Canal Içara

Canal Içara

04 de agosto de 2021 - 06:14
Economia »
Trabalhadores do setor plástico avaliarão proposta de reajuste pela Inflação
09/06/2021 às 15:00 | Andreia Limas - andreia.limas@canalicara.com
A partir da próxima segunda-feira, dia 14, integrantes do sindicato laboral voltarão à porta das fábricas de plásticos e descartáveis da região para levar à categoria a proposta de reajuste salarial apresentada pelas empresas. Em assembleia, os trabalhadores vão decidir se aceitam o percentual de 6,94% oferecido pela classe patronal, equivalente à inflação do período, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

“A direção do sindicato já rejeitou essa proposta e entende que ela não deve ser aceita pelos trabalhadores, mas quem vai definir é a categoria. Caso seja rejeitada, já pode iniciar a paralisação, pois estamos em estado de greve. Em março, a categoria já definiu pela greve se a negociação não avançasse”, reitera Carlos de Cordes, o Dé, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Plásticas, Químicas e Farmacêuticas de Criciúma e Região.

A deliberação ocorre após três rodadas de negociação entre representantes dos trabalhadores e das empresas, uma realizada em abril e duas em maio, que terminaram sem acordo entre as partes. O prazo para uma nova proposta por parte das indústrias expirou na última sexta-feira, dia 4.

“Esperávamos uma proposta melhor, mas isso não aconteceu. Temos apenas os 6,94% e no abono ainda não temos esse número. Estamos discutindo, procurando elevar esse índice, inclusive também sobre o abono, talvez com ganho real. E há outras cláusulas em que precisamos aprimorar as discussões”, expõe Edson Mendes de Oliveira, que compõe a comissão de negociação formada pela categoria.

Conforme o rol de reivindicações apresentado às empresas, os trabalhadores pedem ganho real, ou seja, reajuste acima da inflação; o aumento do abono (referente à participação nos lucros), calculado a partir de R$ 945,30; manutenção das cláusulas sociais, além da volta da homologação das rescisões no sindicato laboral.

O Sindicato das Indústrias Plásticas do Sul Catarinense e o Sindicato das Indústrias de Descartáveis Plásticos do Estado de Santa Catarina decidiram conceder na folha de pagamento de abril/2021, como antecipação salarial, o reajuste de 6,94%, referente ao INPC anual, bem como antecipar na folha salarial de maio/2021 o valor de R$ 300 para cada empregado, a título de parcela do PPR – Programa de Participação nos Resultados.
+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias