicação da Rodovia Paulino Búrigo (SC-445), o debate pela melhoria na segurança pública, a luta por melhores condições na infraestrutura de acesso às empresas, além de melhores tarifas de energia para a cidade, o fortalecimento da estrutura interna da Acii e a participação dos associados nos conselhos municipais.

“Quanto cheguei a Içara, em 1996, tínhamos muitas carências e o isolamento nos negócios. Também por ser um município na época voltado à agricultura, sentimos a necessidade de unir forças e criar uma Associação Empresarial, que foi formalizada com ajuda de poucos empresários que tínhamos na época e liderado pelo Sandro Giassi Serafin”, relembra. “Vejo como fundamental importância o associativismo, pois agrega valores, conhecimentos, une a classe empresarial e junta as forças para defender as várias bandeiras empresariais municipais e regionais”, acrescenta.

Ao se tornar presidente, Joi teve o comprometimento com o desenvolvimento de Içara compartilhado também com Waldemar Luiz Casagrande (vice-presidente), Filipe Pavei (primeiro secretário), Reginaldo Borges Fernandes (segundo secretário), Júlio César Becker (primeiro tesoureiro), Júlio César Crescêncio (segundo tesoureiro) e Willian Brígido (assessor jurídico). Na diretoria também estavam Adilio Fernandes, Alessandro Dalpont, Alex Michels, Dalcioni Pizzetti, Edilson Zanatta, Janine Richetti, Nilva Theis Cassol, Rafel Confecções, Ramiro Cardoso, Sergio Baschirotto, Sidnei Castagnetti e Valmor da Silva.

No Conselho Deliberativo, por vez, a gestão somou forças com Aldo Wagner Fernandes, Anselmo Freitas, Claiton Santos Costa, Custódio Abilio Da Silva, Gilberto Lima, Plinio Goulart, Sandro Serafim, Tarcisio Lima e Valmor Demos sob a presidência, neste caso, de Agenor Sartori Castagna. Já no Conselho Fiscal contribuíram Luiz Carlos Budny, Hudson Colonetti e Marcelo Giassi junto com os suplentes Almerindo Pizzetti, Donato Casagrande e Osni Giassi.



“Içara mudou muito desde a fundação da Acii. Mudou de Capital do Fumo para Capital do Mel, da cidade dos descartáveis, dos supermercadistas e do santuário no caminho da fé. Aquilo que imaginei e acreditei vindo investir em Içara, cresceu sem um planejamento estratégico, mas com líderes voltados ao desenvolvimento do município. A Acii contribuiu muito e continuará sempre cobrando dos poderes a organização e o desenvolvimento em todos os setores”, avalia.

“As administrações municipais mudam, mas a direção dos encaminhamentos deve seguir. Temos que aproveitar nossa topografia com modais rodoviários, ferroviários, ciclovias e a humanização nos projetos para sermos uma grande cidade do sul do estado catarinense”, pontua o empresário com a perseverança de que o futuro de Içara será ainda mais promissor.

ACII – 25 anos

O resgate das gestões da Associação Empresarial de Içara faz parte das atividades preparadas pela entidade para homenagear todos os empreendedores que fizeram parte. Além do conteúdo registrado a partir do relato dos ex-presidentes, a Acii também lançou um selo comemorativo. É um símbolo que faz parte da transformação vivenciada até agora em conjunto com cada associado e que será utilizado em novas ações para relembrar as transformações da entidade e da cidade, além de inspirar novos sonhos para os empreendedores que vão escrever as próximas páginas dessa história.

+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias