Canal Içara

Canal Içara

18 de agosto de 2019 - 14:37
Economia » Plano Diretor
Plano Diretor volta a ser discutido
19/09/2011 às 22:12 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
O Plano Diretor é uma roupa sob medida. É um vestido de noiva dos mais caros. Esta é uma avaliação do arquiteto e urbanista acionado pela Prefeitura Municipal de Içara, Edson Luiz Cattoni. A comparação foi realizada para justificar a necessidade de ajustes específicos no Plano Diretor de cada cidade. “É preciso colocar à prova”, destacou ele ao centrar a discussão em reunião nesta segunda-feira, dia 19.

Conteúdo relacionado:
Especiais » Acompanhe a elaboração do Plano Diretor


Os problemas de localização geográfica e as constatações iniciais ficaram em segundo plano. “Isto basta corrigir. Precisamos nos atentar às interações”, propõe. O próximo passo para isso será um encontro com técnicos para traçar as estratégias de trabalho. "Em seguida vamos elaborar um cronograma de reuniões internas e levaremos o debate para a comunidade", explica o integrante do Núcleo Gestor, Gilmar Bonifácio.

O arquiteto defende também a criação de um Plano Diretor que contenha junto a Lei do Perímetro Urbano, Lei de Zoneamento, uso e ocupação do solo e a Lei do Parcelamento do Solo. Ele avalia que isto possibilita uma correlação mais evidente. "O tratamento integrado destes quatro temas não encontro impedimento legal e tem a vantagem de permitir uma articulação mais efetiva e coerente entre os conteúdos dos princípios, diretrizes, objetivos, estratégias, ações, instrumentos e ordenamento espacial", destaca.

Até então elaborado pelo Consórcio Herd/Engemin, o Plano Diretor apresentou algumas desconformidades já na parte de diagnósticos. O arquiteto da Prefeitura Municipal, Ricardo Lino, lista, por exemplo, a constatação de que o principal atrativo do bairro Primeiro de Maio era a possibilidade de vista para o mar. “Mas a comunidade fica há 20 quilômetros da praia”, calcula. Outra verificação que foi realizada apontou que o Raichaski tinha como problema ser a divisa de Criciúma.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas