Canal Içara

Canal Içara

18 de outubro de 2019 - 14:23
Economia »
Projeto de energia solar mostra resultados
28/03/2015 às 07:31 | Especial do Jornal Gazeta
Jornal Gazeta
O projeto de microgeração de energia elétrica por meioda luz solar no Centro de Educação Infantil Alegria do Saber, no bairro Presidente Vargas, em Içara, já está apresentando seus primeiros resultados. Implantado há aproximadamente sete meses pela Cooperativa Fumacense de Eletricidade (Cermoful) e conforme dados da concessionária já foi possível a obtenção de uma economia de 1 milkWh, ou seja, média mensal de 150kWh.

De acordo com a engenheira do departamento técnico da Cermoful, Tatiane Gaspodini Hoepers, a média reduzida aparenta ser pequena, porém, está dentro do esperado. O projeto implantado na creche do bairro Presidente Vargas, segundo ela, foi de um mega, o que não suporta o consumo total do local. “Neste caso, se trata de um projeto piloto, que terá a duração ainda mais de cinco meses”, informa a engenheira.

“Temos uma grande quantidade de energia sendo revertida por meio da energia solar. Se estamos tendo algum ônus, é muito pouco. Para nós foi algo excelente e penso que é um projeto que já deu certo, principalmente por estar envolvendo as crianças, pois no meio-ambiente temos que estar cuidando de tudo. Penso que a nossa escola foi modelo e este projeto deve servir para mais outras”, coloca a diretora do CEI, Beatrice Osellame.

“Antes tínhamos problema de cair a energia direto e a gente precisou trocar de transformador três vezes. Depois que passou para esse tipo de energia nunca mais nos incomodou. Sem contar que todas as salas de aula têm ar-condicionado, então é um consumo intenso”, destaca. Em Içara, a creche é a única que recebeu a ação. Os demais locais são em Morro da Fumaça, na Antena Repetidora, na Apae, em um centro comunitário e em uma igreja.

A proposta de redução do consumo de energia elétrica convencional não ficou apenas no trabalho realizado pela cooperativa. Conforme a diretora, trabalhos foram realizados com as crianças para que desde cedo eles já possam ter consciência ambiental. “Ano passado fizemos um projeto com uma turma e foi realizado maquete de como funcionava a energia solar de forma lúdica. Já nesta ano, vamos desenvolver um novo projeto com outra turma porque é algo muito importante”, aposta Beatrice.

+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas