Canal Içara

Canal Içara

16 de fevereiro de 2019 - 05:25
Economia » Teste de qualidade
Proteste constata perigo em fogões
28/10/2014 às 17:15 | com informações de Camila Souza, da Proteste
A Associação de Consumidores (Proteste) avaliou oito marcas de fogões a gás fabricados no Brasil. Dentre os maiores problemas, foi constatado o risco de tombamento em dois modelos. O alerta vale para as marcas Esmaltec Ibiza Vitro e Muller Sorella por não suportarem 22,5kg na porta do forno. Assim, se uma criança se apoiar, o fogão pode cair em cima dela. Em consequência disso, foi pedido ao Inmetro o cancelamento do registro dos fogões irregulares e ainda que os fabricantes informem os riscos para quem já tem os produtos.

Além das duas marcas, o Consul Erva Doce e Electrolux foram considerados ruins na segurança térmica. Eles apresentam altas temperaturas em partes nas quais o usuário pode encostar. No entanto, os níveis medidos estão dentro do que a legislação brasileira permite. Só Atlas, Brastemp, Continental e Dako foram aprovados na avaliação da Proteste com base nas normas europeias. Para avaliar a distribuição de calor dentro do forno foram preparados bolo, torradas e frango.

O forno do Electrolux foi o que assou melhor o bolo, em apenas 24 minutos. O pior foi o Consul. O bolo não cresceu e ficou meio cru por dentro, mesmo após 45 minutos. Para as torradas, o Electrolux se sobressaiu de novo. O pior foi o Continental, que concentrou grande parte do calor no meio do forno, queimando um pouco das torradas. E enquanto o Brastemp preparou o frango muito bem, o Dako foi o que assou menos uniformemente.

MODELOS ANALISADOS: Atlas Mônaco Glass; Brastemp Clean Timer; Electrolux 50SB; Dako Supreme S; Continental Calore; Consul Erva Doce; Esmaltec Ibiza Vitro e Muller Sorella.
Participe também com seus comentários

últimas notícias
notícias mais lidas