Canal Içara

Canal Içara

20 de setembro de 2021 - 03:04
Economia » Jovens Empreendedores
Vestidos para eventos de gala e sonhos
22/05/2014 às 08:12 | Lucas Lemos - lucas.lemos@canalicara.com
O trabalho de Chirlley Vicente Recco não é apenas produzir vestidos. A principal função dela é realizar sonhos, principalmente, de noivas. Natural de Salete, ela chegou a Içara ainda menina e logo criou laços com a cidade. Também por isso escolheu o município para investir. “Sou içarense de coração. Nunca cogitei ir para outra cidade. Acredito que temos que valorizar o comércio local. Se o seu produto é bom, o cliente vai até você”, coloca.



A paixão pelo ofício iniciou ainda na infância com os primeiros traços de vestidos, até então, para as bonecas. “Minha mãe conta que meus cadernos eram preenchidos com desenhos de princesas. Todas com vestidos bem armados e cheios de detalhes”, relata. No colegial, passou a desenhar as próprias roupas para as costureiras montarem. “Mas foi no final do ensino médio que a vontade de atuar na área de moda surgiu com força total”, lembra a jovem empreendedora.

A ligação foi além das roupas. Invadiu também as passarelas. Chy venceu a etapa regional do concurso Garota Verão e representou Içara como Miss em 2006. “O vestido do desfile foi desenvolvido por mim. Fui eleita Miss Elegância de Santa Catarina também com um modelo exclusivo que fiz. Esta época se tornou muito importante. Conheci o meio da moda e me apaixonei. Tirei muita experiência das oportunidades que surgiram e percebi o quanto gostava de estar envolvida nos trabalhos e nos eventos”, aponta.

Mas foi na buscar pelo vestido de formatura que observou um mercado defasado e de pouca exclusividade. “Como sempre fui muito magra tive dificuldades em encontrar um modelo que agradasse. Percebia que o caimento era reto”, lembra. Com um nicho de mercado identificado, cursou Tecnologia em Moda e decidiu montar o próprio atelier no mesmo ano em que se formou, em 2006. Na época funcionava em uma sala alugada. Em 2012 mudou o empreendimento para um espaço próprio, onde que atende desde então com horários agendados. No mesmo local há ambiente exclusivo para noivas, sala para as costuras e bordados.

No entendimento de Chy, o segredo das peças que aluga é a produção sob medida com a modelagem desenvolvida no corpo das clientes. “Nossa marca registrada são os vestidos que valorizam e acentuam as curvas das mulheres deixando-as mais femininas e seguras”, sublinha. “Estou sempre inovando. Fico antenada nas tendências, principalmente na alta costura parisiense, que é o espelho para minhas obras. Tudo que envolve este mundo glamoroso dos grandes eventos e desfiles me atrai”, garante.



“O mercado é muito abrangente. Temos clientes de diferentes estados e até do exterior. O desafio diário é ampliar cada vez mais a clientela sem perder a credibilidade e a referência. Este mercado está em constante ascensão. Cada vez mais as mulheres estão preocupadas com a aparência, em se vestir adequadamente para um evento. E o mercado de aluguel de trajes de festa é muito promissor. Especificamente a questão do vestido de noivas feito sob medida é algo que mexe com o sonho da maioria das moças”, aponta.

“Acredito que empreender é uma questão pessoal. Há pessoas que nascem com um talento específico, um dom. Outras são ótimas executando projetos já estabelecidos. Mas, para quem deseja empreender, uma grande dificuldade é a falta de motivação. Para ser empreendedor é preciso estar convencido de que a sua ideia é boa, que o empenho e os sacrifícios terão recompensa. As oportunidades existem. O que falta é iniciativa. Lembro que na faculdade ouvi muito sobre ser ousado, dar o primeiro passo, acreditar no potencial. E foi o que eu fiz desde o começo. Queria inovar e busquei as oportunidades. Fiz isso trabalhando muito, passando noites em claro desenvolvendo vestidos e espetando os dedos durante as madrugadas em que bordava”, pontua.
+ Economia
Participe também com seus comentários

últimas notícias