Canal Içara

Canal Içara

20 de setembro de 2019 - 03:27
Economia »
Último trimestre do ano inicia com contratações temporárias
29/09/2018 às 09:05 | Especial do Jornal Gazeta
A retomada da economia já foi sentida no comércio de Içara e a expectativa positiva em relação às vendas para o último trimestre do ano, principal período para o setor, eleva também a estimativa de contratação dos temporários a partir de outubro. Com a possibilidade de incremento no faturamento, a perspectiva é de um reforço maior no quadro de funcionários, tendência que pode se refletir em paralelo em outros setores.

Conforme o presidente da Câmara de Dirigentes Lojista (CDL), Alexandre Fernandes, ainda não há um número estimado de vagas que devem ser abertas. “Acreditamos em um incremento de até 10% nas vendas em todo o segundo semestre, na comparação com o mesmo período do ano anterior. E isso certamente impactará nas contratações”, analisa. Assim, a perspectiva também é positiva.

“O Natal sempre é a melhor época do ano para o comércio. E com o sorteio de um carro zero quilômetro, essa característica deve ser reforçada este ano. A ampliação no movimento econômico, por sua vez, abre oportunidades para vagas temporárias. Acreditamos com isso em um saldo positivo no estoque de empregos do setor em 2018”, completa.

“No caso de Içara, não serão somente as vagas temporárias que pesarão no estoque de empregos. Novas empresas já abriram neste semestre e ainda mais lojas começarão a operação nos próximos meses. Isso significa uma variedade ainda maior de produtos e a ampliação da concorrência para atrair os consumidores”, declara o presidente do Sindicato dos Comerciantes Varejistas e Atacadistas de Içara e Região (Sindilojas), Altair Borges.

“As pessoas procuram a ACII em busca de informações e procuramos oferecer capacitações para que elas estejam preparadas quando as oportunidades surgirem”, ressalta o secretário executivo da Associação Empresarial de Içara (Acii), Deinyffer Marangoni. No entanto, as empresas associadas ainda não passaram nenhuma programação a respeito de contratações de temporários.

+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas