Canal Içara

Canal Içara

17 de junho de 2019 - 19:54
Economia » Eleições 2016
Prefeituráveis: propostas para a economia
05/09/2016 às 09:00 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
Lucas Lemos [Canal Içara]
A possibilidade de melhorias em uma cidade não depende apenas de recursos estaduais ou federais. É possível que o Município também faça investimentos com recursos próprios. Isso depende de uma movimentação econômica que seja atrativa a novos empreendimentos e garanta retorno dos impostos. Além de dinheiro em caixa para honrar compromissos e projetar novas obras, uma economia fortalecida representa produtos e serviços mais próximos, sem necessidade de deslocamento para outras cidades, tampouco do êxodo rural.

“Nossos agricultores já possuem qualificação, terra e capital. Falta um pouco mais de articulação para o fortalecimento principalmente na produção orgânica”, indica Murialdo Canto Gastaldon (PMDB). A proposta é levar aos bairros um caminhão-feira. “Avançamos na encubação de empresas, entretanto não conseguimos efetivar. Precisamos também de outras áreas empresariais principalmente em Poço Oito. Crescemos acima da média regional, estadual e nacional. Mas sofremos as consequências da recessão”, acrescenta.

“Queremos 40 em quatro. Isto significa 40 empresas de médio porte para a cidade que possam colaborar na geração de 6 mil empregos subsidiando os pavilhões em condomínios industriais. Então não é só abrir CNPJ. E o emprego não vai estar só na indústria. Vai estar no comércio, no campo...”, propõe Dalvania Cardoso (PP). Além disso, o projeto inclui também a criação de uma escola agrícola. “A reclamação dos nossos empresários é que a prefeitura não é parceira. Administrar não é só o gestor. É preciso recolher ideias nas comunidades”, relata.

“Prometer quantitativos específicos de empregos é irresponsabilidade. Não faremos isso em respeito ao eleitor. Teremos colmeias industriais para cooperativas e valorizaremos a agricultura familiar com capacitação, tecnologias e parcerias. O desenvolvimento da piscicultura em áreas degradadas pela extração da argila é uma opção. Criaremos cooperativas para o beneficiamento”, sintetiza Gilmar Axé (PSOL). O Plano Diretor e do Plano de Mobilidade Urbana são apontados ainda como garantir aos investimentos na cidade.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas