Canal Içara

Canal Içara

28 de setembro de 2021 - 02:12
Economia »
“Vamos manter as nossas reivindicações”, afirma coordenador regional do Sinte
08/04/2021 às 08:45 | Andreia Limas - andreia.limas@canalicara.com
Para o coordenador regional do Sindicato dos Trabalhadores na Educação Pública Estadual de Santa Catarina (Sinte), Ênio Leonardo Rocha Candido, a suspensão da greve sanitária é equivocada, pois não foi considerada ilegal, mesmo com o pedido do Governo de Santa Catarina. “Mas a assembleia é o espaço de deliberação da categoria e essa coordenação regional acata a decisão do coletivo”, avalia.

Em assembleia unificada realizada na segunda-feira, dia 5, os trabalhadores das regionais de Joinville, Florianópolis, Araranguá, Tubarão, Laguna e Criciúma haviam definido que defenderiam a manutenção do movimento, suspendendo as aulas presenciais e seguindo apenas com o ensino remoto até que toda a comunidade escolar fosse vacinada contra o coronavírus.

“Vamos manter nossa reivindicação por empenho dos governos para garantir vacina em caráter emergencial; seguir nossa campanha de sensibilização da comunidade quanto aos riscos de intensificação do contágio pela Covid-19 a que todos ficam submetidos com as atividades escolares presenciais; e manter a orientação de denúncia pelas comunidades escolares quanto às medidas em caso de contágio, bem como o cumprimento do Plancon-Edu”, afirma o coordenador regional.

O movimento que pretendia suspender as atividades presenciais na rede estadual de ensino, mantendo apenas as aulas on-line, não chegou a completar um mês. Encerrada nessa terça-feira, a greve sanitária havia sido deflagrada em 8 de março e ratificada em assembleia estadual realizada no último dia 24.
+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias