Canal Içara

Canal Içara

14 de dezembro de 2018 - 18:01
Economia »
Município abre concorrência para geração de energia com resíduos sólidos
09/10/2018 às 11:04 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
A geração de energia elétrica com o uso de resíduos sólidos em Içara será realizada em concorrência pública. O serviço ficará com a empresa que oferecer o menor preço global mensal para a energia gerada em valor abaixo de mercado até o limite da necessidade do município ou então da produção. O edital já está lançado e as propostas serão abertas pela Prefeitura Municipal em 28 de novembro.

“Parte do lixo atualmente é destinada a reciclagem. O restante vai para aterro. Içara recebe resíduos de toda a região e a proposta é transformar isso em energia”, coloca o presidente do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto, Ederaldo Inácio. “A previsão é gerar 1,5 MW. Será suficiente para a iluminação pública e os prédios do Município com um custo menor. E ainda sobrará”, completa o secretário municipal de Planejamento, Arnaldo Lodetti Júnior.

“Pagamos atualmente R$ 124 por tonelada de lixo para a destinação ao aterro. Este valor também vai cair. Poderemos congelar a taxa de lixo ou até a reduzir do valor”, completa. “O sistema não terá queima do lixo. Acontecerá com o gás gerado pela desidratação. Sugerimos a instalação próxima de áreas industriais para o uso também do vapor. Os resíduos que sobrarem ainda poderão virar cimento, adubo ou outros materiais”, completa.

Duas empresas chegaram a ser autorizadas a realizar os estudos técnicos sobre a gaseificação de resíduos sólidos para a geração de energia, pois a proposta inicialmente era uma Parceria Público-Privada. Contudo, a capacidade de investimento do Município em uma nova PPP é limitada a 5% da receita líquida, conforme o Tribunal de Contas do Estado, já comprometido com a modernização da iluminação pública em tramitação.
+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas